Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Provocações (9)

por Rui Herbon, em 06.10.17

22154498_280186549159072_7043245436295366887_n.png

 

Tendo em conta que o alvo da campanha para sensibilização da população para a vacinação contra a gripe são sobretudo os idosos, e entre estes, provavelmente, os com menos instrução serão os que mais carecerão ser sensibilizados, quem se lembrou de ir buscar a Guerra dos Tronos e um texto em inglês? Melhor: quem foi a besta que autorizou esta campanha? 

Autoria e outros dados (tags, etc)


33 comentários

Imagem de perfil

De jpt a 06.10.2017 às 18:20

inenarrável
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2017 às 18:29

Caro Rui Hebron, fará o favor de os desculpar. É que de tanto ouvirem falar em gerações as mais bem preparadas de sempre.........depois dá nestas "piquenas" distrações.
António Cabral
Imagem de perfil

De Rui Herbon a 06.10.2017 às 18:34

Acharam graça e nem se lembraram de quem era o alvo da campanha. Como diz, distracções. E estamos nisto.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 06.10.2017 às 18:31

Cuidado com essas vacinas. Contêm Esqualeno uma aditivo que esteve proibido pela FDA até o Rumsfeld ter subido ao trono.

Diário de Notícias avança na edição de hoje que a vacina que está a ser usada em Portugal não foi aprovada pelos Estados Unidos por conter substâncias na sua composição que podem alegadamente causar danos à saúde dos que a tomam.

Vários estudos ligaram os seus efeitos à síndrome da Guerra do Golfo porque terá sido utilizado como adjuvante na vacina do antrax.
Imagem de perfil

De Rui Herbon a 06.10.2017 às 18:36

A minha vacina é um malte de 12 anos.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 06.10.2017 às 18:44

Eu sendo crente opto por Frangelico.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2017 às 19:41

Nas eleições cruzei-me na sala de votação com a Srª ex-ministra e lembrei-me da importação de milhões de vacinas. O regabofe e incompetência eram tais que sobraram mais de 400.000 vacinas, que perdem a sua validade.Uma pequena fortuna de milhões!
Estamos novamente em período de regabofe pelos mesmos de então.
Sem imagem de perfil

De I.C. a 06.10.2017 às 20:14

Tendo em conta que um dos passatempos favoritos no Delito de Opinião é demonizar as redes sociais, culpadas de tudo e mais alguma coisa, há que apreciar a ironia de que este blogue partilhe com elas o gosto por indignações histéricas por tudo e por nada.
Sem imagem de perfil

De Desprogramado a 07.10.2017 às 03:40

"Por tudo e por nada"?
Isto, dito por quem?
I.C.?
Idiota Chapado?

Tome todas as vacinas, muitas pílulas, muitos químicos, continue a pedir que, em tudo, usem os "maravilhosos" plásticos onde, para acalmar as reclamações acabaram com o Bisfenol A e passaram ao Bisfenol S que faz "tão bem" como o outro, não se esqueça de comer alimentos geneticamente modificados porque, quem ganha biliões, são corporações, todas elas, "muito preocupadas" com os I.C's deste mundo e, "nunca" com o Lucro.
Actualmente, os Seres Humanos deste Planeta, nem interessa a ideologia política, religião ou clube de futebol, dividem-se, apenas, em dois grupos, os "indignados histéricos" que vêem e os zombies que "comem" tudo, razão de já terem perdido a capacidade de pensar pela sua própria cabeça.
A esta hora, você deve estar a dormir e, eu, um "indignado histérico", a investigar porque raio estará a Monsanto a criar sementes geneticamente modificadas, resistentes ao alumínio...
Mas que interessa isto a um I.C. que ainda deve pensar que o flúor lhe faz muito bem aos dentinhos.

"Durante a Segunda Guerra Mundial, milhares de inocentes foram exterminados nos campos de concentração nazistas. Entre as várias técnicas de extermínio, as câmaras de gás envenenavam o ar e o destino dos corpos era os fornos (crematórios de guerra). Para controlar a agitação e rebeliões dos prisioneiros, os cientistas encontraram um método simples: descobriram que repetidas doses de flúor em quantidades muito pequenas afetam o cérebro, envenenando e narcotizando lentamente as pessoas tornando-as submissas. Os comandantes dos campos alemães ordenaram a adição do produto químico na água."

