Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Periferia

por Jorge Assunção, em 14.09.09

La portavoz del PSOE en Extremadura, María Ascensión Murillo, reclamó hoy al Partido Social Demócrata (PSD) de Portugal "un poco de sensatez" respecto al AVE Madrid-Lisboa en tanto que "el discurso nacionalista y de aislamiento no va ningún lado", y porque dicha construcción es "muy importante" y "determinante" para que la Península Ibérica "salga de la periferia" y "se incorpore al proyecto europeo".

 

Confesso, é um orgulho assistir a tanta preocupação espanhola com o que nós fazemos ou deixamos de fazer. E deixa-me comovido a ideia que os espanhóis andam a defender os interesses portugueses, nomeadamente o da redução dos nossos custos de periferia. É que quando olho para o mapa da Península Ibérica, noto que Portugal está na ponta, os espanhóis podem, se acham que o TGV é solução para tal, diminuir os custos da sua periferia sem necessitar de qualquer ajudinha portuguesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 14.09.2009 às 19:50

Se eles podiam diminuir os custos da sua periferia? Podiam... mas não era a mesma coisa.
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 14.09.2009 às 21:11

...ou então serem eles a custear inteiramente a nossa periferia, fazendo as necessárias obras para o TGV em Portugal, recebendo também eles as 'ajudas' que Bruxelas se propõe dar-nos.
Sem imagem de perfil

De Odete Pinto a 14.09.2009 às 23:40

Lol :) .) .)
Sem imagem de perfil

De Amêijoa Fresca a 14.09.2009 às 20:15

Neste caso exemplar
não há bom casamento,
a sabedoria popular
não é um vil pensamento .

O imenso mar salgado
cheio de desventuras,
deixa o povo fatigado
com tamanhas tonturas.

Na questão incandescente
com espanhóis à mistura,
o VAL não é displicente
para analisar a factura.

A grande velocidade
para o país descarrilar,
é tal a loquacidade
que não pára o fabular.
Sem imagem de perfil

De António P. Castro a 14.09.2009 às 20:23

A intromissão do Governo de Espanha na campanha eleitoral portuguesa deveria ser, de pronto, repudiada por Portugal.
Infelizmente, temos a desgraça de Governo que temos.
Oxalá o evoluir da situação não obrigue o PR a intervir. Vamos ver.
Sem imagem de perfil

De tric a 14.09.2009 às 22:18

realmente, permitir que os espanhois interfiram nas eleiçoões portugueses, sem a condenação imediata das nossas elites "nacionais" é simplesmente vergonhoso... honra seja feita a Miguel Esteves Cardoso e a poucos mais, que apelidaram esta intromissão de Madrid na vida politica nacional como profundamente escandaloso e humilhante...

os ultimos acontecimentos so comprovam silenciamento da TVI esta relacionado com os interesses de Madrid em Portugal
Imagem de perfil

De João Carvalho a 15.09.2009 às 00:24

Olhe, meu caro, as suas fixações são doentias.
O Miguel Esteves Cardoso representa que «elites "nacionais"»? Os países discutem uns com os outros em Buxelas e entre si e não vejo que mal possa vir daí.
Já agora, ainda ontem assinei aqui um 'post' a questionar a ERC sobre o caso TVI e não me lembro de o ter visto por cá.
Vá descansar, vá.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D