Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A defesa indefesa

por Pedro Correia, em 02.07.17

Eis o inventário completo do material de guerra roubado em Tancos, publicado hoje no jornal digital El Español.

Perante esta clamorosa falha de segurança que cobre o Estado português de ridículo e já está a ser reportada além-fronteiras, o ministro da Defesa reconhece, com chocante resignação: "Esse material estará agora a tentar entrar no mercado ilícito de tráfico de armas que podem depois servir para os mais diferentes fins."

Ou seja: as armas roubadas em Tancos estarão já nas mãos de traficantes e de terroristas. Enquanto o responsável pela pasta da Defesa, mais indefesa que nunca, se limita a dizer que assume "responsabilidades políticas" sem retirar as consequências que se impõem destas palavras. Está bem acompanhado, pela sua colega da Administração Interna: ambos agarrados ao lugar como se a autoridade do Estado não tivesse sido gravemente atingida em Tancos e Pedrógão, perante a complacente e benévola bênção do primeiro-ministro.

Autoria e outros dados (tags, etc)


18 comentários

Sem imagem de perfil

De rão arques a 02.07.2017 às 21:00

Excelente esforço para pôr a descoberto o que tantos escondem e calam!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.07.2017 às 21:13

É chocante a duplicidade daqueles que noutros tempos clamavam pela demissão de todos os ministros e agora assobiam para o lado, fingindo que nada se passa.
Sem imagem de perfil

De V. a 02.07.2017 às 21:42

Como a oposição é pouco violenta, eles pensam que isto é deles. Eis uma coisa que precisa de mudar.
Sem imagem de perfil

De V. a 02.07.2017 às 21:55

É muito curioso que a lista tenha de ser publicada em Espanha para ser conhecida cá.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 02.07.2017 às 21:27

Uma vergonha!
Na minha opinião, não fossem os resultados económicos, e este governo tinha os dias contados - para mim, acabou - Pedrógão e agora isto. Mau demais!!!

Tendo em conta a possibilidade destas armas caírem em mãos terroristas, ou pior, em termos relativos, podendo ser usadas num ataque doméstico, digam-me se não seria mais do que razão suficiente para haver demissão de parte deste governo, assim como nas estruturas parasitárias das Forças Armadas? - umas anedotas, uns palhaço, que matam recrutas em cursos de operações especiais, e na prática nem um paiol sabem como guardar!! - pelo arsenal roubado só em camiões/viaturas....houve cumplicidade de dentro...e já não é a primeira vez....

Tenham vergonha!!

E o BE também parece alinhar nestas pantominices dos partidos "respeitáveis"! Começam a acostumar-se a fofo da poltrona....sacanas hipócritas....já não lhes pago mais a quota...voto em quem, agora?? V, avance, porra!! chegue-se à frente!!!
Sem imagem de perfil

De V. a 02.07.2017 às 21:48

Nah, eu não jogo com batoteiros. Só se for à porrada.
Sem imagem de perfil

De V. a 02.07.2017 às 21:56

batoteiros = o PS e os seus deputados, bem entendido.
Sem imagem de perfil

De WW a 02.07.2017 às 22:08

Só falta o "afecto" do chefe das Forças Armadas.
Como disse num outro post o Estado está há muito em ruínas.


" Somos um país pequeno, com problemas sérios, e não podemos aderir a frentes débeis, só com o fim de proclamar que - brincamos às democracias. "
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.07.2017 às 22:54

Acho que ainda não perceberam que o Estado é uma coisa sem brilho, que não inspira brio nas pessoas. Continuam a fingir que é uma coisa que funciona, só porque lhes serve a eles, mas não serve a mais ninguém. Pelo contrário, é um peso, um incómodo muito desmotivador.
Sem imagem de perfil

De tric.Lebanon a 02.07.2017 às 23:17

o maior ataque às Forças Armadas Portuguesas...o políticos ainda a espezinharem ainda mais...mau de mais para ser verdade!!!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 03.07.2017 às 09:35

Eis o inventário completo do material de guerra roubado em Tancos, publicado hoje no jornal digital El Español.

Parece que em Espanha os hábitos jornalísticos são tão maus como em Portugal: publica-se tudo independentemente do prejuízo que isso possa causar às investigações.
Sem imagem de perfil

De V. a 03.07.2017 às 12:22

Meu caro: alguém tem de dar uma lista completa aos polícias. Os ladrões já sabem.
Sem imagem de perfil

De Javardoura a 03.07.2017 às 14:27

Maior o prejuízo, causado pelas armas roubadas, a países com historial de terrorismo, como a Espanha.
Sem imagem de perfil

De JS a 03.07.2017 às 12:06

Em Portugal, constitucionalmente, o partido no poder -o PS- decide a cobrança de impostos e decide a aplicação de essas receitas.

O partido no poder -o PS- escolheu.
Decidiu aumentar a função pública, a sua base eleitoral.

O Partido no poder -o PS- escolheu.
Decidiu ignorar as mais básicas regras de segurança de perigosíssimo material de guerra à sua guarda.

O PS optou.
O PS agiu, mostrou-se.
PM, Ministros ... são apenas os actuais figurantes de uma Constituição comprovadamente errada pelos resultados que tem exibido, há decadas....


Sem imagem de perfil

De V. a 03.07.2017 às 12:16

Sugestão para série no Delito: procurar informação acessível aos cidadãos nos sites e serviços do estado

Exemplo #1

Num site ou serviço do Estado, descubram onde está indicado um número de telefone para ligar em caso de incêndio florestal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 03.07.2017 às 12:20

Boa sugestão.
Sem imagem de perfil

De Vlad, o Emborcador a 03.07.2017 às 14:31

O V anda desactualizado. Com o Simplex e a informatização dos Serviços do Estado, basta mandar um e-mail, em caso de avaria Nacional .
Sem imagem de perfil

De V. a 03.07.2017 às 19:27

Enviar um e-mail? Para quem? O que me garante que vai ser lido naquela altura? E para quê tantos funcionários públicos, então? Não. Enfiem o Simplex onde o sol não brilha. Eu quero falar com alguém ao telefone.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D