Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Tem que manter isso, viu?"

por Luís Menezes Leitão, em 18.05.17

 

Há alturas em que um país entra numa deriva total, com um simples processo judicial. Aconteceu em Itália com a operação mãos limpas e agora corre o risco de acontecer no Brasil com a queda total dos actuais políticos brasileiros. Depois de Lula ter sido envolvido na Lava-Jato, e de Dilma ter sido destituída, agora surge a gravíssima acusação de compra do silêncio de Eduardo Cunha na prisão por parte do presidente Michel Temer e de Aécio Neves, sendo o Presidente apanhado a incentivar essa atitude. A reacção do Congresso Brasileiro demonstra bem um país à beira do colapso. Isto não vai acabar bem. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Einzturzende nebauten a 18.05.2017 às 08:48

Cada vez me convenço mais que no caso brasileiro a destituição de Dilma foi apenas um golpe. E a "sacanagem" de Lula o pretexto "jurídico" para o açambarcamento do Poder. Pergunto-me se em Portugal seria possível? Falta - nos ver a lista de pagamentos do BES.
Sem imagem de perfil

De André a 19.05.2017 às 02:21

Você poderia nos explicar a razão de você achar que o Impeachment da Dilma foi um golpe?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.05.2017 às 15:38

https://www.youtube.com/watch?v=JqLK6dD1_kU

https://www.youtube.com/watch?v=PIuYJCLvnBA

Sem imagem de perfil

De André a 21.05.2017 às 18:50

Eu te perguntei isso com esperanças de que você justificasse isso por meio de argumentos baseados no seu conhecimento sobre a constituição brasileira onde está definido o impeachment e as razões para se impedir alguém, mas não foi isso que você fez. Fizestes o contrário disso. Na verdade, fizestes o que eu esperava que você iria fazer: lançar uma teoria da conspiração. Sua fonte? dois vídeos do youtube, onde dois quaisquer versam não sobre a argumentação jurídica e sobre o crime de responsabilidade que levou a ex-presidente Dilma a sofrer impeachment, mas sobre as velhas teorias de conspiração que caracterizam o pensamento esquerdista.
Talvez o Anônimo possa nos explicar por qual razão o partido da golpeada se uniu por treze anos com golpistas no maior escândalo de corrupção das democracias modernas. Quem sabe esse mesmo anônimo nos explique se não é golpe uma presidente usar seu cargo para pedalar e assim a crise econômica fruto da "nova matriz econômica", ao mesmo tempo em que acusa os seus adversários de fazer exatamente o que ela iria fazer (e fez) quando eleita?
Quem sabe o anônimo nos explique como se deve punir alguém que, deliberadamente, congela o preço dos combustíveis num momento em que o preço do petróleo estava em alta, quebrando a Petrobrás (Não foi a corrupção que destruiu a Petrobrás, foi a Dilma, e isso é um feito fantástico: quebrar uma empresa petrolífera!!! ) , só para ganhar alguns votos durante a eleição de 2014. E mesmo com tantos avisos de que a presidente estava cometendo ingerência e que isso poderia lhe custar a presidência (http://www.valor.com.br/pedaladas), ainda sim ela continuou a cometer as pedaladas. Será que mentir, fraudar dados e acusar os outros candidatos de coisas que ela iria fazer, tudo isso com o intuito de vencer eleição, não se caracteriza como golpe? E quando as eleições acabam e o povo acorda para a realidade e, vendo que tudo o que fora dito por ela não passava de mentira, pedem a sua cassação, isso os torna golpistas? (o pedido de impeachment veio das ruas em grandes manifestações populares ainda em março de 2015, e inclusive, o PMDB, partido acusado de golpismo, rechaçava a hipótese de impeachment. O impeachment só veio a tomar forma quando a situação de Dilma começou a ficar insustentável, pois ela estava perdendo seu apoio político por ser arrogante e desafiar alguns políticos do PMDB. De qualquer modo, o impeachment é mérito da presidenta)
Sem imagem de perfil

