Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Foi mesmo só para chatear a GNR!

por Ana Lima, em 29.12.11

Causa de morte: falta de cooperação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

«Rouba tanto ou mais que um homem»

por João Carvalho, em 09.11.11

Até dá graça, porque é uma mulher, mas a verdade é que rouba tanto ou mais do que a maior parte dos homens — disse à comunicação social um militar da GNR sobre uma mulher procurada por mais de 300 crimes de burla e roubo e agora finalmente apanhada. — Eu, que me lembre, nunca conheci nenhum com tantas participações.

O caso desta Dona Filomena, ex-funcionária da Direcção Regional de Agricultura do Alentejo, é realmente insólito. Mas o comentário do militar da GNR não é muito favorável para a corporação, no que respeita à igualdade entre homens e mulheres. Ou a GNR precisa de praticar mais essa igualdade, ou tem de dar mais formação aos seus homens.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estado de sítio lá no sítio

por João Carvalho, em 02.07.09

O Parlamento debate hoje com o Executivo o "Estado da Nação". Sócrates vai estar sob fogo cruzado como nunca antes visto: a oposição lá dentro; GNR e PSP do lado de fora. Ou serão medidas de segurança especiais?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Se eu fosse deputado...

por António Manuel Venda, em 26.01.09

Uma noite na minha terra, bem no interior da serra algarvia. Monchique. Podem não acreditar mas apareceu lá um deputado (e nem foi o primeiro caso; lembro-me até de uma vez em que o Durão Barroso foi lá e teve de ficar uns minutos dentro do carro porque foi atacado por uma abelha mal abriu a porta). Bom, nessa noite participei num jantar em que o tal deputado também esteve. Era um deputado da costa, eleito pela região sem saber bem para fazer o quê. Haveria de chegar depois a secretário de Estado, igualmente sem saber bem para fazer o quê. Ou o que fazer. Mas adiante… Era a noite de um de Dezembro e o jantar acabou já no dia dois, aí pela uma e tal. Foi precisamente no dia dois, ao fim da manhã, que vim a saber que uma brigada da GNR tinha feito parar o deputado, a cerca de um quilómetro do local do jantar, retardando-lhe assim o seu regresso à costa. Não estranhei a situação, até porque eu próprio encontrei a brigada. Também tive de parar. Mostrei os documentos, carta, título de propriedade, seguro, bilhete de identidade, enfim, uma série de papeladas. E tive o carro inspeccionado de uma ponta à outra, a olho, obviamente, mas inspeccionado. O que me deixou pasmado foi o que me disseram que contou depois o deputado, numa conversa telefónica com um dos organizadores do jantar. Tinha sido obrigado a parar, como qualquer automobilista, e tinham-lhe pedido os documentos. Ele, nesse momento, nem perdeu tempo, sacou da carteira e zás, entregou os documentos todos. Até o cartão da Assembleia da República entregou, com a palavra «deputado» bem visível. Foi o suficiente para abreviar as coisas. O guarda, «um rapazito novo», segundo o deputado da costa, mal viu aquilo ficou num tal estado de atrapalhação que nem quis saber de mais nada. «Siga, siga», e o deputado seguiu. Mesmo deputado, e mesmo a caminho de ser secretário de Estado daí a uns meses, tinha mais era que cumprir a ordem da autoridade. Lembro-me de que depois de saber disto ainda disse para comigo: «Olha se eu fosse deputado...» Procurei até imaginar-me na Assembleia da República, mas por mais que tentasse não consegui.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D