Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Deve ser o marketing, estúpido

por João Campos, em 11.05.14

A foto, em si, causou uma risota e uma polémica que me passou um pouco ao lado. Mas um dia espero perceber por que motivo um "museu interactivo e parque temático" dedicado aos Descobrimentos Portugueses recebeu o mui português nome de "World of Discoveries". 

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 11.05.2014 às 18:55

Ora aí está uma pergunta a que eu também gostava de ter a resposta...
Imagem de perfil

De João Campos a 11.05.2014 às 20:13

É daquelas coisas que faz muito sentido, não é?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 11.05.2014 às 19:03

Não sabia disso, João. Só me apetece comentar no mesmo idioma: "Holy shit"
Imagem de perfil

De João Campos a 11.05.2014 às 20:14

Mesmo. Que patetice.
Sem imagem de perfil

De Nada De Mais a 11.05.2014 às 19:21

É pela mesma razão que em pleno Terreiro do Paço existe, do Costa, o Lisboa Story Centre.
Imagem de perfil

De João Campos a 11.05.2014 às 20:16

Se a coisa foi imaginada pelo Costa, então 'tá tudo explicado. E com um "Lisboa Story Centre" (vá lá não ser "Lisbon") nas margens do Tejo e um "World of Discoveries" nas margens do Douro, ficamos com a certeza absoluta - se ainda houvesse dúvidas - de que o provincianismo nacional está bem distribuído pelo território.
Sem imagem de perfil

De A prova? Faz-se já! a 11.05.2014 às 19:24

http://www.lisboastorycentre.pt/
Imagem de perfil

De João Campos a 11.05.2014 às 20:50

Heh. Está tudo doido, é o que é.
Sem imagem de perfil

De Mas Há Mais a 11.05.2014 às 22:06

http://www.restaurantweek.pt/
Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 11.05.2014 às 19:27

Caro João Campos,

Se tirar a vírgula ao título do seu post, tem a resposta! ;)
Imagem de perfil

De João Campos a 11.05.2014 às 20:51

É o mais certo, sim!
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 11.05.2014 às 21:21

Um parque para português ver, não é nem chamativo nem rentável a médio prazo. Há seguramente uma app para fazer esse tipo de cálculos, e os imageneers das imagens de marca fizeram o resto.
Nem compreendo o espanto, há vários anos que, ridiculamente , quase se fala só inglês no Algarve, porque é que no Norte teria de ser diferente, carago ?!?!
Porque é que o Badoca Safari Park não se chama Parque de Expedições Selvagens do Badoca... E o Zoomarine ?

Imagem de perfil

De João Campos a 12.05.2014 às 04:43

Há uma diferença que me parece evidente: o tema.

Que um parque como o Badoca, o propósito de simular um safari - algo que não se faz tradicionalmente por cá - e a mostrar vida selvagem que não é autóctone tenha um nome estrangeiro, enfim, é algo ridículo, mas não entra em contradições de maior. Idem para o Zoomarine, que não proporcionando safaris também tem muita fauna de outras paragens, e não me refiro apenas aos visitantes. Mas os Descobrimentos são algo diferente: são o período dourado da nossa História, a época de glória de Portugal enquanto nação soberana, independente e com poder global. São uma fonte de orgulho patriótico, se quisermos ir por aí. Dar a um museu/parque sobre essa época um nome estrangeiro torna-se mais ridículo porque contradiz em toda a linha os símbolos que evoca.

Quanto a isso de no Algarve quase só se falar inglês... é mais mito que outra coisa (até porque o Algarve é muito mais do que a linha de costa entre Lagos e Faro. Mas isto é opinião de um alentejano que não frequenta a zona "chique" do Algarve).
Sem imagem de perfil

De Maria Dulce Fernandes a 12.05.2014 às 10:31

Viva João
Eu não tentei desculpar a coisa, porque como tantas enormidades que por cá há, a acho descabida e penso mesmo que o português como língua foi completamente vendido a custo zero aos estrangeirismos e ao acordo ortográfico.
Não me espanta nada que vendamos também a temática do período áureo nacional com nome de atracção turística ao melhor estilo de Hollywood.
Quanto ao Algarve que frequento desde que me lembro, o mito urbano tornou-se real em muitos locais menos "chiques", kms acima da linha de costa.
Boa semana !
Imagem de perfil

De João Campos a 12.05.2014 às 14:08

Infelizmente, a Dulce tem razão quando diz que o português como língua foi vendido a custo zero. Uma liquidação completa. Por isso, sim, não espanta que tenhamos um "World of Discoveries" e não um "Mundo dos Descobrimentos", ou algo do género. Mas continua a ser triste, incoerente e absolutamente imbecil da parte nos nossos "empreendedores".

(e olhe que eu nada tenho contra os estrangeirismos, desde que utilizados de forma adequada).

Quanto a isso do Algarve, bom, nunca tive a experiência, seja em Monchique ou em Tavira. Mas acredito no que me diz.

Boa semana, e obrigado pela conversa!
Sem imagem de perfil

De da Maia a 11.05.2014 às 22:17

Assim, chique, chiquérrimo,
é escrever "centre", à inglesa, mas depois escrever "interativo", à brasileira.

Sei lá, é todo um vómito concentrado em poucas palavras.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D