Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Outros tempos, outros modos

por Pedro Correia, em 30.06.17

«Bloco pede demissão de ministro Álvaro Santos Pereira»

18 de Abril de 2012

 

«Bloco de Esquerda quer demissão do ministro da Economia e do secretário de Estado da Competitividade»

7 de Fevereiro de 2013

 

«Bloco de Esquerda defende demissão do Governo»

9 de Julho de 2013

 

«Uma ministra das Finanças [Maria Luís Albuquerque] que não fala verdade, que mente sobre as suas responsabilidades, não pode continuar a ser ministra.»

João Semedo, coordenador do BE, 26 de Julho de 2013

 

«Bloco exige demissão de Rui Machete por ter mentido ao Parlamento»

21 de Setembro de 2013

 

«Bloco de Esquerda pede a demissão do ministro da Educação, Nuno Crato»

4 de Dezembro de 2013

 

«Bloco de Esquerda exige a demissão da ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz»

18 de Setembro de 2014

 

«Bloco de Esquerda pede demissão do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio»

19 de Março de 2015

 

«Bloco de Esquerda pede demissão do secretário de Estado Adjunto da Saúde, Leal da Costa»

7 de Maio de 2015

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 30.06.2017 às 14:00

sim...o Bloco e o PSD a treta é a mesma...
Sem imagem de perfil

De rão arques a 30.06.2017 às 15:12

Para o PS/Costa qualquer treta serve quando lhe convém para se encostar.
Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 30.06.2017 às 16:49

a actual matriz do PSD, a do "suicida" Passos Coelho, é a mesma que a do Bloco de Esquerda...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.06.2017 às 17:36

Destes clamores pela demissão de ministros e secretários de Estado (a lista está longe de ser exaustiva), o meu favorito é o que visa o Álvaro Santos Pereira por "inadaptação". Melhor ainda do que a saída do João Soares, já neste governo, por prometer no Facebook umas bengaladas ao Vasco Pulido Valente.
Sem imagem de perfil

De rão arques a 30.06.2017 às 17:42

E o Costa cadáver adiado quando é que se suicida?
Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 30.06.2017 às 18:17

a actual matriz do PSD, a do "suicida" Passos Coelho, é a mesma que a do Bloco de Esquerda...
Sem imagem de perfil

De rão arques a 30.06.2017 às 14:30

De tanto insistirem nas demissões dão o exemplo e demitem-se. Voltem depressa!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.06.2017 às 16:21

Obviamente, ninguém se demite.
Sem imagem de perfil

De J . L. a 30.06.2017 às 16:04

Acho que não é difícil compreender que é pouco provável que se peça a demissão de um governo que se apoia. Em política, como na vida, tem de haver compromissos que se respeitam salvo se ultrapassarem certos limites. E como o título do post indica os tempos não são imutáveis, o Universo gira e muda.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.06.2017 às 16:20

O que hoje é mentira amanhã é verdade, como dizia o outro, pouco dado a subtilezas dialécticas.
Sem imagem de perfil

De J. L. a 30.06.2017 às 17:09

Não há verdades absolutas. Excepto em religião (pergunte ao Papa). Durante milénios a Terra rodou à volta do Sol... etc.
Depois, na política, na guerra, etc. há problemas de ordem táctica, as coisas não marcham de modo linear. Não se trata de ir em linha recta para o adversário...Toda a gente sabe isto (excepto quando não convém).
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.06.2017 às 17:33

Sim, claro. É a chamada ética de geometria variável.
Sem imagem de perfil

De J. L. a 30.06.2017 às 22:51

Sim, pode chamar-se assim. Tudo neste mundo é de geometria variável. Nada é fixo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.06.2017 às 23:22

Os princípios éticos, acima de tudo. Há até uma célebre frase do Groucho Marx a respeito disso.
Sem imagem de perfil

De V. a 30.06.2017 às 19:23

O que é difícil compreender é que se peça permanentemente a demissão de um governo que, ao contrário deste, foi legitimado pelo voto popular. E também é difícil compreender que os mesmos partidos que hoje se colaram ao governo tenham passado quatro anos a chamar nomes e a insultar pessoalmente o PM sem nada acontecer.
Sem imagem de perfil

De JSP a 30.06.2017 às 17:53

Bloco...de Esterco, eis tudo.
Um "franchising" atento, venerador e obrigado...à voz do dono.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2017 às 19:00

Um dos melhores argumentos que ouvi, sobretudo o do Bloco de Esterco. Muito bom, ao nível de Passos Coelho a quem auguro, por este andar, um magnífico futuro político.
Sem imagem de perfil

De V. a 01.07.2017 às 13:43

Genial:

http://observador.pt/opiniao/tudo-esta-bem-quando-acaba-bem/

Gosto sobretudo de "as metástases do poder."

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D