Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A cabala (4)

por Pedro Correia, em 24.11.14

«Está a haver um aproveitamento político de um caso jurídico, que prejudica o PS.»

 

«[Está a haver] uma promiscuidade entre política e justiça.»

 

«Quem está na justiça, já nada o surpreende.»

 

Fernando Pinto Monteiro (RTP, 24 Novembro)

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 24.11.2014 às 21:58

Pinto Monteiro deveria ir fazer companhia a Pinto de Sousa. Para continuarem a falar de livros, obviamente.
Sem imagem de perfil

De Big Odeira a 24.11.2014 às 22:14

O sr. ex-PGR é grande apreciador de livros, tanto que esteve presente no lançamento do livro que o outro escreveu directamente em francês. Não estranho nadinha de nada que tenham falado muito mas mesmo muito de livros.
Sem imagem de perfil

De Miguel R a 24.11.2014 às 22:05

«promiscuidade entre política e justiça» Ahahahahahah Isto já chegou a níveis de alta comédia.
Será que faltam espelhos neste mundo!?
Sem imagem de perfil

De Big Odinho a 24.11.2014 às 22:08

Devia era ter sido feita uma destruição de todos os indícios, uma vez que, para se investigar um ex-PM, será certamente necessária uma autorização especial dos ex procuradores gerais e dos ex presidentes do supremo.
Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 24.11.2014 às 22:50

Um ex PGR ao nivel do ex 1º ministro. Acabàmos de ser informados que Sócrates fica em prisão preventiva. Fico contente e feliz? não, não fico.
As graves e lamentáveis situações que têm assolado este pobre país, desde o caso BES, passando pelos vistos gold e agora a prisão do ex 1º ministro, são muito maus para a nossa Democracia.
Não estou de acordo com os que dizem que o regime está em causa, e que os politicos são todos iguais, porque não são. Mas esta situação deve ao menos servir para nos fazer reflectir sobre que país queremos para nós e para os nossos filhos e netos.
Hoje, e apesar de a Justiça estar a fazer o seu caminho, é um dia muito triste para Portugal e para os portugueses.

Sem imagem de perfil

De Oliveira da Planície a 24.11.2014 às 23:02

Entrevistas como a que o sr. Pinto Monteiro deu permitem compreender muito do que se passou quando ele foi PGR.

E, a propósito de livros, tendo o livro do sr. Pinto de Sousa sido lançado em 23 de Outubro de 2013, em importante cerimónia em que o sr. Pinto não de Sousa picou o ponto, como explicar que tivesse de esperar até finais de Novembro de 2014 para o sr. Pinto de Sousa lhe oferecer o tal livro? Como é que o sr. Pinto não de Sousa terá aguentado mais de um ano na ignorância de tão relevante obra?
Sem imagem de perfil

De aqui há gato a 24.11.2014 às 23:14

Mas quem é que disse que não havia corrupção em Portugal?
E agora isto?
Sem imagem de perfil

De Hugo a 25.11.2014 às 00:07

Agora se comeca a perceber o que se passou com a destruicao das escutas. So falta o presidente do supremo vir falar
Sem imagem de perfil

De Carlos Azevedo a 25.11.2014 às 00:48

Não percebo. Tinha sido muito melhor para ele ficar calado, dizer que almoçou com Sócrates a título pessoal e que não tem que dar satisfações a ninguém. Dizendo o que disse, o que só é possível por nos tomar a todos por muito parvos, enterrou-se completamente na lama. É inacreditável.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.12.2014 às 17:19

Revelar em público o teor de conversas privadas, seja em que contexto for, é um acto que diz tudo sobre quem o pratica.
Sem imagem de perfil

De Carlos Faria a 25.11.2014 às 10:43

Parafraseando: de Pinto Monteiro na justiça há muito que nada me surpreende.
Sem imagem de perfil

De Sempre em cima Delas a 25.11.2014 às 13:02

E o processo Freeport foi uma fraude, tanto que isto nem sequer aconteceu:

http://www.dn.pt/politica/interior.aspx?content_id=2432076

Comentar post


Pág. 1/2



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D