Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E agora?

por Helena Sacadura Cabral, em 22.06.17
Terminaram os três dias de luto e o minuto de silêncio. Amanhã ou depois, os fogos terão eventualmente terminado. E ficará apenas a gente indispensável ao rescaldo dos mesmos. As televisões irão progressivamente voltando ao futebol e aos debates de arredonda mês. Por mais dois ou três dias ainda se citará o desastre.
Depois cada uma daquelas povoações ficará submergida num silêncio pesado, trágico, ensurdecedor. Os presidentes das câmaras virão a Lisboa tentar que se não esqueçam deles.
E no que resta de cada aldeia, algumas pessoas ficarão silenciosas à espera de que se lembrem delas. Outras irão, finalmente, cair em si e no drama de terem perdido tudo. Ficarão tristes e sem forças para reagir. Outras, ainda, irão para as Igrejas que restam, rezar ao Senhor.
E pouco mais se saberá desse pequeno mundo que, durante semana e meia, esteve sob os holofotes. Em compensação as "cabecinhas pensadoras", a elite que nos dirige, enfim, os especialistas, dedicar-se-ão a pensar o problema até ao próximo mês de Junho de 2018, porque há autárquicas e é preciso fechá-los num gabinete e calar o assunto.
E agora? Agora, é isto que se vai passar...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Sem imagem de perfil

De V. a 23.06.2017 às 00:00

Lapidar.
Sem imagem de perfil

De Einsturzende neubauten a 23.06.2017 às 00:48

Não sei, não! Se não tivessem morrido sessenta e tal pessoas assinava por baixo. Mas perante esta tragédia algo mudará. Poderá é ser uma mudança temporária, como aquelas reactivas ao momento.
E as mudanças têm também de ser operadas na cabeça das pessoas, como por exemplo, fazer colectas, não para a festa da terra ,o Santo padroeiro ou o fogo de artifício,mas sim para a limpeza do seu perímetro. E se sobrarem denários então, comemore-se à grande e à romana, com alguidar e tudo.
Sem imagem de perfil

De IsabelPS a 23.06.2017 às 15:22

Também acho. Pode ser só o princípio da mudança, e talvez perca vapor a meio, mas acho que vai haver mudança.
Sem imagem de perfil

De Cusca, a Ovelha Negra a 23.06.2017 às 08:33

Agora?
Vamos continuar a viver no Mundo da decepção deliberada, do engano, da fraude e da desilusão porque as "ovelhas" continuam a preferir o conforto da ignorância, a ter que enfrentar a Realidade, "fora da caixa" e da sua Percepção manipulada.
Quanto à "elite que nos dirige", há muito que não é uma elite "caseira" mas, disso já falei aqui:
http://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/quotas-sim-ou-nao-9327081

"As televisões irão progressivamente voltar ao futebol e aos debates de arredonda mês"
É precisamente por isso que, há muito tempo, deixei de ver televisão porque depois de "acordar", nunca mais se consegue ver tanto "nada" e, passada a fase da revolta e indignação, passei a sofrer de sintomas físicos bem reais, ao ponto de me causar agonia ver tanta hipocrisia e manipulação.
Será que alguém se lembra quando a Dívida em relação ao PIB estava nos 124%... 130% ? Pois agora sobe Diariamente e já vai nos 137,81% mas, quem saberá as verdadeiras consequências, para além de se dever mais?

A grande maioria não sabe que, muito convenientemente, depois de terem acabado com o padrão ouro, o 1% passou a ter o poder de fabricar dinheiro do ar, coisa que os Países nunca puderam fazer porque, para imprimir dinheiro, tinham que ter no respectivo Banco Central o equivalente em ouro. Portanto, não é de estranhar que o Mundo esteja todo mergulhado em Dívidas, nem país que vá conseguir escapar (uns mais depressa ou mais devagarinho, está no "Programa" do 1%) e, nem estão preocupados com o pagamento de algo que não lhes custa nada, basta teclar uns números no teclado mas que lhes dará o Poder Total para exigir todo o tipo de "Reformas" tomando posse da Soberania dos países e o Control Total das nossas vidas.

Quando lhes apetecer, fecham a "torneira" e, finalmente, terão o que sempre quiseram e, com a ajuda da tecnologia, criarão dinheiro totalmente virtual e o tal, já muito falado, Rendimento Básico Universal que as "ovelhas", há muito tempo "educadas" em "almoços grátis" e de que "tudo cai do céu", vão aceitar sem ver a última ratoeira porque, com tanta Dívida, será fácil o aparecimento de um imposto escondido chamado inflação e, aquilo que parecerá uma benesse será a forma final de Controlo Absoluto.
Querem receber?
Metem chip, comem ou injectam os venenos que o 1% quiser, através das 6 Corporações que já controlam quase tudo. Só lhes falta o Quase...
Reclamar a perda de direitos? Quem ousará reclamar alguma coisa quando "alguém", algures, tiver "a faca e o queijo na mão" ?
Presentemente, já estão a cortar as verbas de publicidade, a sites e vídeos do YouTube que não sigam o "Programa", ora podem dar todas as razões que lhes apetecer porque, não poder dizer o que se pensa, sempre foi e sempre será, uma forma de Censura.

