Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não acertam uma (actualizado)

por Pedro Correia, em 19.08.17

 

17 de Agosto:

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luis Carneiro, disse hoje à Lusa que não há portugueses entre as vítimas do atentado de Barcelona.

 

18 de Agosto:

Portuguesa de 74 anos entre os mortos em Barcelona, havendo outra desaparecida, informa o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas.

 

19 de Agosto:

Morreram duas portuguesas no atentado das Ramblas, em Barcelona. A segunda vítima agora identificada é uma mulher de 20 anos que estava dada como desaparecida. A notícia foi confirmada este sábado pelo primeiro-ministro, que tem estado em contacto com o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas,

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Imagem de perfil

De José Carlos Pereira a 18.08.2017 às 12:49

Caro Pedro Correia, a primeira notícia está mal redigida e induz em erro. Em abono da verdade e de José Luís Carneiro, que conheço há muitos anos, o que o SE diz na referida notícia é que não havia vítimas portuguesas entre os feridos e os quatro mortos identificados até ao momento das declarações. Garantir outra coisa seria tonteria.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.08.2017 às 14:56

Caro José Carlos: manda a elementar transparência política que nenhuma informação destinada a apaziguar a opinião pública seja transmitida antes do apuramento integral dos factos.
Esta é uma diferença fundamental entre profissionalismo e amadorismo político.
Que alguém com a experiência política do secretário de Estado das Comunidades tenha cometido este erro, avalizado com a chancela da agência Lusa, é algo que não deixa de me surpreender.
A questão de fundo, compreendo-a bem, é a necessidade imperiosa que o Governo sente de transmitir "boas notícias" no mais curto prazo possível. Imitando assim, na vida real, aquela velha anedota do suicida que se atira do 35.º andar e ao passar pelo sétimo piso alguém lhe pergunta de uma janela como estão as coisas e ele responde: "Até agora tudo bem."
Imagem de perfil

De José Carlos Pereira a 18.08.2017 às 18:11

Compreendo o que diz, mas a pressão da comunicação social, legítima num caso como este, faz os responsáveis políticos serem presos por ter cão e por não o ter. Se JLC não respondesse, ficaria mal visto. Respondendo com a informação que tinha até então, não poderia dizer algo diferente do que disse.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.08.2017 às 01:07

Caro José Carlos: o secretário de Estado, que está na vida política há mais de 30 anos, não pode desculpar-se com a pressão dos jornalistas. Ele conhece isso muito bem.
Sem imagem de perfil

De jo a 18.08.2017 às 18:50

Está a dizer que só se pode fazer o ponto da situação no fim?

Isso não daria azo a posts irritados de gente a escrever coisas do tipo: Já se passaram várias horas e ainda não temos nenhuma informação do governo?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.08.2017 às 19:09

Eis um comentário tipicamente marxista, neste caso (para variar) tendência Groucho:
https://www.goodreads.com/quotes/1185-those-are-my-principles-and-if-you-don-t-like-them-well
É bem lembrado: faz amanhã 40 anos que Groucho Marx morreu.

Há uma variação bastante menos sofisticada deste preceito, versão tuga, imortalizada pelo célebre filósofo Pimenta Machado: «O que hoje é verdade amanhã é mentira.»
https://www.publico.pt/2004/03/16/desporto/noticia/toni-para-mim-pimenta-machado-morreu-1188698
Sem imagem de perfil

De jo a 19.08.2017 às 23:10

Perguntam ao Secretário de Estado quantos portugueses há entre os mortos nos atentados de Barcelona. Ele tem várias hipóteses:

Diz que não sabe - já dá para dizer que é um inútil que devia saber.
Diz o que é público até essa altura - nesse caso acusam-no de mudar os números conforme os tempos.
Também pode não responder e depois apontar o dedo a quem respondeu.

Sendo a comunicação das informações sobre o que se passa no terreno de responsabilidade do governo catalão, não percebo como é que um SE português pode ser responsável por inexatidões.

Citando um autor desconhecido: Adivinhar é proibido.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.08.2017 às 01:10

Citando o Marx de que você não gosta, "a política é a arte de procurar problemas, encontrá-los em toda a parte, diagnosticá-los de forma incorrecta e aplicar-lhes a terapia errada."
Nesta acepção, o secretário de Estado é um político exemplar.
Sem imagem de perfil

De marta a 21.08.2017 às 10:49

Dizer qualquer coisa do género:
"Até ao momento não há registo de vítimas portuguesas. No entanto, a identificaçaõ das vítimas não está concluída e o governo português está em contacto com as autoridades espanholas para verificar se há portgueses. Vamos actualizando a informação sempre que que tivermos novos dados."

Era credível e era honesto. sem precipitações. Ou não?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 21.08.2017 às 11:12

Obviamente, Marta. Desde que o bom senso impere, o que não foi o caso. Houve apenas a precipitação de dar "boas notícias" ao País.
Com os resultados que ficaram à vista.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 18.08.2017 às 13:11

Não é o governo. Não são os governos. Oxalá assim fosse. É o Estado. São os serviços públicos que não funcionam, não funcionaram, e raramente funcionam em situações de stress. É uma vergonha. É humilhante. É triste. E quando ouvimos o PM , os PMs a dizerem que não têm informações que os façam aumentar o risco de atentado em território nacional isso significa apenas que os serviços de informações europeus não comunicaram qualquer informação ao Estado português e não que os serviços portugueses tenham alguma ideia própria do que se possa passar em Portugal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.08.2017 às 15:14

Tenha cuidado se vive em algum dos concelhos onde foi decretado o estado de calamidade pública preventiva.
Sem imagem de perfil

De José Martins a 18.08.2017 às 14:46

Pedro,
Passe por aqui
https://aquitailandia.blogspot.com/2017/08/ze-carneiro-o-samaritano.html
Abraço
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.08.2017 às 15:12

Viva, José. Abraço aí para a Tailândia.
Sem imagem de perfil

De amendes a 18.08.2017 às 15:54

Tudo não passou por mais uma falha do SIRESP....



Abaixo a PT...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.08.2017 às 01:06

Parafraseando o Rei Juan Carlos, bem poderá perguntar-se ao secretário de Estado: "Porqué no te callas?"

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D