Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O jornalismo perdeu por goleada

por Pedro Correia, em 16.09.17

Será talvez pleonástico, mas a RTP cumpriu a sua obrigação de serviço público, sem aspas. Anteontem à noite, ao juntar no mesmo estúdio os 12 candidatos à presidência da Câmara de Lisboa, num debate bem moderado por António José Teixeira. Oportunidade para ouvirmos alguns dos que actuam no chamado "campeonato dos pequenos", com aspas. Só assim denominado porque outros canais televisivos, como a  SIC e a TVI, decidiram apostar apenas nos mesmos - os do costume, os de sempre.

Critério jornalístico, dizem. Se a pauta que aplicam aos candidatos fosse aplicada pelos espectadores às televisões, nunca ambas, TVI e SIC, teriam destronado o canal público.

 

À mesma hora em que os doze de Lisboa debatiam na RTP, a TVI dava um exemplo inverso, de mau jornalismo, ao reunir num debate cinco dos sete candidatos à câmara de Loures (e porquê Loures e não Odivelas, ou Sintra, ou Matosinhos, ou Almada, ou Gaia, ou Barreiro?) apenas para dar palco ao estridente e histriónico candidato do PSD. Que foi o primeiro a falar, por amável deferência da imoderadora Judite Sousa, e também o único que falou o tempo todo, monopolizando a sessão. Tudo menos um debate, afinal.

Vendo bem, o que estava ali em jogo era uma tentativa quase desesperada da TVI de roubar por 90 minutos - o tempo que dura, em regra, um desafio de futebol - um protagonista habitual da sua concorrente CMTV, que já a ultrapassou em audiência nos canais por cabo. O cabeça de proa do PSD, travestido de Tea Party em Loures, teve o seu momentinho de glória perante a benevolente Judite e o ar acabrunhado dos figurantes neste pseudo-debate onde o melhor da política, que todos dizem ser a que se desenrola no plano autárquico, deu lugar ao pior do futebol.

 

Levado ao colo pela jornalista incapaz de arbitrar, o tipo que só quer aparecer e diz tudo o que possa dar-lhe audiência no campeonato dos cromos televisivos - incluindo injuriar sportinguistas, destratar ciganos e mandar às malvas o Código Penal - ganhou por goleada. Derrotando não os rivais que com ele surgirão nos boletins de voto mas o jornalismo sem aspas, que ainda enaltece a isenção e o pluralismo como imperativos éticos e virtudes cívicas.

As autárquicas só serviram de pretexto.

Autoria e outros dados (tags, etc)


26 comentários

Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 16.09.2017 às 08:28

André Ventura a uma criatura modelar do politicamente incorreto - é sincero, diz a verdade, dôa a quem doer...diz em alto e bom som o que outros dizem entre dentes....É isto o politicamente incorreto. Um conjunto de bestialidades, de lugares comuns travestidos de novidade - o discrsao do politicamente incorreto já o tivemos nas décadas de 20 do séc xx e final do séc XIX.
Do politicamente incorreto apenas podemos esperar Trump, Venturas e Orban....tipos que podiam estar num café a emborcar tremoços não fosse a boa fortuna que tiveram.
Politicamente incorreto é muito diferente da realpolitik interpretado na perfeição por Vladimiro ( o Kissinger dos Urais)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.09.2017 às 08:45

Esse limita-se a vender o seu peixe. Ou a vender pentes a carecas, como qualquer Oliveira da Figueira.
Serve-se da política como se serve do palco televisivo. Interessa-lhe apenas ser presidente do clube tão cedo quanto possível, queimando etapas: fica com o dobro do poder e metade das chatices de qualquer ministro.
Interessa-me aqui focar o papel das televisões (neste caso, a TVI) que se apressam a acolher o primeiro demagogo de vão de escada. Transformando-o em "celebridade" porque imaginam que isso dá "audiências".
Baixar de nível, baixar a fasquia, baixar todos os patamares de exigência. Eis os critérios dominantes.
Sem imagem de perfil

De Manuel Guerreiro a 16.09.2017 às 09:49

Qualquer comentário sobre o candidato Ventura vindo de sportinguistas fanáticos é minimamente suspeito.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.09.2017 às 10:31

Por isso é que você evita comentar o candidato?
Imagem de perfil

De jpt a 16.09.2017 às 09:19

O beneplácito a Ventura dá para um "estudo-de-caso", o de como uma candidatura autárquica conspurca tantas outras oriundas do mesmo partido.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.09.2017 às 09:47

O mais desbragado populismo televisivo. No mesmo palco onde por vezes assomam à boca de cena pseudo-virgens nada pudicas a suspirar de indignação contra os populistas.
Sem imagem de perfil

De sampy a 16.09.2017 às 11:45

Este post fica muito perto de se tornar uma recomendação aos media para que eliminem do espectro a presença e as intervenções do dito personagem.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.09.2017 às 11:51

Recomendação só se eu fizesse parte da CIG ou do gabinete do ministro censor. Mas não se preocupe: o tal candidato continuará em exposição acelerada e bem notada. Como gata em telhado de zinco quente.
Sem imagem de perfil

De am a 16.09.2017 às 12:24

...." o Povo é sereno!... o Povo é sereno!... é só fumaça"

Deixá-los falar... "queles" calar-se-hão!