Que tipo de "gente" é esse 1%? Quais os seus "gostos"?
https://www.youtube.com/watch?v=VTm_6nUCKKE
Weird Ways of the Elite Documentary (2017)

Para que tipo de Mundo nos estão a levar?
https://www.youtube.com/watch?v=KxTRFhcQVPw
MUST HEAR TRUTH: A MATRIX OF DEVIANCE -- Gonz Shimura

https://www.youtube.com/watch?v=zecuuBjoQKY&t=93s
Why We Are Seeing So Much Chaos in the World

https://www.youtube.com/watch?v=lo5Tpbnn6As
Food Evolution movie nothing but chemical industry PROPAGANDA to poison our food

Doenças, incluindo cancerígenas não aumentam por acaso, está tudo no "Programa" ou pensam que "os dos triliões" fazem Tudo para o Nosso Bem?
Em português:
https://www.youtube.com/watch?v=uhCqU8S5R8I
Chemtrails Portugal 2016

Continuem a ver o Mundo como "equipas de futebol", bem divididos, a pôr de lado aquilo com que todos nascemos, Consciência Moral e Livre Arbítrio porque, desta vez, não vão ser só mais visitas do FMI, quando chegar a altura de fechar o "curral", com a ajudinha da tecnologia, bem podem berrar, abanar cartazes, fazer greve ou balir, tanto lhes faz como fez mas, uma coisa é certa, não vai faltar futebol, nem as tradicionais conversas de chacha, de "cheerleaders", instalados, vendidos e toda a espécie de "gente boa" que, paulatinamente, nos tem vendido "às postas" e, sempre com lucro... pessoal, seja financeiro ou em forma de "tacho", de preferência "não fabricado em Portugal" e, aqui, dá direito a uma frase de Albert Einstein:
"Insanidade: fazer o mesmo repetidamente e esperar resultados diferentes"
Sem imagem de perfil

De Filipa a 23.06.2017 às 08:42

Porque não fazermos nós com quw não sejam esquecidas estas aldeias, as vitimas, a nossa floresta, o nosso país, que os iluminados de S.Bento teimam em esquecer e estragar??
São nossos compatriotas que não devemos deixar à sua sorte....
É muito bom que se escreva, que se opine mas não chega. Talvez esteja na altura de acordarmos TODOS desta letargia onde nos deixámos ficar.Quem diria que já conquistámos meio mundo!?!?!!!
Fica a ideia.....porque não aproveita o seu blog para organizar uma manifestação ordeira, pacifica mas firme e convicta que mostre a S. Bento que Potugal merece melhor?
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 23.06.2017 às 10:45

Se a Filipa começar eu dou-lhe uma ajuda!
Sem imagem de perfil

De V. a 23.06.2017 às 19:09

Venham viver para a serra. Só isso pode trazer mudança.
Sem imagem de perfil

De Nebauten a 24.06.2017 às 00:56

Walpurgisnacht?
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 23.06.2017 às 12:19

"Debates de arredonda mês" - brilhante.
Sem imagem de perfil

De M. L. a 24.06.2017 às 10:22

Sem dúvida.
Há muito que me despedi "deles". Uns enfastiavam-me e outros agrediam- me .
Sem imagem de perfil

De Vento a 23.06.2017 às 13:36

Sabe, Helena, os nossos pensadores são umas abéculas. Há muto que deviam ter sido colocados sensores de temperatura no solo das florestas para que se saiba o "ponto" em que se dá a ignição espontânea e simultaneamente seja emitido um sinal rádio para as diferentes centrais de bombeiros e protecção civil.
Com estes sensores distribuídos por pontos estratégicos, logo que a temperatura começasse a aproximar do ponto de ignição, e até mesmo revelasse uma área de temperatura mais elevada, que seria indicação de início de incêndio, seriam enviadas viaturas tanques para humidificar os terrenos. Isto devia ser feito preventivamente por todas as corporações de bombeiros e também com a ajuda das forças militares, com os batalhões de engenharia. Também preventivamente deviam ser usados os aviões para largar água sobre locais das florestas em risco de incêndio.

