Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




De blogue em blogue

por Pedro Correia, em 29.02.16

 

O Insurgente de parabéns a dobrar. Pelos 11 anos de dinâmica existência e pelo novo grafismo, prenda de aniversário oferecida aos leitores pelos responsáveis deste que é provavelmente o mais influente blogue político português.

 

Parabéns também ao Blasfémias, um dos blogues cuja leitura diária não dispenso. Já lá vão 12 anos (ou apenas três, se respeitarmos o calendário bissexto). Que contem muitos mais. E sempre em boa forma.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


3 comentários

Sem imagem de perfil

De M. S. a 29.02.2016 às 20:51

Caro Pedro:
Sabe quais são as principais diferenças entre os dois blogues que refere e o Delito?
A mim, iconoclasta político que não se coíbe de dizer o que pensa, fui censurado várias vezes nos dois.
O primeiro, apesar do fanatismo ideológico-económico que o enforma, ainda traz posts com substância e fundamento.
O segundo é um puro espaço de guerrilha ideológica, de ofensa «ad hominem» e de luta político-partidária, não menos fanático do que o primeiro do ponto de vista ideológico.
A caixa de comentários não passa de uma cloaca, ainda pior do que o caneiro de Alcântara.
Desisti completamente daquilo.
Aqui no Delito, apesar de muita gente não gostar do que comento, nunca me censuraram nem sequer me repreenderam (os posteiros).
E os comentadores aguentam o que digo sem insultos.
É uma grande diferença: e que diferença.
É a diferença entre quem é capaz de viver em democracia, com a tolerância que sustenta um sistema democrático, e outra que, se pudesse, varreria os «inimigos» da face da terra em nome de verdades de natureza transcendental.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 29.02.2016 às 22:58

Demonstre que um post seu foi ilegitimamente censurado no Blasfémias.

"É a diferença entre quem é capaz de viver em democracia, com a tolerância que sustenta um sistema democrático, e outra que, se pudesse, varreria os «inimigos» da face da terra em nome de verdades de natureza transcendental."

Sim é isso mesmo, para o seu lado, é você que quer obrigar quem não o é a ser Socialista.
A Esquerda só teve raras janelas de abertura à liberdade foi com as comunas independentes e com os kibbutz.
Eu por mim não me importo que você seja socialista, mas seja-o com quem concorda consigo não obrigue quem não concorda.
Sem imagem de perfil

De inda a 01.03.2016 às 15:42

O grafis que se f. Não se consegur colocar um comentário

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D