De André a 21.05.2017 às 18:57

Eu te perguntei isso com esperanças de que você justificasse isso por meio de argumentos baseados no seu conhecimento sobre a constituição brasileira onde está definido o impeachment e as razões para se impedir alguém, mas não foi isso que você fez. Fizestes o contrário disso. Na verdade, fizestes o que eu esperava que você iria fazer: lançar uma teoria da conspiração. Sua fonte? dois vídeos do youtube, onde dois quaisquer versam não sobre a argumentação jurídica e sobre o crime de responsabilidade que levou a ex-presidente Dilma a sofrer impeachment, mas sobre as velhas teorias de conspiração que caracterizam o pensamento esquerdista.
Talvez o Anônimo possa nos explicar por qual razão o partido da golpeada se uniu por treze anos com golpistas no maior escândalo de corrupção das democracias modernas. Quem sabe esse mesmo anônimo nos explique se não é golpe uma presidente usar seu cargo para pedalar e assim a crise econômica fruto da "nova matriz econômica", ao mesmo tempo em que acusa os seus adversários de fazer exatamente o que ela iria fazer (e fez) quando eleita?
Quem sabe o anônimo nos explique como se deve punir alguém que, deliberadamente, congela o preço dos combustíveis num momento em que o preço do petróleo estava em alta, quebrando a Petrobrás (Não foi a corrupção que destruiu a Petrobrás, foi a Dilma, e isso é um feito fantástico: quebrar uma empresa petrolífera!!! ) , só para ganhar alguns votos durante a eleição de 2014. E mesmo com tantos avisos de que a presidente estava cometendo ingerência e que isso poderia lhe custar a presidência (http://www.valor.com.br/pedaladas), ainda sim ela continuou a cometer as pedaladas. Será que mentir, fraudar dados e acusar os outros candidatos de coisas que ela iria fazer, tudo isso com o intuito de vencer eleição, não se caracteriza como golpe? E quando as eleições acabam e o povo acorda para a realidade e, vendo que tudo o que fora dito por ela não passava de mentira, pedem a sua cassação, isso os torna golpistas? (o pedido de impeachment veio das ruas em grandes manifestações populares ainda em março de 2015, e inclusive, o PMDB, partido acusado de golpismo, rechaçava a hipótese de impeachment. O impeachment só veio a tomar forma quando a situação de Dilma começou a ficar insustentável, pois ela estava perdendo seu apoio político por ser arrogante e desafiar alguns políticos do PMDB. De qualquer modo, o impeachment é mérito da presidente)
- pode apagar esse comentário caso venha repetido.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 18.05.2017 às 09:55

Não há nada um país à beira do colapso. O Brasil é, simplesmente, como os EUA eram no século 19: corrupção, compra de favores, tráfico de influências, etc. E os EUA não colapsaram por serem assim.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2017 às 11:09

Viu ?. Ou ouviu ?.
Aparentemente, mais uma vez, apenas outra oposição interna a conseguir obter bons trunfos.

O elo fraco de estes sistemas políticos alicerça-se nos -cada vez mais- gigantescos centralismos e na consequente indiferença de parte do eleitorado. Restam ou um legítimo oportunismo ou aquela secular, bem intencionada, atávica ingenuidade...

Por fim, das lutas intestinas dentro dos grupos de poderes, apenas resulta uma face, virgem, outra, à espera de ser poluída e descartada.
Sem imagem de perfil

De Vento a 18.05.2017 às 11:23

Hoje vou cantar; e quem quiser, pode sambar:

https://www.youtube.com/watch?v=Tc_cd0oz9mk
Imagem de perfil

De cristof a 18.05.2017 às 19:00

Tinha a ideia que é duma extrema vergonha ter um socrates, como 1º ministro. Mas depois de ir lendo a corrupção institucionalizada nos políticos brasileiros , fico a temer pelo Brasil. Ver a USP a maior universidade do continente americano fora dos EUA, fazer uma greve de três meses!!!, não é tres dias é mesmo meses, assusta de irresponsabilidade, dá para temer o futuro do Brasil, logo com a conivência duma classe (professores) e duma geração que será a "mais bem" preparada do país. Até assusta pensar, preparada para quê ?

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D