Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




decoro

por Sérgio de Almeida Correia, em 24.09.16

Valladolid_Rodin_expo_2008_Pensador_03_ni.JPG

"decoro (ô), s.m. respeito de si mesmo e dos outros; decência; compostura; dignidade; honestidade; vergonha; pundonor; nobreza. (Do lat. decôru-, "que convém")." - Dicionário da Língua Portuguesa, Porto Editora, 6.ª edição

 

Mas será que é preciso ser arguido, acusado e condenado com trânsito em julgado para ter decoro? E vergonha? E senso? É cada vez mais evidente em cada dia que passa que não há um, dois ou três Partidos Socialistas, mas sim quatro. Há o de José Sócrates, há o dos amigos de José Sócrates, que se confunde com o primeiro em função das ocasiões, há o de António Costa e do Governo, que corre atrás das metas do défice e se esforça por cumprir compromissos com toda a gente e mais alguma, e depois há o dos portugueses que se revêem no PS e que não sabem em que PS hão-de confiar.

Oxalá esteja enganado, mas neste momento, se forem todos como eu, quer-me parecer que em nenhum deles. O pior é que nos outros também não se pode confiar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.09.2016 às 10:24

Prefiro pegar na coisa pelo lado positivo:
- são os políticos e as políticas, que temos e que merecemos, no seu melhor!
E, agora, expliquem-me como se eu fosse muito burro:
- se quarenta e tal anos de eleições nos trouxeram aqui, o que vos leva a acreditar que votar vale a pena?!
Se não me explicarem direitinho, então merecem, mais que ninguém, estes políticos.
Desde já, muito obrigado!

João de Brito
Sem imagem de perfil

De Manuela a 24.09.2016 às 11:50

Gostei; é claro que não está enganado.
O título do seu post e as notas abaixo do soberbo "Pensador" de A. Rodin englobam tudo o que pensamos deste "pessoal" .
Os nossos políticos, salvo pouquíssimas excepções, visam unicamente a sua sobrevivência e o seu protagonismo, veja-se o caso de J. Sócrates que não desarma, e é por essas e por outras que a abstenção se situa nuns preocupantes 48%.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 24.09.2016 às 17:32

Quem é que é "acusado e condenado com trânsito em julgado"? Sócrates não é...
Sem imagem de perfil

De Vento a 24.09.2016 às 22:08

Acontece que, nesta matéria, vivemos um momento de opções.
Creio que o caminho deve fazer-se caminhando e a cada dia o seu trabalho. É preciso estar para mudar.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 25.09.2016 às 02:19

"...há o de António Costa e do Governo, que corre atrás das metas do défice e se esforça por cumprir compromissos..."

É preciso estar a gozar. Como comprimisso sobre os impostos dos combustíveis?


Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D