Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Guerra ao ódio

por Tiago Mota Saraiva, em 15.11.15

Ontem, pediram-me do i que participasse numa série de artigos de opinião sobre os atentados em Paris. Ali deixei o meu contributo para a discussão do tema.


Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Nuno a 15.11.2015 às 09:32

Mesmo que aceitássemos a sua tese, de que o problema que temos em mãos começou nas Lajes, 12 anos depois (*), qual é a solução? Isto resolve-se processando mais depressa os refugiados é isso?

Passados 12 anos, a única coisa que lhe assiste dizer é que a culpa é nossa, porque fomos nós que começamos. E que continuamos a ser culpados todos os dias porque não recebemos as vítimas tão depressa quanto podíamos.

Tem a capacidade de abordar os próximos 12 anos, ou vai continuar preso aos últimos 12?

*: Registo a escolha de colocar o "acto fundador" desta guerra em 16/3/2003 e não em 11/9/2001.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 15.11.2015 às 11:26

É o esperado ódio Marxista ao Ocidente.

O Socialismo Árabe ruiu estrondosamente, mais um Socialismo que falha deixando um rastro de violência, incultura e nem sinais de algum "Homem Novo", mas sim de um Homem ainda mais violento.

E vai-se buscar algo generoso que tentou remar contra a maré do desastre do Socialismo Árabe. Tal como se fez a seguir ao desastre do Socialismo Jugoslavo, outro falhanço ruinoso onde tudo é colado com o cuspo da violência e opressão do Estado Comunista.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 15.11.2015 às 11:57

Tiago
Embora não concordando totalmente com a tua posição, tenho que reconhecer que estão nelas verdades que deveriam ser pensadas. Sobretudo, no sentido de reconhecer erros passados e encontrar caminhos comuns para algo que pode acontecer, um dia, à porta de qualquer de nós!
Imagem de perfil

De cristof a 15.11.2015 às 19:06

Acho que a sua visão das coisas é inovadora aqui no DO e portanto uma mais valia. Venham de lá mais (o pedido é também porque concordo, ou seja interesseiro)
Sem imagem de perfil

De T a 15.11.2015 às 19:18

"Hoje devemos recordar o momento fundador desta guerra: a Cimeira das Lajes. O dia em que três líderes medíocres e extremistas de potencias mundiais e um serviçal nacional, decidiram começar uma guerra em territórios que não conheciam, que a sua dimensão intelectual e cultural não permitia entender, sob o pretexto da destruição de armas nucleares que sabiam não existir. Tratar da sua responsabilização, é cada vez mais urgente."

Meu, volta para a arquitectura :|

Com que então território desconhecido... muito me contas. É melhor começar pela história... não? Uns livros... umas revistas da especialidade?

Com que então a fundação "desta guerra" foi nas Lajes, peço desculpa, qual das guerras? É que não há só uma na região e nenhuma delas é virgem, isto é, nenhuma delas nasceu do Iraque. Já dizer que reapareceram, com mais força, com o Iraque a coisa pia mais fininho e até dou de barato.

Mas lá está, é uma análise tendenciosa e fraquinha de quem gosta muito de responsabilizar uns Estados e desresponsabilizar os outros, coitados, são umas crianças imberbes neste mundo, de mãos atadas nada fazem, nem nada fizeram. No fundo, vxa comporta-se com os comentadores televisivos do futebol, vê 3 clubes e o resto é paisagem.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D