Tomara que todos os males fossem estes mas, longe de mim, querer sobrecarregar os neurônios que lhe restam.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.10.2017 às 10:16

"muitas pílulas, muitos químicos," Eu, químicos nem vê-los, a começar pela água (H2O) que é o químico mais divulgado. Só este ano afogaram-se (em água, claro) inúmeras pessoas.
Sem imagem de perfil

De Desprogramado a 07.10.2017 às 12:14

Escapa do H2O?
Faz a comida e toma banho com álcool?
Se sai da torneira, entre muitas outras coisas que nunca deviam existir numa substância, incolor, insípida e inodora, não deve escapar a uns antibióticos em 2ª mão, se beber de garrafas ou garrafões plásticos, não escapa ao bisfenol e, para que não fuja do Programa, as Fontes vão sendo todas fechadas por razões de "segurança". Nunca vi uma época em que nos quisessem tão "seguros".
O truque de transformar em Natural o que é totalmente artificial já é receita velha, inventar ou criar um problema para ser você a pedir o que realmente consta do Programa.
Primeiro, abrem fronteiras sem ser preciso papeis, agora passou a Natural a Europa ter o exército pelas ruas, tudo para nossa "segurança" mas, deve ser só por "incompetência", só se lembrarem da "segurança" ao retardador.
Santa ingenuidade.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 06.10.2017 às 21:05

e quem foi a besta que a aprovou? as bestas que a pagaram já sabemos nós quem fomos.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 06.10.2017 às 21:24

prossigamos, então, para essa imagem nos murais de todos nós.
Sem imagem de perfil

De sampy a 06.10.2017 às 21:51

Para o contraditório:
- muitos velhotes são convencidos a vacinar-se pelos filhos e netos;
- como em outras vacinas, o que interessa mesmo é a imunidade de grupo, para velhos e novos;
- os cabrões dos anti-vax são malta (relativamente) nova.
Sem imagem de perfil

De Cristina a 08.10.2017 às 13:53

Concordo plenamente.
Eu sou um das pessoas que passou a vacinar-se apenas por causa da minha mãe.
Mais, reduzir a questão da vacinação a idosos, parece-me redutor. Recentemente, vi 3 casos de pneumonia, nas minhas relações directas e nenhuma das pessoas era idosa.
Imagem de perfil

De Rui Herbon a 08.10.2017 às 14:13

Em relação à campanha, falei em idosos porque provavelmente serão os menos familiarizados com GoT e a língua inglesa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.10.2017 às 21:54

Ideia de jerico. Com umas enormes orelhas de burro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.10.2017 às 22:21

Abáxo as bacinas! Tomai calendula,espirito de salsa.
Fora medicos.Viva bruxas e adevinhas.
Tomai banho de lua.Fora o sabonete com parabens.
Untai-bos com banha,raspai-vos com um caco.
Olhai os astros,poupai.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.10.2017 às 10:19

Muito bem caro anónimo das 22:21. Vivam as bruxas, abaixo a Ciência. Eu cá só me trato com benzeduras.
Sem imagem de perfil

De Desprogramado a 07.10.2017 às 10:44

Apesar de tentar a comédia, mais um, do grupo do I.C. a quem receito, exactamente, o mesmo.
Se o grupo se tornar maioritário, vamos passar a viver num Mundo deveras "interessante", onde já se começam a ver os sinais e sintomas da tão desejada "evolução humana" para que, um pequeno grupo, passe a pensar, tudo, pela maioria.
Desde, as instruções para usar velas, uma minúscula Picadora eléctrica que, em vez de carne, com sorte só pica batatas cozidas, ler nas instruções: Não usar gravata enquanto usa a picadora, até ao ponto de imprimir uma mosca, na cerâmica do urinol, para indicar aos homens, para onde devem apontar o mijo, isto, se souberem a qual dos 31 novos géneros pertencem, não há dúvida que nos querem cada vez mais dependentes, até chegar o dia em que possam legislar, quantas vezes devemos ou podemos, inspirar e expirar ar.

Exemplos não faltam mas, de momento, os meus neurônios estão a processar outros assuntos, no entanto, é bom relembrar que quanto mais responsabilidade delegamos a outros, mais depressa e, por escolha, optamos por continuar a ser crianças toda a vida o que, irreversivelmente, acabará por aumentar o nosso grau de escravatura.
O Processo tem sido bem simples, tal como às crianças, basta repetir muitas vezes que isto é bom e aquilo é mau e, elas acreditam por ainda não terem a capacidade de desmontar ou desmistificar a mentira e, pelo que se vê, parece que nunca vão ter.
Para garantir o Processo, mesmo que desconfiem, com o tal do Politicamente Correcto, nem se vão atrever a enfrentar, argumentar ou debater, todas as insanidades do rebanho e, isto, quem aproveita?
Para alguns, esta será uma pergunta difícil, ao nível do sexto problema de Hilbert e, responder a isto, para muitos, será uma autêntica perda de tempo, sempre ocupadíssimos com as diversões que lhes vão programando no cardápio, nada como caminhar felizes para dentro do redil.
Para provocação, por vezes, há que experimentar a terapia de choque mas, neste caso, sem riscos de matar, ao contrário do Lucro que passou a Valor, Primordial e Supremo que encaixa, na perfeição, na Agenda da minoria.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 07.10.2017 às 12:45

