Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Palavras para recordar (26)

por Pedro Correia, em 10.08.17

BSS3n3t[1].jpg

 

BOAVENTURA DE SOUSA SANTOS

Público, 11 de Maio de 2013

«Portugal tem a democracia basicamente suspensa.»

Autoria e outros dados (tags, etc)


29 comentários

Sem imagem de perfil

De Zeus a 10.08.2017 às 14:12

Fazer este poste, deve ter implicado "sacrifício" da sua parte porque, depois de rebater muitas das coisas que eu, por aqui, tenho escrito, não acredito que a frase:
«Portugal tem a democracia basicamente suspensa.»

tenha sido teclada com convicção mas, é uma Frase que foi e continua a ser, Verdadeira porque quando temos, diariamente, uma Dívida a crescer, com um Parlamento e Governo, escravos de ordens externas e de credores como o BCE (um Banco Privado) que é propriedade de uma minoria muito específica e que quer controlar Tudo a nível global com, eurodeputados que Não Podem Propor Nem Vetar Leis, não há mesmo dúvida nenhuma que, somos cidadãos sem Poder nenhum, num País que vendeu a sua Soberania, onde a maior "fatia" do dinheiro foi parar aos bolsos de meia dúzia de espertalhaços que nem se dignaram fazer Referendo, se queríamos entrar na U.E. porque, não lhes convinha o Debate e que alguém falasse nas verdadeiras consequências dessa entrada e, de certeza que, nessa altura, ninguém imaginaria ter de construir mesquitas com os nossos impostos e, muito menos, desperdiçar Milhões que não temos mas, garantem a escravatura aos credores.
Portanto, não é de estranhar que a palavra Patriota tenha vindo a ser conotada com populismo, precisamente, saída da boca de pessoas que, como incompetentes para tudo o resto, se agarram, "com unhas e dentes", ao Poder de servir essas entidades externas.

Dívida actualizada: 138,43% do PIB

Não saímos do Procedimento por Défice Excessivo quando a Dívida estava nos 124% mas, nos 130% não houve problema porque, as tais "entidades externas", passaram a ficar mais descansadas porque, como se vê, estava tudo "bem entregue" e, num curto espaço de tempo, vamos nos 138,43%.

Seja por ingenuidade, ignorância ou interesse pessoal, alguns dirão ser apenas coincidência mas, desta vez, nem podem acrescentar que é por culpa dos juros porque, nestes, até conseguiram parte, com juros negativos e, como dizia, muito satisfeito, aquele que dizem "representar" 52% dos Portugueses com 2.413.956 votos:
"Agora até pagam para nos emprestar dinheiro"

Uma coisa é certa, esta minoria globalista e respectiva criadagem, já anda nisto há muito tempo e, quanto a coincidências, há muito tempo que também se sabe que, na política, nem sequer há acasos.
Há uma citação sobre estes na política mas, controvérsia se foi dita por Roosevelt ou J. Kennedy e, nem interessa quem a disse porque, nunca fez tanto sentido:

"In politics, nothing happens by accident. If it happens, you can bet it was planned that way."

Uma coisa é certa, "pelo andar da carruagem" temo que a frase de Boaventura De Sousa Santos, acabe por ter que ser acrescentada:

"Portugal tem a democracia basicamente suspensa"... Para Toda a Eternidade

Podemos nunca mais sair de escravos mas, no mínimo, saber que o somos, um problema muito comum, seja dos escravos do Presente ou do Passado, muito bem explicado numa frase, alegadamente dita por Harriet Tubman:

"I freed a thousand slaves. I could have freed a thousand more if only they knew they were slaves."

E, não venha, algum, com a idiotice de dizer que não é escravo porque, nem no tempo da Ditadura se pagavam impostos no tecto, nas batatas e feijões, nem no trabalho extraordinário e, agora, podem andar melhor vestidinhos, mais umas tralhas em casa que, suaram para pagar mas que deram muito lucro a grandes Corporações.Têm conseguido que, nem no que é indispensável à Vida, possam Possuir sem pagar e, andam, mesmo, a garantir o Nada, como a própria água onde, paulatinamente, até as Fontes têm andado a fechar.

Quando já se fala em vacinação obrigatória com respectivos "castigos", deixando de ter Poder sobre o Vosso Próprio Corpo e sobre o que lhe enfiam dentro e, ainda pagar, obrigatoriamente, não pelo Serviço mas para beber água, por não haver mais uma Fonte onde a possam beber gratuitamente, estamos a ir de mal a pior.

Se nasceram neste Planeta, teriam direito a poder Sobreviver nele, sem ter de pagar por tudo (como antigamente) e, votem onde votarem, se pensam ser acaso que, Tudo o que é importante e valioso, estar a passar para uma minoria (investidores externos), se ainda não perceberam que são escravos, só vão perceber, quando o Processo estiver concluído.

https://www.youtube.com/watch?v=Xbp6umQT58A
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 10.08.2017 às 14:21

Sacrifício nenhum. Sou coleccionador de frases. Volta e meia tiro-as da gaveta. Sempre que me apetece.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 10.08.2017 às 17:57

Nada surge por acasos?Sabe o que é um Cisne Negro?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 10.08.2017 às 19:35

Quem é esse? Militante do PAN?
Sem imagem de perfil

De glu glu a 12.08.2017 às 01:22

cisne negro é um termo ridículo.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D