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.09.2017 às 18:08

O polvo é sereno.
Sem imagem de perfil

De Peneda/Soajo a 16.09.2017 às 16:47

Mas que merda de assunto. Afinal o que é que está em causa?
É o Ventura? Se for ele, digo já que, se o gajo confessar que os benfiquistas são um bando de assassinos, aconselho a que todo o mundo vote nele, sportinguistas incluídos.
É a TVI? E então, qual é a diferença desta para a RTP? Depois de terem elegido o Salazar como o português mais VIP da nossa história, até o monhé, que nunca ganhou nada, é capaz de ficar na história portuguesa como o único gajo que derrotou o Kim da Coreia nas urnas.
É a Judite? Ora bem, esta desgraçada só se redime se passar a dar dois terços do ordenado para a ciganada de Loures atestar os Mercedes e roubar furgões, com cujo uso fazem assaltos e matam os filhos para receber indemnizações.
E a culpa é de quem? Desse borrado que é o ministro da defesa que ainda vai acabar por jurar a pés juntos que o Kim da Coreia é um santo, pois os mísseis saem todos de Tancos e não da casa desse Kim.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.09.2017 às 18:03

Está desactualizado. O ministro já deu outra entrevista, garantindo que Tancos nunca existiu.
Foi na véspera de ser internado. Num paiol.
Sem imagem de perfil

De Peneda/Soajo a 16.09.2017 às 21:50

Ah Leão. Ri-me até às lágrimas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:24

O Solnado, se ainda cá estivesse, tinha aqui um fortíssimo rival.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 16.09.2017 às 21:22

Vi na diagonal o debate. Bernardinho Soares e o candidato do CDS estiveram bem.
Da Judite, depois de se ter deixado filmar ao lado de uma vítima mortal numa reportagem em Pedrógão, já pouco me espanta.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:24

Eu ainda me vou espantando. Mas já não devia.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 16.09.2017 às 23:59

TVI, CMTV e BTV, três razões que me fazem acreditar que a ERC é algo que provavelmente não existe. Ventura é apenas mais alguém desta galáxia de "amigos" ou melhor, conjunto de pessoas com interesses em comum, que cohabitam nesta espécie de submundo que é o verdadeiro poder em Portugal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:26

A ERC não existe. Provavelmente nunca chegou a existir, como diria Azeredo Lopes sobre Tancos. Nada mais a propósito: ele próprio foi presidente da ERC.
Sem imagem de perfil

De s o s a 17.09.2017 às 00:14

Engraçado, lendo apressadamente, vejo um Pedro Correia, a criticar a falta de isençao e pluralismo.
Aparentemente, e mais uma vez, estará a ser justo na apreciaçao... normal.
Todavia, de um individuo que se reconhece parcial, fica a duvida... alem de que nao é comunicada a versao do canal televisivo. Quiça, também o canal se orgulha da parcialidade...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:30

Tem uma gralha no seu nome, Sonsa.
Sem imagem de perfil

De Mário a 17.09.2017 às 01:12

Ainda não percebi porque dão tanto protagonismo àquele personagem, insistindo em falar nas suas ideias.
Estamos num país democrático, as pessoas são livres de manifestar a sua opinião, assim como outras são livres de as criticar. Mas manter o tema vivo, constantemente, só ajuda o visado a ganhar notoriedade.
Isto faz-me lembrar o caso da Uber, empresa que eu não conhecia até os taxistas começarem a fazer barulho.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.09.2017 às 03:24

Com tanto candidato que vale a pena ouvir, a comunicação social portuguesa prefere dar plataformas à extrema-direita. E a comunicação social é burra porque já devia saber que a extrema-direita odeia a liberdade de imprensa, mesmo vinda de quem a levou às cavalitas. Jornalistas medíocres, em especial a fútil Judite de Sousa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:27

Tanto anónimo nas redes a chamar medíocres aos outros.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:28

Quem o tornou conhecido foi o BE ao anunciar aos quatro ventos que iria levá-lo à justiça por xenofobia e sei lá o quê.
Fizeram o jogo dele. Era precisamente isto que ele queria: celebridade instantânea.
Imagem de perfil

De Pedro Azevedo a 17.09.2017 às 12:02

Excelente olho clínico o seu. Pedro. Muito bem visto!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.09.2017 às 23:26

Gosto de ver esse emblema por cá, Pedro. Não há coincidências.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D