Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Em dia de reflexão

por Pedro Correia, em 24.05.14

 

Reflexões europeístas revisitadas:

 

1. A construção europeia é o único projecto de raiz utópica que trouxe prosperidade aos povos que dele beneficiaram enquanto lhes ampliava em simultâneo as fronteiras da liberdade no século XX, o mais sangrento e devastador de que há registo.

 

2. Um dos problemas da História é este mesmo: pode repetir-se a qualquer momento. Sobretudo quando as lições que nos vai deixando persistem em não ser escutadas.

 

3. Inflamar os nacionalismos é acender um rastilho de proporções impensáveis.

 

4. Não podemos fechar as fronteiras nem travar a torrente globalizadora.

 

5. O espaço europeu é inseparável da democracia política.

 

6. A União Europeia deve ampliar-se para lá do perímetro do continente europeu? E até onde?

 

7. A União Europeia pode ser construída sem europeus?

 

8. Ou haverá estado social dentro da Europa ou não haverá estado social de todo.

 

9. Em 1980 havia no espaço europeu mais 36 milhões de crianças do que reformados, hoje existem mais seis milhões de reformados do que crianças.

 

10. Em todas as etapas da construção europeia, nas últimas três décadas, os decisores políticos colocaram sempre os portugueses perante factos consumados.

 

11. É com a Europa que sairemos da crise - jamais contra a Europa.

 

12. A Europa hoje novamente desunida necessita de uma verdadeira refundação.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Faria a 24.05.2014 às 14:42

Neste dia em que pelo menos determinadas opiniões políticas ao serem expressas pode ser penalizadas, dando lugar ao delito de opinião e nesse domínio a Constituição de Portugal está suspensa, eis algumas boas reflexões alternativas...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.05.2014 às 18:16

Grato pelas suas palavras, Carlos. Uma vez mais. Delito de opinião, por cá, só mesmo no nome do blogue. Diga o anacrónico legislador o que disser.
Imagem de perfil

De Rui Herbon a 24.05.2014 às 16:58

Grande série, Pedro. Pensar a Europa: era o que se esperava da campanha. E não cerejas e carapaus.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.05.2014 às 18:18

Obrigado, Rui. Quanto mais a Europa está presente no nosso quotidiano e é chave do nosso destino colectivo, mais se apaga do discurso político dominante. Algo irónico num país que há três anos escuta os vaticínios mais catastrofistas sobre o futuro europeu.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D