Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Pensamento da semana

por Diogo Noivo, em 29.04.17

Ao menino e ao borracho mete a DBRS a mão por baixo.

 

Este pensamento acompanhou o DELITO durante toda a semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De isa a 23.04.2017 às 15:53

"mete a DBRS a mão por baixo"...
...até a outra mão nos "cair em cima" porque, assim, Portugal pode continuar a fazer o mesmo do costume, endividar-se, recebendo mais uns milhões do BCE até...

Portanto, eles acham normal que, há um ano, a Dívida fosse 132% do PIB, um pouco mais de 22.000 euros por português e, agora, 137,03%, com cada português a dever 23.691 euros... só não sabemos, quando vão resolver, "bater as palmas" e, "fechar a torneira". Presumo que têm de ter a certeza que a Dívida é impagável para, "fechar as algemas" da submissão, subserviência total e eterna, ao Poder externo, "algures", coisa que a maioria só vai entender, depois de nada mais se poder fazer... ou, novamente, virem outros, prometer outras soluções que não passam de mais utopias.

O mais interessante é que, sejam Corporações, Banqueiros globais (que controlam os políticos e as políticas), Pen's ou "Maduro's", acaba tudo da mesma maneira, no caos, no autoritarismo e na, contínua, escravatura do Homem pelo Homem, sem nunca experimentarmos o que seria mais normal para o Ser Humano, viver sem "pulgas nem carraças" que, verdadeiramente, só conseguem exercer o seu Poder, sobre todos os outros, com a ajuda dos respectivos, "paus mandados", a categoria mais baixa a que um Ser Humano pode descer porque passa a obedecer, unicamente, a ordens que até podem ir contra a sua própria Consciência Moral e Livre Arbítrio e, o pior, é acharem isso natural e justificação suficiente para todos os seus actos.

Foi sempre, com esta "receita" que, através da História, se cometeram as maiores atrocidades. O problema não está no número reduzido de psicopatas que querem controlar ou mandar nas vidas dos outros mas, naqueles que se limitam a obedecer-lhes e a fazer cumprir as ordens dessa minoria, como se fossem meros robôs.

E, agora, deixo um vídeo que, de certeza, vai irritar muita gente e, se o olhar matasse, se pudessem, até deste lado do monitor, eu seria fulminada
Mas como eu acredito que a única solução para os males deste Mundo, só pode resultar se for através de cada um de nós e, se não pensarmos individualmente sobre os problemas, nunca poderemos chegar a uma solução, verdadeiramente colectiva, por ser a soma das partes em vez de um colectivo virtual, onde ninguém é responsabilizado pelos seus próprios actos ou por coisa nenhuma. A desculpa de "seguir ordens", já serve para tudo e todos, até para fazer Orçamentos.

https://www.youtube.com/watch?v=__KnmbmkSdc
Mark Passio All Cops & Soldiers Are Bad People

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D