Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pensamento da semana

por Teresa Ribeiro, em 13.05.17

O Facebook dá-nos uma experiência holística (cruza amigos do passado, amigos do presente e amigos desconhecidos, quem sabe do futuro) e mística, porque dá-nos palco, seguidores e um sentido para a vida. Não admira que se tenha tornado uma religião.

Este pensamento acompanhou o DELITO durante toda a semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De isa a 08.05.2017 às 14:50

Começo a parecer do contra mas, associar o Facebook a uma experiência holística, depois de ter deixado um comentário esperançoso, no "Viver habitualmente" do Pedro Correia, este poste, quase me faz perder a fé no ser humano.

Um termo criado em 1926 em que o conceito de holismo é definido como "tendência da natureza de usar a evolução criativa para formar um "todo" que é maior do que a soma das suas partes", misturar natureza com algo tecnológico que está a tentar "moldar" o ser humano, afastando-o cada vez mais do que é natural e da sua própria natureza, para não falar da última tendência de troll´s, munidos com o novo "cardápio" do politicamente correcto, a fase 2, de extermínio da liberdade de expressão que, com a ajuda de nova legislação europeia, comprova o interesse em manipular, até aquilo que se pensa... digamos que, se for considerada uma religião, talvez seja a praticada pela elite internacional (Luciferian religion)

"For our struggle is not against flesh and blood, but against the rulers, against the authorities, against the powers of this dark world and against the spiritual forces of evil in the heavenly realms." - Ephesians 6:12 - Bible, New International Version
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 08.05.2017 às 16:04

"Este post quase me faz perder a fé no ser humano" - sério?! Cruzes credo!

Eu explico em que sentido aplico o termo "holístico": através do convívio com pessoas que foram das nossas relações em tempos diferentes e demarcados da nossa vida temos acesso ao nosso universo pessoal de relações como nunca antes. Isso dá-nos de uma curiosa visão a 360º do que fomos/somos.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D