Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lá fora

por Pedro Correia, em 26.05.14

Alemanha: CDU de Merkel vence com pior resultado de sempre. Alternativa Pela Alemanha, eurocéptica, elege sete eurodeputados.

 

Espanha: PP e PSOE perdem 17 deputados. Novo partido, Podemos, assume-se como quarta força eleitoral e terceira em Madrid.

 

França: Vitória da Frente Nacional, com 26%. Partido Socialista, do Presidente Hollande, afunda-se - com o pior resultado da sua história.

 

Itália: Esquerda esmaga nas urnas, partido de Berlusconi em queda. Movimento de Grillo é segundo, com 21%.

 

Grécia: Syriza ultrapassa conservadores, vencendo escrutínio. Aurora Dourada, partido neonazi, ascende ao terceiro lugar.

 

Reino Unido: Grande triunfo da direita eurocéptica. Partido Independente quebra histórico rotativismo entre conservadores e trabalhistas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Isto é que vai uma crise a 26.05.2014 às 09:43

Lisboa entupida de amaricanos por causa da final da taça dos campeões e o Rock in Rio cheio de cheneses a um Domingo à noite é a prova provada que isto por essa Europa vai uma crise...
Sem imagem de perfil

De Cristina Torrão a 26.05.2014 às 10:00

O número de eurocéticos, na Alemanha, cresce de dia para dia. Fora do euro! Fora da EU! são os seus "gritos de guerra" e encontram muitos simpatizantes. O pior é que a Alternativa Pela Alemanha está muito conotada com a extrema direita, embora se desmarque do NPD, o partido neo-nazi.

A CDU, ainda assim, venceu por causa da Merkel, ela é que foi figura de cartaz para as eleições europeias, abafando por completo o cabeça de lista do seu partido, David McAllister (sim, é alemão, mas com raízes escocesas).

É uma catástrofe que a extrema direita tenha tido tantos votos, em certos países. Sempre me defini como sendo "de direita", mas sou franca: preferia que fossem os partidos da esquerda a face do protesto (quando digo de esquerda, não me refiro a socialistas à la Hollande - essa anedota feita gente - ou à la Seguro, mas aos ligados à ideologia comunista). Mal por mal, talvez fosse melhor uma modalidade moderna dos velhos comunistas, esses sim, fariam algo de diferente (penso eu).

A Alemanha, porém, nunca virará à esquerda, dando força à Die Linke (uma espécie de BE), pois está traumatizada com a experiência da RDA. Mas também não acredito que virem à direita como os franceses, porque, nesse aspeto, também estão ainda traumatizados. Muito europeus esquecem que os próprios alemães foram dos mais traumatizados com a era Hitler. Nos últimos tempos, tem-se assistido a uma verdadeira expiação de pecados passados. Descendentes de nazis (alguns ligados ao extermínio dos judeus), filhos, mas principalmente netos, usam a sua profissão de jornalista ou realizador de cinema para expor as vergonhas nazis, mesmo que isso implique aceitar o passado horrendo dos seus pais/avós, passado esse mantido em silêncio pela família. É das tais coisas de que não se fala, que se atiram para debaixo do tapete. Mas há quem não pactue com essa política do silêncio. Desenterram a imúndicie, arejam os armários e sacodem os tapetes. À custa de muito sacrifício, não é fácil aceitar e expor tal passado. Quem consegue admitir: sim o meu pai/avô foi um assassino, dos piores que se pode imaginar? E há muito quem seja contra essa maneira de denegrir a família. Mas os próprios dizem que não conseguem continuar a viver com tais segredos na alma. Pela verdade! E para que o horror não se repita!

Eu estou com eles e admiro a sua coragem!
Para quando algo do género, no nosso país, envolvendo descendentes dos pides? Quando se resolverão essas pessoas a contar o que passaram à altura da revolução, algumas ainda crianças? Não terá sido fácil. E o segredo mantém-se.

(acabei por fugir ao assunto, desculpem)
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.05.2014 às 01:03

Agradeço-lhe muito o seu comentário, Cristina. Um dos melhores que temos recebido nas últimas semanas, sem qualquer dúvida. Ainda por cima com a força acrescida de ser também um testemunho directo.

(Saudações Leoninas... )

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D