Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Navegações

por Luís Naves, em 21.06.14

Luís Aguiar-Conraria, em Destreza das Dúvidas, faz este comentário pertinente sobre um exemplo de exagero pedante. A língua como ciência terá interesse, mas o excesso de conceitos que nada dizem aos estudantes mata o gosto das novas gerações pela literatura. Os burocratas não gostam de livros, detestam escritores e odeiam a poesia.

Este brilhante texto de Rui Ângelo Araújo, em Os Canhões de Navarone, refere a ligeireza de tantos comentadores do espaço público no uso da boa escrita. A situação pode piorar, sobretudo se houver insistência na aprendizagem de conceitos dispensáveis à clareza da linguagem que devia ser um dos objectivos do ensino da língua, sendo o outro despertar o interesse dos estudantes pelos clássicos. 

Um excelente texto de JM Ferreira de Almeida, em Quarta República, onde o autor explica a forma como as formações tradicionais da esquerda e da direita têm convergido em políticas pragmáticas. Concluo, da leitura, que o mundo está em mudança, não sendo sensato insistir nas divisões ideológicas entre esquerda ou direita, pois as diferenças entre os dois estão a esbater-se.

Recomendo a leitura cuidadosa desta reflexão de Pedro Romano, em Desvio Colossal. O autor tenta explicar que o cumprimento das regras impostas pelos credores parece mais fácil do que a resistência ao ajustamento, que implicará eventualmente o regresso ao escudo. Ou seja, a dívida pública será sustentável, como aliás indicam as taxas de juro. O respectivo pagamento é do interesse do País.

     

Quando em 2005 comecei a escrever na blogosfera, num obscuro blog literário chamado Prazeres Minúsculos, a Bomba Inteligente já era um clássico. Este blog habituou-nos à boa escrita e ao bom gosto. Há vida inteligente na blogosfera.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D