Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais um atentado.

por Luís Menezes Leitão, em 26.07.16

Hoje foi mais um atentado, agora em Rouen, em relação a um padre que rezava a missa, e que foi degolado por assaltantes pertencentes ao Estado Islâmico, em frente aos seus fiéis. Um acto de barbárie e ódio só comparável aos tempos do nazismo. Mas pelos vistos na Europa vai tudo continuar em estado de negação. Até quando os dirigentes europeus persistirão em ignorar que a Europa vive uma verdadeira guerra religiosa, declarada por fanáticos, que não hesitarão em combater até á morte contra os valores europeus? Ontem as pessoas em França tinham medo de ir a espectáculos públicos. Hoje passaram a ter medo de entrar numa igreja. Lentamente o Estado Islâmico vai destruindo a Europa, perante a complacência dos governantes europeus.

Autoria e outros dados (tags, etc)


31 comentários

Sem imagem de perfil

De WW a 26.07.2016 às 14:14

Quem semeia ventos colhe tempestades !

Os ingleses já iniciaram a resolução do problema substituindo a sua liderança, mandando lixar (com F) a UE e a cupula maçónica que a dirige, cabe aos restantes povos europeus fazerem o mesmo nos seus países e a partir daí acabar com o resto dos problemas...

Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 09:35

Ontem : Tudo gente que acordou mal disposta e sofre de depressão:

-Islamist Militants Kill Nine Christians in Democratic Republic of Congo
-Twin Suicide Bombs Kill 13 near Mogadishu Airport
-ISIS threaten more attacks against Hazara minority in Afghanistan
-At least 11 soldiers of the Afghan National Army (ANA) forces and scores were killed in the past 24 hours, the Ministry of Defense (MoD) said.
-(IraqiNews.com)A security source in Salahaddin province informed on Tuesday that a family of five- a mother and four children- were killed in a bomb explosion at Sharqat Island, north of the province.

Uma boa notícia, apanhou-se um deprimido!
-A suicide attack has been foiled on a girl’s school in Kabul after a would-be suicide bomber was arrested by the Afghan intelligence operatives.
The National Directorate of Security (NDS) said the bomber was arrested during a clash with the intelligence operatives in central Logar province.

E isto são as maiores notícias de ontem e as que se conhecem.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 26.07.2016 às 15:11

Durante 40 anos o jornalismo Marxista, os narcisos políticos e os pós-civilizados ajudaram a construir isto e continuam a fazê-lo todos os dias.

Recompensam todos os que combatem contra o Ocidente.
Os Marxistas porque usavam o terrorismo para mudar o poder no Ocidente mostrando os Governos Ocidentais como violentos sempre que respondem. E assim foi enquanto Moscovo controlava os grupos terroristas. Era só o matar os necessário para o Ocidente ficar mal visto .

E os jornalistas suportavam, nunca se viu um jornalista a protestar por um grupo combatente não usar uniforme e assim colocar em risco civis.
Nunca. Pois são preciso civis mortos para o Ocidente ficar mal visto.

Mas agora o Marxismo já não controla o terrorismo. Agora é o Islão.
Agora o terrorismo está fora de controlo da Esquerda.

Os outros porque ficam muito escandalizados se virem uma arma de tão pós-civilizados são pois tudo se resolve com diálogo.
Gostam de se dizer tão cultos que não conhecem nada, para começar os humanos.

Agora vão ter de matar milhões para parar, ou ser mortos aos milhões.

Ainda não entenderam onde estão, não fazem a mais pequena ideia. Loucos tal como chamei aqui à Merkel e a quem brincou aos refugiados para expiar as culpas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.07.2016 às 15:19

A Europa está precisando de um Hitler senão adeus europa.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 08:55

Vais buscar como defensor da Europa um tipo responsável por matar milhões de Europeus e colocar metade da Europa sobre domínio Comunista.

Tens bons exemplos na história portuguesa de quem combateu o Islão, mas foste buscar um canalha que contribuiu para o que vemos hoje.

Pensas?


Sem imagem de perfil

De João a 26.07.2016 às 15:47

Não vivemos uma guerra religiosa porque o estado islâmico não professa nenhuma religião. São uns loucos, psicopatas que o único que querem é matar e a UE continua numa letargia total, mais preocupada com décimas e sanções que pensar e discutir esta loucura que não olha a meios, para atingir os seus fins. É urgente e premente, a discussão deste problema.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 09:00

E mais um em negação.

Os ayatollah e a fatwa contra o Salman Rushdie não foi religião?

https://en.wikipedia.org/wiki/1993_World_Trade_Center_bombing
também não foi religioso?

