Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Largo dos ratos

por Sérgio de Almeida Correia, em 03.06.14

O essencial da "crise" no PS já tinha sido dito por quase toda a gente. Desses textos de quase toda a gente fiquei na memória com um do João Miguel Tavares publicado no Público, de 29 de Maio p.p., com o sugestivo título de "Simplesmente patético". Hoje, o João Miguel reincide com "O Verão Quente de 2014", no que é muito bem acompanhado pela notável pena do José Vítor Malheiros. Confesso que depois de todas as desilusões dos últimos três anos prefiro ver a "crise" pelos olhos de quem está de fora. Não serve de conforto, é certo, mas pelo menos permite perceber que eu não precisava de óculos para ver o que se estava a passar. Difícil vai ser fazer a contagem dos ratos que correm desaustinados de um lado para o outro do convés, enquanto o barco adorna, por não saberem em qual dos botes salva-vidas terão mais hipóteses de sobreviver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


3 comentários

Imagem de perfil

De cristof a 03.06.2014 às 19:19

Boa. Largo bem batisado.Chamar de vitoria a perca enorme de votos camuflando-a com o desconhecimento dos cidadãos do que são percentagens é realmente de ratos.Que diga-se foram muito acompanhados pelos concorrentes, que preferem a politica da mentira que tentam vender como politica partidaria.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.06.2014 às 09:59

perda
Sem imagem de perfil

De Jose do Carmo a 04.06.2014 às 12:35

Largo dos Ratos, na cidade dos Corvos.
Corvos são aves negras que vivem de cadáveres.
Não se lhes conhece outras virtudes que não o oportunismo de ficar a olhar de fora, para se banquetear com os mortos.
Triste vida.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D