Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sinais de esperança, diz o Presidente da República

por Sérgio de Almeida Correia, em 14.05.14

"Quarta-feira, num encontro informal em Berlim com jornalistas, Wolfgang Schäuble, ministro das Finanças alemão, afirmou que os programas de ajustamento da troika são demasiado rígidos e com pouca flexibilidade, criticando Durão Barroso por não ter nomeado um comissário europeu para a Grécia. Já Angela Merkel, que também participou na reunião, defendeu que o pacote de 6 mil milhões de euros para promover o emprego jovem na UE deveria antes ser utilizado para pagar reformas, de forma a serem criadas vagas nos empregos já existentes.

As afirmações dos dois dirigentes alemães surgiram no mesmo dia em que foi tornado público que o produto interno bruto (PIB) da zona euro contraiu 0,2% nos primeiros três meses de 2013, o que representa a sexta queda trimestral consecutiva, naquela que é a maior e mais longa recessão desde a criação do euro. Nove destas 17 economias recuaram enquanto o PIB no conjunto dos 27 estados-membros contraiu 0,1%."

 

Entretanto, na China, o Presidente da República esclareceu que houve uma leitura truncada das suas declarações no Facebook. Portugal vai ganhar mais seis condecorados, dois dos quais, ontem, ainda não tinham sequer sido contactados e de nada sabiam, enquanto outro pediu para receber a condecoração numa cerimónia separada. Esta parte não estava truncada.

De caminho, o "Consulado Geral de Portugal informa que, tendo sido atingida a lotação máxima nos dois espaços, não há mais convites e bilhetes disponíveis, respetivamente, para a recepção que Sua Excelência o Presidente da República oferece no próximo domingo, 18 de maio, à Comunidade Portuguesa de Macau e Hong Kong e para o concerto com Kátia Guerreiro que se lhe segue ..." - tudo, como se vê, conforme o novo Acordo Ortográfico. Por clarificar ficou a dúvida, idiota, de se saber quantos dos que levantaram os convites lá iriam sem a oferta do espectáculo gratuito de Kátia Guerreiro. Mas lá que são "sinais de esperança", lá isso são. Quanto a esse aspecto não há dúvidas, estamos todos de parabéns.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Vento a 15.05.2014 às 00:28

A primeira parte de seu texto vem ao encontro do que exaustivamente tenho alertado para o que aconteceria. E também referi que assistiriamos à exigência do regresso às dívidas e défices, que será voltar a postecipar uma outra crise (conversaremos sobre isto noutra altura).

Isto para dizer que este PR ficará na história não só como "pai do monstro" como também por ter apadrinhado monstros e monstruosas políticas.
Sem imagem de perfil

De Carlos Cunha a 15.05.2014 às 17:36

espectáculo gratuto da kátia guerreiro?
a mim está a parecer-me que serão os contribuintes portugueses de portugal a pagar.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D