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 26.07.2016 às 16:58

só comparável aos tempos do nazismo

Não propriamente: em 1980 o arcebispo de San Salvador, Oscar Romero, foi abatido com uma bala na cabeça enquanto dizia a missa, perante o olhar de toda a igreja. Os capangas que fizeram isso são hoje um respeitável partido político desse país.
Sem imagem de perfil

De ariam a 27.07.2016 às 02:14

Essa comparação serve para quê?

Para relevar a loucura de se receber uma cultura que nunca se integrou e que vai acabar com a cultura ocidental e com todas as nossas liberdades?
Com mais o quê quer comparar as diárias violações de crianças de ambos os sexos e mulheres, por essa Europa fora? Onde arranja comparação, de matar à machadada, esventrar uma mulher grávida ou mesmo sobre toda a informação que continuam a sonegar para não se saber, por exemplo que os corpos das vítimas no Bataclan não sofreram apenas com as explosões mas, previamente, foram filmadas a ser torturadas, onde, entre muitas atrocidades, até os órgãos genitais masculinos foram cortados e enfiados na boca?

Você anda a dormir ou continua a achar que isto são apenas pequenos problemas e só temos que aceitar "o multiculturalismo" e as ideias dos psicopatas que governam o Mundo? Ou também não sabe da futura União Africana, todos com passaportes iguais para "a liberdade de movimento para mercadorias, serviços, pessoas..." onde foi que já ouvimos isto? E sobre uma tal União dos EUA, Canadá e México"? E a Hillary Clinton falar em aceitarem mais uns 200.000 refugiados depois de já terem entrado mais do que esses? Um Padrão que começa a ser muito repetitivo e onde se promovem guerras para que nunca faltem os refugiados que lhes interessa.

A ideia foi e continua a ser, destruir a Europa e o Mundo, economicamente, financeiramente, valores, culturas e todos os nossos direitos e liberdades porque o que esta "gente" anda a fazer não é mero acaso ou por incompetência. Querem o caos para nos aprisionar e subjugar e, nada melhor, que este êxodo, onde até perdem o paradeiro de milhares de pretensos refugiados.
Quando tudo se tornar insuportável, acontecerá precisamente o que eles querem e que sejam os próprios cidadãos a exigir, em nome da "segurança", todas as medidas para a sua própria escravização e subjugação, a um poder totalitário, controlador e, o pior, a nível global. Quem quiser, por enquanto e só por enquanto, ainda pode procurar na net as notícias reais e não manipuladas mas, em nome do "politicamente correto" até já conseguiram silenciar alguns, portanto, vão aproveitando, o resto da vossa Liberdade porque o Big Brother está, mesmo, ao virar "da próxima esquina".
YouTube:
https://www.youtube.com/watch?v=DqptfViOmH8
Syrian Refugee Machete Attack in Germany | True News

Quanto à parte financeira, não há país onde a Dívida, não tenha transformado os cidadãos em "escravos" e, nem a Alemanha escapa com um Deutch Bank falido que pode provocar uma crise financeira mil vezes pior do que a de 2008, o que interessará, muito, aos adeptos de um Mundo Orwelliano.
Quanto ao nazismo que queria a sua elevação ao status de superpotência, e finalmente, ao total domínio alemão sobre o mundo inteiro, ora os Globalistas querem o quê? Quando votamos para um Parlamento Europeu que não pode propor nem vetar Leis, parece um menu diferente mas "a sopa" é a mesma.

Uma coisa já sabemos, desde 2011, apenas 4 Corporações controlam as 147 Corporações que praticamente possuem Tudo a nível Global ou seja, menos de 70 pessoas controlam verdadeiramente a vida neste Planeta, agora, só lhes falta pôr "o gado" no redil.
"The Four Companies That Control the 147 Companies That Own Everything"
(Given the nature of how money is invested, there are four companies in the shadows that really control those companies that own everything.)
Google:
http://www.forbes.com/sites/brendancoffey/2011/10/26/the-four-companies-that-control-the-147-companies-that-own-everything/#780a28ac7f3b

Dizia Charles Bukowski — "The problem with the world is that the intelligent people are full of doubts, while the stupid ones are full of confidence." ou Bertrand Russell - “The whole problem with the world, the stupid are cocksure while the intelligent are full of doubt"
Só me resta acrescentar que, presentemente, estão a tentar, por todos os meios, estupidificar as populações e, nem quero imaginar o que acontecerá ao Mundo, quando os estúpidos forem 50% mais 1...
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 09:03

Os capangas que mataram Romero não fizeram um ritual religioso ao matarem o padre.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 27.07.2016 às 16:19

O ritual religioso não faz diferença, o que faz diferença é a morte.
Hitler matou muitos milhões de pessoas sem necessitar de qualquer ritual religioso.
Sem imagem de perfil

De da Maia a 26.07.2016 às 17:13

Como escrevi aqui, logo no atentado de Nice, o governo francês foi completamente inconsciente e incompetente ao fazer livremente a ligação entre o ISIS e o ocorrido.

