Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Com amigos assim…

por Luís Menezes Leitão, em 18.09.17

 

Costuma dizer-se que a vingança é um prato que se come frio. Neste caso está a ser servido gelado. Sócrates tem há muito tempo velhas contas a ajustar com o PS de António Costa, que lhe tirou completamente o tapete e o deixou sozinho e ignorado. Por isso Sócrates aparece agora a "apoiar" Medina, desde há muito o delfim de Costa, pretendendo misturar na opinião pública o seu caso com o dele, em plena campanha eleitoral. Imagine-se isto como slogan de campanha: "Sócrates e Medina, a mesma luta". Com amigos assim…

Autoria e outros dados (tags, etc)


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 18.09.2017 às 12:33

Um homem desesperado!
Sem imagem de perfil

De V. a 18.09.2017 às 17:46

Não estão melhores as estantes da Interforma que vergam sob o peso da matéria escura que as circunda.
Sem imagem de perfil

De Jorg a 18.09.2017 às 12:34

Estão bem uns para os outros. Os Lisboetas são tratados com os critérios de amostragem de "Focus Groups" - aqueles que podem fazer negócios como o proto-alcaide, "boy" do xuxa Costa e os que se deixam convencer que tais negócios se acedem comummente por intermédio de anúncios de "Imobiliárias". Ficam de fora os da "reacção" mas esses não interessam - Lx tem suficiente funcionariado, quer de facto, quer muito" d'alma", para se poder geringonçar em vez de governar. Venha a "Maddona" para vizinha, pegando pois ao colo estas trupe de imberbes...
Sem imagem de perfil

De Vitor Aires a 18.09.2017 às 14:28

Gostei da calma e da entoação!
Tem futuro para na carreira de dar voz a audiobooks.
Sem imagem de perfil

De V. a 18.09.2017 às 17:47

Só se for as Obras Completas de Calimero.
Sem imagem de perfil

De SemioZeus a 18.09.2017 às 16:16

Este, nem tem muito que se queixar de Costa ou já se esqueceram como Costa "espetou a faca nas costas" ao camarada Seguro, por ter ganho por "poucochinho" e, como resolveu, tão bem, o seu próprio "poucochinho".
São todos uns "anjos", se tirassem a camisa, até conseguíamos ver as asas...
Quanto ao delfim de Costa, o Medina que quer ser eleito, tão facilmente como foi eleito por Costa, se ele gosta do imposto ilegal, pois eu não gosto.

Aliás, basta ver como estão todos "muito preocupados" com o bem dos portugueses ou será, como se tem visto, nesta categoria do topo, andarem na competição pelos lugares, melhores e ainda disponíveis, num tal de Governo Global?
Por falar nisso, os "fabricantes do dinheiro", parecem já estar a preparar "A New World Monetary System" portanto, tudo o resto, é teatro para as massas e, quando digo Tudo, é mesmo Tudo.

Até os Lobos estabelecem, entre si, uma ordem, aguardando a sua vez de se alimentar, nada que se compare a animais racionais que se atiram à carcaça, rosnando uns aos outros e, para que fique escrito, desta vez, nem os nossos ossos vão escapar.

Escusado será comentar este meu comentário, basta não o esquecer e o tempo o comprovará e, nem vão ter que esperar muito, só falta acabar de afundar o dólar, "dar um remate" no Brexit, conseguir domar República Checa, Hungria e Polónia, obrigando-os a aceitar mais uns milhares de migrantes para, com essa despesa, ajudar a aumentar as suas Dívidas (nem todos se podem "dar ao luxo" de ter "a 4ª maior Dívida do Mundo" (palavras de Centeno)), tudo bem temperado com mais umas "false flags", onde, uns ataques terroristas até ajudam à desculpa de pôr mais uns militares na rua para "garantir" segurança e as nossas liberdades cívicas e, com tanto "tempero", até vamos engolir o resto do Programa.
Se Merkel vencer as eleições até vai ser rápido e, pelo processo como é eleita, nem duvido.

"Every four years, after national elections and the convocation of the newly elected members of the Bundestag ("Federal Diet", the lower house of the German Federal Parliament), the Federal Chancellor is elected by a majority of the members of the Bundestag upon the proposal of the President"

Os "members of the Bundestag" elegem um "Chancellor", quando mais de uma vez, obteve maioria relativa, não absoluta e, mesmo assim, foi eleita.
Deve estar garantida ou pensam que dizer ir fazer tudo o que estiver ao seu alcance para reverter o Brexit, foi dito para agradar a Quem?
Ao povo que não lhe deu maioria?

Merkel, com a ajuda de Macron, antigo funcionário do Rothschild & Cie Banque que diz ir governar como Júpiter, Deus Romano, os plebeus europeus estão "garantidos". M & M, só falta gravar em pedra, sem esquecer de pôr um coraçãozinho à volta lol
Segundo a Lei alemã sabem quantas vezes se pode ser "Chancellor"?
Até faz inveja a muitos pois, neste caso, Não há Limite. Merkel, no próximo mês de Novembro, salvo erro, vai completar 12 anos e houve quem estivesse 14 e 16 anos. Por aqui, podemos estar "descansados" como, também, aqueles que não querem mais "contratempos" no Programa.

http://www.breitbart.com/london/2017/07/04/macron-announces-govern-like-jupiter-roman-king-gods/

Quanto a eleições e orçamento português, estamos na época de poderem prometer tudo mas, desta vez, “à lá Gardere” porque, com o Banco privado BCE, programado para "fechar a torneira" este ano, só ainda não fechou por causa das "pontas soltas", estes, sabem muito bem que, o próximo que vier é para "fechar a porta"... e "entregar as chaves". A urgência de somar "poucochinhos" tinha a suas razões, apenas, um não "desperdiçar" dos últimos "cartuchos".
Sem imagem de perfil

De V. a 18.09.2017 às 17:42

Colocou ali atrás uns livros em Francês para dar a impressão de que anda a debulhar a filologia macaca do Estado. Mas tudo o que ele sabe e precisa vem no Borda D'água: mais batatas só para o ano, pá. Um abraço cá de TosM.
Sem imagem de perfil

De Cristina M. a 18.09.2017 às 18:58

parecem-me em sintonia.
o sr. Medina até vai cumprimentar ao hotel quem visita a "sua" casa, portanto...
Sem imagem de perfil

De João Marques a 19.09.2017 às 10:44

Deveria ser crime público colocar um microfone perto desse senhor.
Sem imagem de perfil

De JSC a 19.09.2017 às 10:49

O cenário mais provável vai ser Assunção Cristas a ficar em segundo e depois fazer coligação com a Teresa Leal Coelho, impedindo a governação de Medina.

Surgiram já as primeiras questões do facto de Medina ser Portista de gema e vai aparecer em força esse tipo de campanha na última semana, segundo se consta por aí, além do facto do trabalho desenvolvido por Medina ter sido no geral fraco, vão contribuir para este desfecho.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D