Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Punkinho (2004-2015)

por António Manuel Venda, em 05.12.15

Pk do.jpg

 

O gato branco dos milagres, o Punkinho, capaz de gastar muito mais do que sete vidas. Até à última de tantas e tantas que teve. Levei-o numa noite destas para junto de um limoeiro, enquanto o meu pai, num canteiro acima, segurava numa lanterna (para eu ver a cavar). Parecia dormir nas minhas mãos, imperturbável, sem uma ferida, sem um sinal que fosse da pancada de um carro descontrolado. Há uma passadeira de peões na estrada perto dali, mas é raro algum condutor parar. Já fiz a experiência e até numa carrinha do transporte escolar senti uma ligeira aceleração. Eu andava a carregar lenha e ameaçava aos condutores ir para a passadeira, mas tinha de recuar. A certa altura, com uns troncos dos maiores bem seguros, estendi os braços e uma carrinha da Meo, daquelas com escada em cima e tudo, bateu num deles com um certo estrondo (não deve ter partido o vidro, porque o condutor dispensou-se de protestar, nem que fosse com uma buzinadela). Percebi essa pancada no tronco quase como percebi a que apanhou o Punkinho, pois estava por perto quando ele se aventurou na estrada. A pancada fatal. Mas nem sinal de sangue. O Punkinho parecia mesmo dormir. Deixou a derradeira vida sereno, intacto, perfeito. Como sempre. Mesmo depois da brutalidade do acidente. O seu último milagre. Quase de certeza.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dois trocadilhos estúpidos com suporte visual

por José António Abreu, em 30.01.15

 

Blog_happy-dog.jpg

Cãotentamento.

 

Blog_happy-cat_2.jpg

Felinicidade.

(Fotos apanhadas na rede.)

Autoria e outros dados (tags, etc)

O gato branco dos milagres

por António Manuel Venda, em 16.02.14

 

À noite, todas as noites, espera por mim no final da estrada do montado escuro. Um montado escuro de quilómetros que por vezes chega a trazer a ideia de medo. Quando nenhum par de olhos, verdes ou vermelhos, se avista olhando seja para que lado for. Que perigo poderá andar por perto para que os animais não denunciem a sua presença? Nem imagino. Mas por vezes traz a ideia de medo, uma ideia que me habituei a afastar com um meio sorriso que procuro comprovar no espelho retrovisor do carro, depois de acender a luz interior. E depois a chegada, e a presença constante do gato branco dos milagres: sete anos por fora até que um dia regressou para junto dos pais e da irmã, todo preto, sem que eu conseguisse imaginar que parte do mundo correu (mas voltou inteiro e em poucas horas já estava branco); e agora há uns meses, a luta com uma gineta que com uma das garras praticamente lhe arrancou um dos olhos azuis (eu, o que fiz, foi fechar os meus próprios olhos e empurrar-lhe o olho para dentro, e depois lá fomos os dois a caminho da Universidade de Évora, ou antes, do Hospital Universitário - uma médica pessimista disse que estava tudo perdido, mas depois apareceu uma médica optimista, muito bonita, e disse que tudo se haveria de arranjar). Tudo se arranjou sempre para o gato branco dos milagres. Às vezes, quando olho para ele, penso que tudo também se pode arranjar para mim, independentemente do que me aconteça. Mas isso sou apenas eu a pensar, e eu, sei, sempre soube, nunca tive pensamentos que se aproveitassem por aí além.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um gato à chuva

por Pedro Correia, em 29.12.13

 Dia de Natal, 2013 (foto minha)

 

"Ha perduto qualque cosa, Signora?" 

"There was a cat", said the American girl.

"A cat?"

"Si, il gatto."

"A cat?", the maid laughed. "A cat in the rain?"

"Yes, –" she said, "under the table." Then, "Oh, I wanted it so much. I wanted a kitty."

 

Hemingway, Cat in the Rain

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pequeno-almoço

por António Manuel Venda, em 22.12.13

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pelo fim da tarde, pouco antes de voar

por António Manuel Venda, em 01.11.12

Autoria e outros dados (tags, etc)

A pedi-las estás tu...

por José António Abreu, em 09.03.12
Comentário visual ao último post da série O meu gato e eu, da Teresa Ribeiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O espião

por António Manuel Venda, em 05.10.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sesta de sábado

por António Manuel Venda, em 12.09.11
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Uma erva chamou

por António Manuel Venda, em 07.09.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Por curiosidade

por António Manuel Venda, em 10.09.10

 

Tirei a foto apenas por curiosidade. Já o tinha visto em tantos sítios por aqui, nos baloiços, no escorrega, em cima das cadeiras ou de uma mesa, num dos tapetes, nos muros, nas árvores. Mas nunca à baliza. Por isso tirei a foto. Apenas por curiosidade. Não por publicidade. No Benfica que não estejam já com ideias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

O gato

por Leonor Barros, em 18.07.09

  

Há dias, sabes, em que gostava de ser como o gato e que me tocasses sem desejar encontrar quaisquer sentimentos a não ser o que se exprime num espreguiçar muito lento - um vago agradecimento? - e que depois me deixasses deitado no sofá sem que nada pudesses levar da minha alma, pois nem saberias o que dela roubar.

 

Pedro Paixão, Viver todos os dias cansa.

 

 

E porque os posts são como as cerejas, este  do Pedro trouxe-me à memória um dos meus textos preferidos do Pedro Paixão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Elogio do gato

por Pedro Correia, em 18.07.09

 

 

"Os gatos são os bichos mais caprichosos que há e é quase impossível levá-los a fazer o que queremos. (...) Em Aqui d' El Rei! filmei com um gato e não aconselho a experiência a ninguém."

António-Pedro Vasconcelos, Sol

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:




Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D