Antes disso, alguém ser associado ao ISIS não era propriamente fácil. Mesmo assim, havia uma grande quantidade de gente disposta a arriscar, a ir para o Iraque ou para a Síria receber treino, sujeitar-se aos lunáticos que ali conduzem o exército, e só depois, com muito esforço regressavam sem dar nas vistas, e estavam prontos para fazer um atentado em nome do ISIS.
Em todo este processo, a maioria era sinalizada e apanhada, indo parar à cadeia.
O processo era obviamente ineficaz e trabalhoso.
Bom, mas mesmo assim, como soubémos, havia uma quantidade razoável de jovens dispostos a investir nessa loucura.

Agora, com a benção do governo francês, tudo ficou muito mais fácil.
Não é preciso ir para a Síria, passar mal, arriscar prisão, aturar malucos...
Basta qualquer um acordar de manhã revoltado com a sociedade que não o compreende, e decidir que é soldado do ISIS, para dar um propósito à sua ira.
Tem o reconhecimento do ISIS e do governo francês, e tem a atenção da comunicação social.

Quem não percebeu que isto só poderia dar mau resultado, estava a dormir, ou então a governar a França.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 08:49

Estranha doença que ataca os Mohamed e os Ali apesar das tentativas jornalistas e da Merkel de chamar a um Iraniano "David S."
Jornalistas que não estão nada curiosos em ir perguntar se de facto se chamava por exemplo Davoud pois não?

As bombas em Cabul, na Arábia já são ataques terroristas.

Mas aqui são feitas por "depressivos" que acordaram mal dispostos mas que no entanto demoram meses ou mais de um ano a preparar o ataque.

Será este tipo de opinião também um sinal de depressão. Teremos de vigiar o da Maia?
Sem imagem de perfil

De da Maia a 27.07.2016 às 13:07

Então, Mohamad LuckLucky, transmitiste os meus cumprimentos às tuas 4 esposas?
Não fiques assanhado, pá!

Transformar o jornal "O Crime" num rol de acções do ISIS só serve uma coisa, dar um protagonismo ao ISIS que ele não tem.
Não inventes histórias.

Há uma clara diferença entre nós, meu caro Mohamad. Tu queres que o ISIS tenha esse protagonismo, eu não.

Aliás, se te lembrares de como terminou a onda de incêndios de carros em Paris, foi muito simples - deixou de fazer notícia em todos os jornais.

Neste momento, com os meios de comunicação internacionais a darem todo o relevo a crimes com menos vítimas do que têm acidentes rodoviários, transformaram-se nos principais aliados do ISIS.

Isso serve uma agenda, sem dúvida... agora, tu é que tens que ter inteligência suficiente para perceber se queres ser usado ou não.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 14:51

Como és progressista não aceitas a realidade. Não aceitas que os mitos e tabus da Europa do pós guerra estão a cair. Não aceitas que a História não vai sempre direito ao progresso.

A realidade dos carros incendiados que tu dizes acabaram porque a censura hoje é coisa boa:

http://www.dailysabah.com/europe/2016/01/02/over-800-cars-set-ablaze-in-france-on-new-years-eve

http://mashable.com/2015/01/01/france-new-year-car-fire/

http://www.dw.com/en/protesters-burn-cars-in-north-paris-suburb-on-third-night-of-unrest/

Tu julgas que um ataque Muçulmano em África contra Cristãos existe porque o jornal noticia?

Apesar de falhares o teu exemplo de comparação. Não deixei de notar que foste comparar vandalismo que é algo sem ideologia com uma Religião, com uma Ideologia, que tem objectivo de dominar o mundo.
Sem imagem de perfil

De da Maia a 28.07.2016 às 12:53

Caro Mohamed LuckLucky,
como bem sabes, já foste por aqui considerado um terrorista das caixas de comentários.

O teu explosivo clássico é a acusação de Marxismo, que usas indiscriminadamente contra qualquer um.
O teu número de vítimas (acusadas de marxismo, sem razão especial), cifra-se nas dezenas.

Os que não vêem qualquer nexo de causa-efeito, é mais natural que te vejam como simples vândalo, ou assassino de carácter. Mas talvez aches que estás numa cruzada ideológica... sei lá, com o objectivo de dominar o mundo?

