Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Junho de 2017: os meus votos

por Pedro Correia, em 15.07.17

                      constanca_sousa_2[1].jpg jlopes[1].png

 

Figuras nacionais do mês

Dois governantes em foco por péssimos motivos: Constança de Sousa, titular da pasta da Administração Interna, surgiu chorosa frente às câmaras da televisão mas incapaz de esclarecer a descoordenação dos serviços sob a sua tutela que originaram o colapso da protecção civil em Pedrógão Grande; Azeredo Lopes, detentor da pasta da Defesa, disse assumir responsabilidades perante o maior roubo de armamento bélico alguma vez ocorrido em Portugal, nos paióis de Tancos, mantendo-se no entanto em funções. Continuam ministros, resta ver até quando.

 

 

170315183206-01-donald-trump-march-15-2017-super-1

 

Figura internacional do mês

Surdo aos avisos dos cientistas sobre os riscos do aquecimento global provocados pelos gases poluentes, Donald Trump anunciou a 1 de Junho que os EUA deixariam de estar vinculados ao Acordo do Clima, isolando-se dos aliados europeus de Washington e juntando-se à Síria e à Nicarágua, únicos países que recusaram assinar o documento. Esta decisão, concretizando uma promessa eleitoral do actual inquilino da Casa Branca, valeu duras críticas a Trump - tanto mais que os EUA são, logo após a China, o segundo país mais poluidor do planeta.

 

 

naom_594f59ed5ff63[1].jpg

 

Facto nacional do mês

Não há memória de um incêndio tão mortífero assim. Os portugueses não esquecerão a tragédia de Pedrógão Grande, com as chamas a devorarem árvores, mato, casas, carros e lamentavelmente também pessoas. O balanço deste fogo florestal - que alastrou aos concelhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera - foi dantesco: 64 pessoas mortas, 254 feridas (muitas em estado grave), 150  famílias desalojadas e quase 50 mil hectares de floresta reduzidos a cinzas.

 

 

12605515[1].jpg

 

Facto internacional do mês

Quase todos os observadores e a esmagadora maioria dos politólogos abriram a boca de espanto: em 14 meses, Emmanuel Macron virou a política francesa do avesso. Criou um partido novo, chamado República em Marcha. Venceu as presidenciais, fez implodir os socialistas e a direita clássica, e conseguiu uma vitória esmagadora nas eleições parlamentares desenroladas em duas voltas, a 11 e 18 de Junho, com 314 dos 577 deputados da Assembleia Nacional. Há um ano ninguém era capaz de lhe antever tal sucesso. 

 

 

Catarina-Martins[1].jpg

 

Frase nacional do mês 

«Que venha a chuva. Bom dia.» Foi assim que a coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, se exprimiu na sua conta do Twitter a 19 de Junho, reforçando implicitamente a tese governamental de que a tragédia de Pedrógão se deveu em exclusivo a "causas naturais". Vão distantes os tempos em que o BE, noutro ciclo governativo e perante incêndios muito menos mortíferos, bradava: «A incompetência do Governo não pode encontrar justificação na meteorologia.»

  

 

PUTIN_RUSO[1].jpg

 

Frase internacional do mês 

«Não sou mulher, portanto não tenho dias maus.» A elegante frase foi proferida pelo Presidente russo Vladimir Putin numa longa entrevista de quatro horas conduzida pelo cineasta Oliver Stone, dividida em quatro blocos e estreada a 12 de Junho na CBS norte-americana. The Putin Interviews terá escandalizado algumas feministas, mas deste lado do Atlântico não houve notícia de grandes protestos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


28 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.07.2017 às 22:36

Desculpa, só a de Theresa May no Reino Unido.
http://www.mirror.co.uk/news/politics/theresa-finally-apologises-slow-response-10661857
Em Portugal, isso usa-se muito pouco. Ou quase nada.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D