Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Inquietações

por Rui Rocha, em 08.06.14

Os fumadores compulsivos de cigarros electrónicos têm um problema de tabagismo ou de dependência digital?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 08.06.2014 às 17:44

Fumadora desde a juventude, parei de vez há 4 anos e 12 quilos. Um belo dia resolvi experimentar o cigarro electrónico, como qualquer apreciador dum bom vinho , por exemplo, para dar o meu parecer.
Que raio é aquilo? Fumar "vapores" ? Então e mastigar uma pen USB fará o mesmo efeito do que as célebres pastilhas ??
Sem imagem de perfil

De Céptico a 08.06.2014 às 18:43

E será que não correm o risco de se porem a chupar no Cartão MB?
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 08.06.2014 às 18:55

Postos a pensar, estar vivos é um risco enorme.
Sem imagem de perfil

De alexandra g. a 08.06.2014 às 19:27

Ainda tomo como um insulto pessoal os sms nos maços de tabaco (que vou morrer, que os homens ficam com o esperma fraquinho, que prejudico gravemente a minha saúde e a dos que me rodeiam, que o meu médico ou o meu farmacêutico podem ajudar-me a deixar de fumar, etc.).

Qualquer puto sabe, hoje, como se fazem bebés, pelo que Paris podia bem desaparecer deste mapa de terror infligido aos fumadores, mas principalmente por este Ministério da Saúde querer mesmo é que eu vá morrer longe (ainda se Paris existisse mesmo :) ) e que o Estado ganha mais comigo fumando, aqui e agora, não tendo sequer onde cair morta.
Sem imagem de perfil

De da Maia a 08.06.2014 às 20:09

"Viver, mata!"
A conclusão vem de um relatório ultra-secreto, guardado pela Org. Mundial de Sáude(*), procurando estabelecer um nexo para causas de morte.

Ora, o que se quer esconder é que 100% das pessoas estava viva antes de morrer.
- Sim, são números esmagadores.
Outros números que assustam nessas estatísticas de causas de morte:
- 99% respirava antes de morrer e tinha o coração a funcionar.
- 99% vivia abaixo dos 6000 m e acima do nível do mar.

Foi mais ou menos assim que se provou a correlação entre tabaco e morte.

Por exemplo, se até parece haver correlação no caso dos homens, no caso das mulheres é oposto:
http://yearwithoutbeer.com/wp-content/uploads/2012/08/smoking-stats.jpg

... gráfico tirado de um site não-tabagista:
http://yearwithoutbeer.com/2012/smoking-plain-cigarette-packets-approved-australia/

Convém notar que para a correlação foi crucial alargar-se a noção de fumador, aos passivos, ou quase aos que tinham cheirado fumo no vizinho... isso para termos até 70% de homens e 40% de mulheres fumadoras no pós-guerra.

Vendo a curva feminina, a correlação não tem nenhum valor científico.
Isto é:
- é óbvio que fumar demasiado faz mal ao ponto de matar e provocar cancro.
- mas fumar está longe de ser a única causa, e os dados apontam até para que nem seja a principal.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D