IC, os seus textos são autênticos manifestos, pá.
Sem imagem de perfil

De Desprogramado a 07.10.2017 às 17:00

Cristina

Às vezes, até eu me esqueço de dar desconto, andamos todos a viver numa espécie de roleta russa e, deve faltar pouco, para os Seres Humanos nem saberem distinguir entre assuntos irrelevantes, relevantes ou urgentes.

https://arstechnica.com/science/2017/09/survey-finds-small-amounts-of-microplastics-in-tap-water-the-world-over/

"Tap water from around the world contains tiny bits of plastic, survey finds"

A parte mais interessante é ler que os "especialistas" têm dúvidas se, realmente, faz mal à saúde e precisarem de mais dados.
"It’s unclear if there are any health effects, but researchers call for more data"

.... pois, se calhar até é "muito saudável", beber e comer plástico, várias vezes ao dia, de preferência engarrafado, em mais bisfenol e "adoçado" com uns químicos agrícolas.
("Anualmente são adicionadas centenas de milhões de toneladas de fertilizantes químicos ao solo, com o objetivo de melhorar as colheitas agrícolas.")... com a palavra "melhorar", podemos ficar "descansados", podemos adoecer ou até morrer mas, pelo menos, não morremos à fome...

Até lembra a célebre frase do filme Casablanca. We'll Always Have Paris.
Muito mais que Paris... We'll Always Have Plastic... Chemicals, Vaccines e para o cocktail ficar completo "Cell phones give off a form of energy known as radiofrequency waves".
https://www.cancer.org/cancer/cancer-causes/radiation-exposure/cellular-phones.html

Dados?
Não falta gente com sintomas de overdose de tantas coisitas, "saudáveis ou deliciosas" mas, desde que esteja aprovado pelo novo "cientismo", até umas injecções de plástico podem ser aprovadas.

Nem interessa saber que a Monsanto foi apanhada a escrever os seus próprios relatórios de "segurança", nada como nadar em dinheiro e poder comprar "especialistas", muito melhores que o "ignorante" populacho, os "maluquinhos das conspirações" ou os "histéricos indignados".

Enquanto vamos papando nutrientes, "bons" para a saúde, os políticos vão-se entretendo, sobre o próximo a ocupar o poleiro e, quem pode pagar a "especialistas", também podem dar o seu jeitinho, em tudo o que lhes convém.
Globalmente, só precisam de nos manter "bem alimentados" e calmos, na ilusão de que temos alguma escolha ou voto.

Quanto aos novos contadores de electricidade "smarts" que têm de ser todos montados até 2019, nem vale a pena abaixo-assinados, de verdadeiros especialistas porque os Estudos da U.E. sobre os seus efeitos na saúde, só virão a público em 2020/2025. Princípio da Precaução, saírem depois?
Com estudos feitos que dizem provocar danos no ADN, Neurônios, Alzheimer, Autismo, etc... nada como esperar para ter... mais dados.

Nada que incomode ou interrompa, horas e horas, de conversas "importantes", antes, durante ou depois, jogos de futebol e, na escola pública, apesar do meu rebento ter direito a bolsa de estudo em virtude das notas, não está habilitado a recebê-la porque, preenche todos os requisitos Excepto, nem ele nem o Encarregado de Educação, ser sócio do Sporting. Até pode ter média de 17 e, frequentar, onde há menos alunos, a área da Matemática A mas, mais merecedor é o de 15 e o seu amor pelo futebol que, até o pode levar para uma futura carreira política.
Há que matar os verdadeiros especialistas, à nascença porque o Mundo não quer igualitarismo mas, igualdade na ignorância.

Ainda há quem, por aqui, fique a escrever que os cursos superiores acabam por não servir de nada... pois basta olhar para exemplos de filhos de políticos para ver como se sobe na pirâmide.

Aqui em casa, nem sócios de futebol nem filiações, precoces ou não, em Partidos Políticos e, espero que a moda pegue porque, desde 2016:
"Jovens, Partidos Políticos, Filiação Partidária, Participação Política... Em suma, o número de inscritos nas organizações partidárias tem diminuído"...
Temos que reconhecer que os políticos fizeram um grande esforço nesse sentido e, assim, mais fica, para eles e respectiva prole... que lhes faça "bom proveito".

Cristina, o Rui Herbon, com isto de provocações, dadas à colherzinha de chá, já não resulta, só chamuscando neurônios com sobrecarga de informação, talvez reajam ao cheiro do fumo, de plástico queimado e, no painel, acenda, pelo menos, uma luzinha de alarme lol
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 07.10.2017 às 17:28

ok. agora foi assim mais do estilo "abstract".

Comentar post


Pág. 1/2





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D