A floresta é como um jardim, não se rega o jardim quando as plantas e flores estão mortas. É previamente que se alimenta o jardim.
Também podem criar pontos de recolha de águas das chuvas para serem usadas nestes períodos.
Sem imagem de perfil

De Nebauten a 24.06.2017 às 00:58

Cá para mim era alcatifar a mata toda. Ou por -lhe calçada portuguesa
Sem imagem de perfil

De s o s a 23.06.2017 às 23:27

Se posso concluir do que li, diz que é sempre a mesma coisa, e portanto tudo está dito, pois das vezes/anos anteriores, ainda assim escreveu, o que me causa estranheza.
E se nada acrescenta, se nada os leitores possam exibir como novo , atira-se aos politicos.

vou colocar-lhe uma questao : as casas ardidas, agora, antes, e as que arderao nos anos futuros, o mato e pinheiros que as envolve até á porta de entrada de casa, esse mato e pinheiros sao propriedade dos politicos de lisboa (sim, no seu texto nao diz expressamente lisboa ) ?

cpt
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 23.06.2017 às 23:47

E eu coloco-lhe outra questão. Para que é que elegemos os políticos? Para não fazerem nada? Para fazerem lutos e silêncios nacionais?
Se são eles que governam e nomeiam a hierarquia das responsabilidades a quem é que quer que se peçam contas? a si? a mim?
Sem imagem de perfil

De s o s a 24.06.2017 às 09:44

Carissima Senhora.

A sua coragem, é a mesma de cada um de nos, e a nossa coragem é a propria de quem nao tem que tomar decisoes contra os mais. Sabe perfeitissimamente, e ainda mais que eu, que toda esta problematica começa e se esgota na propriedade privada (inviolável ) . As vezes, a uns quantos, muitos ou poucos, nao interessa, se com razao tambem nao interessa pois depende da vista de cada um, em diferentes tempos, querem que o presidente demita o governo eleito. Para alem da questao que os politicos sao o povo, havera muitos eleitos que ate se envergonham de tantos dos eleitores, no caso e como aqueles que se rodeiam , a sua habitaçao, de vegetaçao. Ou seja, por que raio tem de ser os politicos a obrigar a gentinha a limpar a sua propria porta, e sobretudo, nao ameaçar a porta do vizinho ?!

E, falar na gentinha daria imenso pano para mangas...
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 24.06.2017 às 18:35

Caro SOS
Nunca me ouviu falar de coragem pessoal. Tenho a que tenho e a poucos interessará, além de mim. Nem nunca me ouviu utilizar a palavra "gentinha" de modo manifestamente depreciativo.
Assumo as minhas responsabilidades como cidadã, nunca aceitei convites para fazer politica,vivo do meu trabalho. Oiço quem sabe mais do que eu, porque entendo ser essa a minha obrigação.
Mas se me pedem que vote, se me apresentam programas e promessas que não cumprem, é natural que tente manifestar-me. Faço-o usando a palavra, como o caro comentador também faz.
Então porque não hei-de pedir contas a quem as tiver que prestar? Porque não tenho uma segunda casa? Porque não tenho terrenos ao abandono? Porque me não morreram familiares em Pedrogão?!
Se os políticos não conseguem fazer cumprir as leis que eles próprios elaboraram de quem é a culpa?!
Sem imagem de perfil

De s o s a 24.06.2017 às 23:50

Clarifico que usei o termo coragem , sem nenhuma intençao pessoal. E calhou com a Helena, como calharia com outrem. O que escrevi, e sinto, é que para nós cidadaos é facil a critica.

Nao quero chuver no molhado, e a Helena continuará a pedir contas a quem achar.

Cpt
Sem imagem de perfil

De s o s a 24.06.2017 às 10:10

permita-me acrescentar esta curiosidade.

neste momento o sapo tem em evidencia as melhores praias do norte de portugal, atraves do que alcancei a cidade europeia que mais chove de verao : bergen, noruega.

Outra realidade, mas vejam uma foto que mostra a encosta , as vivendas entre arvores, arvores umas verdes, outras secas.

Cada leitor ficará no que lhe parece, sendo que nas arvores secas nao existe evidencia imediata de incendio, ao menos recente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.06.2017 às 23:31

e já agora, marginal ao seu post, mas sobre o assunto, de todo o modo pode nao publicar esta minha intervençao, repito aqui o que agora tambem escrevi noutro espaço :

inclusive vi uma cronologia da renascença, mas relativamente ao que pretendia, estou na mesma.
com tanta informaçao continuo sem saber se os primeiros mortos anunciados, foi na estrada em que afinal foram encontrados mais dezenas. Que horas eram, por quem foram encontrados ? Se foi no tal troço de estrada, porque nao descobriram os mais ?
A primeira vista parecem pormenores, mas lembro que o senhor PR dizia que tudo tinha sido feito, pelo que preciso saber se estes mais mortos ja estavam mortos, descobertos, ou se morreram depois do PR dizer que estava tudo bem.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 23.06.2017 às 23:49

Eu também. Pelos vistos só o PR e o PM é que "sabiam que se tinha feito tudo o que era possível". Que tudo e quando esperamos saber...

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D