Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




As melhores praias portuguesas (138)

por Pedro Correia, em 31.10.16

baía s. lourenço, st maria.jpg

 

São Lourenço (Santa Maria, Açores)

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Faria a 31.10.2016 às 19:47

Linda de facto... e águas puras numa envolvente calma, um paraíso de facto na ilha de Santa Maria.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 31.10.2016 às 20:24

Um pequeno paraíso, sim. Que todos os portugueses deviam conhecer.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 01.11.2016 às 15:14

Nem todos os portugueses têm, infelizmente, as disponibilidades de tempo e dinheiro de que o Pedro Correia usufrui.
Entretanto, posso dizer ao Pedro Correia que, com tantas disponibilidades, é bem menos aceitável que ele não conheça as Flores, que é (dizem os entendidos) a mais bonita das ilhas dos Açores (eu não conheço duas das ilhas, por isso não posso confirmar, mas das que conheço é verdade).
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.11.2016 às 17:07

Como é que o dinheiro é factor impeditivo para conhecer os Açores? Nunca foi tão barato visitar o arquipélago desde que há cerca de ano e meio o Governo liberalizou enfim as rotas aéreas entre o continente e a região aberta, abrindo a exploração dos voos comerciais às transportadoras de baixo custo.
O resultado está à vista: acréscimo de receitas rondando os 30% no primeiro semestre de 2016 face a período homólogo do ano anterior.
http://www.diariodosacores.pt/index.php/destaques/6989-hoteis-dos-acores-ja-registaram-este-ano-661-mil-dormidas-e-turistas-deixaram-27-6-milhoes-de-euros
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 03.11.2016 às 17:33

Acredito que nunca tenha sido tão barato visitar os Açores, mas ainda é demasiado caro para a imensa maior parte dos portugueses. O Pedro Correia certamente sabe bem que o salário médio em Portugal é de 800 euros mensais. Uma boa parte dos meus familiares pura e simplesmente não tem dinheiro para passar férias num hotel.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.11.2016 às 17:58

O fim do duopólio TAP-SATA, mantido artificialmente durante décadas para beneficiar estas empresas públicas à custa da bolsa do cidadão comum, permitiu enfim abrir os Açores ao turismo - começando pelo turismo nacional.
De Janeiro a Junho, registaram-se cerca de 300 mil dormidas no arquipélago de cidadãos residentes no continente, correspondendo a um acréscimo homólogo de 24,5%. Excelente notícia para os açorianos e para os portugueses em geral. É com particular gosto, também por isso, que menciono as praias dos Açores nesta série.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 03.11.2016 às 18:20

Penso que toda a gente está de acordo em que foi bom ter liberalizado os vôos para os Açores. Só é pena, muita pena, que, no seu afã liberalizador, o governo tenha decidido concessionar a gestão de TODOS os aeroportos nacionais a UMA ÚNICA empresa, impedindo uma salutar concorrência entre os diversos aeroportos. Não duvido que, se tal concorrência pudesse existir, os vôos para os Açores seriam ainda mais baratos do que o que são.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D