Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Frases de 2014 (36)

por Pedro Correia, em 26.12.14

«Se todos os regimes políticos anteriores tiveram um fim, este vos garanto que tem fim também.»

Rui Rio

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Ximbalino a 26.12.2014 às 16:24

Então aí pelo Poarto é um fim à bista.

http://expresso.sapo.pt/rui-moreira-demarca-se-de-rui-rio=f899575
Sem imagem de perfil

De Vento a 26.12.2014 às 17:01

Há um certo fatalismo na forma como encaramos a vida e suas transformações.

"Na natureza nada se cria e nada se perde, tudo se transforma". A lei de Lavoisier aplica-se também aos regimes.

Parece-me que não nos apercebemos da grandeza das transformações que estão para ocorrer, e que se iniciaram precisamente com o fim de um ciclo em que as massas eram controladas e/ou direccionadas para estruturar seus comportamentos por uma espécie de mimetismo.
Entretanto, com o fim do referido ciclo, entramos numa era em que a informação começou a ser em quantidade tal que as massas, elites e não elites, reagem quase que de forma paloviana.
Significa isto que este excesso de informação desestabiliza a mente, porque carece de julgamento e discernimento.

Para se poder viver e sobreviver é necessário ter uma razão para viver. É no meio de todas estas transformações, e por ausência da reflexão, que nos daremos conta que há um fundamento perdido, melhor, esquecido. Este fundamento é exactamente o mesmo que os alicerces de uma habitação, não se vêem mas seguram-na e tornam-na sólida. É simples reconhecer este alicerce: leva por nome ética.

Não necessitamos compreender e conhecer Aristóteles para aplicar a ética, para distinguir o que devemos ou não fazer para superar as desigualdades e contrariar as tendências que criam uma massa de esquecidos, para contrariar a institucionalização da pobreza e a exploração que desta se faz.
Esta ética, ainda que esquecida, já habita o Homem. É também conhecida por "regra de ouro"; e está traduzida nas mais diversas constituições que deviam reger e equilibrar as relações de um povo e entre os povos. Foi inicialmente escrita numa pedra ou tábua: "Ama o próximo como a ti mesmo", isto é, "não faças aos outros o que não queres que te façam".
Sem imagem de perfil

De Vento a 26.12.2014 às 17:29

Por favor, onde se lê "paloviana" leia-se pavloviana.
Sem imagem de perfil

De Reaça a 26.12.2014 às 17:14

Quem condena este regime é o madeirense Jardim.
O mesmo que dizer, "chama-lhe puta, filha, antes que te chamem a ti"
Sem imagem de perfil

De Marquês Barão a 26.12.2014 às 18:52

E os que fazem os regimes também não ficam cá. Garantido.
Sem imagem de perfil

De É Assim Mesmo a 26.12.2014 às 21:45

Já o outro lá dizia que a democracia é o pior dos regimes.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 26.12.2014 às 23:00

Rui Rio demonstra bem como é estruturalmente Fascista. Tudo no Estado. Nada fora do Estado.
Sem imagem de perfil

De João a 27.12.2014 às 18:02

Tudo na vida tem um princípio e um fim e até ele terá o seu fim ou será que se julga eterno? Ele, é mais um que tem a mania que sabe tudo e tem a razão toda! Este, é outro que Deus nos guarde se for parar ao poder......... Ele é: eu quero, posso e mando.
Sem imagem de perfil

De JSP a 27.12.2014 às 20:27

Um émulo de La Palisse...

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D