Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Prognósticos antes do jogo (1)

por Pedro Correia, em 23.09.09

O Bloco vai crescer substancialmente nestas legislativas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


21 comentários

Sem imagem de perfil

De james a 23.09.2009 às 23:33

Na minha modesta opinião, "substancialmente" é um conceito indeterminado.
Quer concretizar, Pedro Correia?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.09.2009 às 23:35

Fico-me por aqui: no domingo à noite se verá se cresce 'substancialmente' ou não. E o seu palpite, qual é?
Sem imagem de perfil

De james a 23.09.2009 às 23:37

O balão sobe.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.09.2009 às 23:42

Sobe, sobe. Julgo que destas legislativas pode resultar o aumento em 50% do número de deputados do BE.
Sem imagem de perfil

De james a 23.09.2009 às 23:49

Não arriscaria tanto, mas respeito o seu prognóstico e não aposto consigo.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.09.2009 às 20:14

50% ou mesmo 100%, podendo duplicar a bancada parlamentar.
Imagem de perfil

De Paulo Gorjão a 23.09.2009 às 23:42

Ui! Esta série promete...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.09.2009 às 23:43

Ora bem, Paulo. Quem quiser, faça favor de deixar por aqui os seus prognósticos. Ao contrário do saudoso João Pinto, prefiro fazê-los antes do jogo.
Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 23.09.2009 às 23:43

Caso das Escutas: A Teoria da Conspiração (http://mudaportugal.blogspot.com/2009/09/teoria-da-conspiracao.html)

Toda esta questão à volta das escutas ao PR parece ser encenada. Dá a impressão de que tudo isto foi armado com um propósito bem definido. Mas talvez o objectivo de que alguns analistas falam não seja realmente o verdadeiro.

Há muito que se fala de uma alteração do sistema político português (mesmo que temporariamente). Grandes e pequenas figuras dos dois maiores partidos (PS e PSD) e também de outros quadrantes da sociedade já disseram em público que seria uma forte hipótese - para resolver a crise que atravessamos - ter um regime presidencialista.

Todos falam nisto tendo como pressuposto que Cavaco Silva seria o presidente que iria liderar esta mudança e que portanto nomearia um governo "de salvação". Conhecendo Cavaco sabemos que este governo não comportaria 99% dos políticos de hoje (nem de PS, nem de PSD).

Assim, parece óbvio que toda esta questão das escutas foi inventada por alguns elementos do PS, em conjunto com outros do PSD, para definitivamente "deitar abaixo" Cavaco Silva antes da decisão das legislativas. É que a hipótese de que falei atrás poderia ser posta em cima da mesa, desde já, caso nenhum dos partidos tivesse maioria.
Sem imagem de perfil

De james a 23.09.2009 às 23:55

O Professor Eduardo Catroga teve o mesmo arrojo num "Expresso da Maia Noite", só que não foi tão sibilino.
Se quer que lhe diga, acho essa tese um autêntico disparate.
Nesse programa, o Jorge Novais foi o único interveniente sensato.
Sem imagem de perfil

De james a 24.09.2009 às 00:02

Dislexia again: "Meia-Noite"
Imagem de perfil

De João Carvalho a 24.09.2009 às 00:06

O BE vai crescer de forma clara no Parlamento, mas com pouca diferença em relação às Europeias.
O CDS e o PCP vão crescer ligeiramente no Parlamento.
O PS e o PSD vão ter resultados muito próximos, bem afastados da maioria absoluta, e a única maioria absoluta possível seria entre os dois.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 24.09.2009 às 00:16

Pois a minha opinião é que o Bloco não crescerá relativamente às europeias. Em relação às últimas legislativas, acredito que sim.
Sem imagem de perfil

De tric a 24.09.2009 às 00:38

Como toda a gente ja verificou, o Bloco de Esquerda cresce bastante em ambiente politico dominado pelos Socialistas, so por isso, votar PSD é votar contra o Bloco de Esquerda!...agora imaginem o Bloco de Esquerda a continuar a crescer e o Madoff a liderar novamente o país... what a wonderful world...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.09.2009 às 00:46

Isso é que vai um nervoso por aí, Tric. Tente lá acalmar-se.
Sem imagem de perfil

De tric a 24.09.2009 às 01:05

mas a minha analise esta correcta. a unica forma de fazer diminuir o BE é acabar com o ambiente em que ele cresce,ou seja, o ambiente socialista, logo a unica possibilidade para que tal venha acontecer é o vencer PSD ! mas isto é uma evidência para qualquer politologo... por esse motivo é que os Passistas ao apoiarem o Socrates Madoff estão a ser coniventes com o Bloco de Esquerda, mas isto é uma trivialidade!
Sem imagem de perfil

De António P. a 24.09.2009 às 10:30

Hum...não sei porquê mas não me cheira, caro Pedro.
Vai manter ou crecer ligeiramente ( máx 2% ).
Um abraço
Imagem de perfil

De José António Abreu a 24.09.2009 às 10:50

BE: 10,96% (mais centésima, menos centésima).
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.09.2009 às 12:16

Mais do que a percentagem, que resulta sempre do todo nacional, prevejo que o crescimento do BE se traduzirá no seu grupo parlamentar, conseguindo eleger mais deputados nas zonas urbanas onde já está bem implantado.
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 24.09.2009 às 11:03

Substancialmente? Isso quer dizer muito mais, pelo menos mais 20 ou 30% em relação às últimas legislativas (europeias não contam). Não acredito. O voto útil vai ser mais forte. Entre MFL e Louçã quem ganha é Sócrates. A ver vamos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.09.2009 às 12:14

Creio que o voto útil terá menor expressão nestas legislativas do que em eleições anteriores, Sérgio.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D