Eu devo ser uma espécie de Boaventura S.S., porque senão não perdia tempo a entender o que dizes.

Mas diz lá, o que faz aqui o povo do Delito de Opinião, quando aparecem bombistas de acusações gratuitas?

O mais fácil é eliminá-los, sem dúvida.
Só que isso tornaria o blog num paraíso do politicamente correcto, e o pessoal perdia o interesse de cá vir.

O grande segredo, que ninguém vai assumir, é que precisas de diabretes no paraíso, caso contrário torna-se num inferno gelado pela monotonia e pelo unanimismo.

A sociedade nunca viveu sem medos, e por mais estatisticamente insignificantes que sejam, alguém os vai extrapolar como ameaças civilizacionais. Faz parte do espectáculo.

Mas tu achas mesmo que com a tecnologia existente, alguém pode entender o ISIS como uma ameaça militar difícil de eliminar?

É o mesmo que teres visitas com uma criança endiabrada, a partir-te a loiça toda, e veres os pais a dizerem que não sabem o que hão-de fazer com ela...
Tu sabes perfeitamente o que eles deviam fazer com ela, mas como isso não é assunto teu, e não te queres chatear com os pais, não és tu que lhe vais dar uma estalada.

Agora, se chamas ao miúdo um terrorista ou um vândalo, é critério teu - os efeitos nos pratos são os mesmos.
E também sabes que quanto mais atenção deres ao puto parvo, mais ele se vai querer evidenciar.

Vai começar a época de incêndios florestais... agora, vamos lá ver se o ISIS não tem a má ideia de reivindicar algum, porque alguns governos também não achariam má ideia culpar o ISIS pelo seu descuido na flora.

Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 26.07.2016 às 18:43

um Padre Católico decapitado na sua Igreja , em França...
Sem imagem de perfil

De zazie a 26.07.2016 às 20:33

Não foi mais um. Foi O ATENTADO

26 de Julho de 2016- fica como marco histórico

Cá dentro, um bom padre de 86 anos é degolado por esses fanáticos que metem cá dentro.

Um deles tinha pulseira electrónica- um terrorista com pulseira electrónica.
Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 26.07.2016 às 21:06

podes crer zazie, não foi mais um. foi O ATENTADO !
Sem imagem de perfil

De Vento a 26.07.2016 às 22:13

Só seria uma guerra religiosa se as religiões estivessem em guerra. Verificamos que existe, isto sim, uma criteriosa escolha de alvos que faça chamar a atenção sobre si. Em resumo, pretende-se demonstrar eficácia e mobilidade quando começam a perdê-la. Para fingir que não, é necessário atacar alvos que possam criar uma maior visibilidade.
Por outro lado, é necessário equacionar que os actos psicóticos tendem a surgir na exacta proporção em que ocorrem as denominadas explosões por simpatia. Isto é, quando um engenho é detonado pela explosão de outro.

A solução continua a residir numa sólida aliança com a Rússia, envolvendo a China e o Irão nesta aliança. A Turquia já foi. Algum dia voltará a ser.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 09:13

É sempre bom um comunista mostar ao que vem.

Solida aliança com Rússia, envolvendo a China e o Irão

Nesse caso já não fará mal matar uma data de civis pois não, os bombardeamentos indiscriminado dos Russos na Síria, a violência do regime Chinês contra os muçulmanos aí já está tudo bem. Afinal é violência vermelha.
As bombas comunistas nunca produzem reacção. Só as bombas capitalistas.

Destoa os Iranianos com as bombas contra Judeus e a fatwa contra Salman Rushdie, mais um tiro de partida para muito do que vemos hoje quando o Ocidente ficou calado e quieto.
Sem imagem de perfil

De Vento a 27.07.2016 às 22:36

Se algum dia precisar de uma transfusão de sangue, peça de cor azul ou verde ou amarela. Ou peça para que adicionem algum corante. Só para evitar que o trauma se agrave.

Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 26.07.2016 às 22:34

Isso, levantem os calhaus todos e deixem-nos rastejar de lá para fora. Dêem-lhes o estatuto que nunca tiveram. Falem neles. Dêem-nos a conhecer para mais malucos praticarem actos inomináveis de hediondos que são. Propaguem o medo.
Deixem que eles dominem as vossas vidas.
Não há nada pior para quem quer reconhecimento do que os votar à total ignorância. Devia de haver um blackout noticioso a essa corja. Sem "glórias" nem "feitos" reconhecidos, não há paraíso para ninguém. Só o buraco frio de onde rastejaram, mas a título permanente.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 27.07.2016 às 09:15

Pois, agora como a verdade não é conveniente já querem a censura.

Comentar post


Pág. 1/2





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D