Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Haja pudor!

por Carlos Barbosa de Oliveira, em 07.09.09

Que MFL tinha uma noção muito peculiar de “Verdade” já todos sabíamos. Agora que a sua falta de pudor chegue a este ponto, faz-me suspeitar que há ali um problema patológico grave.
Será que Sócrates não foi eleito com os votos dos portugueses, ou estará a insinuar que houve fraude eleitoral?

Autoria e outros dados (tags, etc)


27 comentários

Sem imagem de perfil

De mdsol a 07.09.2009 às 15:49

Eu nem tenho comentado estes assuntos. Que não tenho. :)))
Ando com pouco poder de síntese e, possivelmente também tenho pouco para sintetisar, tenho de admitir. Mas fui espreitar e ... não lembra ao diabo. A senhora está exausta e embrulha-se muito. Balhamedeus. Até parece que já chegamos à Madeira.
:)))
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:06

A senhora está exausta, MD Sol´, mas é pelo esforço que faz em não dizer disparates e não entrar em contradições.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 07.09.2009 às 15:52

São demasiadas coincidências, ironias, gaffes, mal-entendidos e descontextualizações. Todas as afirmações contra-democráticas de MFL e do PSD, se tomadas pelo valor de serem proferidas pelo mesmo grupo restrito de pessoas ao longo de mais de um ano, fazem soar sérias campainhas.
1. suspensão da democracia
2. desprezo pelos emigrantes (cabo verdianos e ucranianos)
3. Não querer saber se o alegado é real ou não e querer decidir com base no que se sente acerca disso
4. defender a Madeira como uma região democrática depois de tudo; onde destaco a queima de carros e destruição material de campanha de adversários políticos com balas.
5. alegar que a ética é autónoma da política e a política autónoma da ética
6. acolher e dar cobertura a acusados de crimes relacionados com financiamento ilegal do partido e que pediram ao cunhado cirurgião (e não um ortopedista) para colocar gesso no braço, num hospital público, a fim de escapar a uma perícia de caligrafia da polícia judiciária.

Aceitar quaisquer um destes itens é grave; aceitar todos é cegueira ou má-fé. Para votar contra o Sócrates não é necessário suportar isto.
Sem imagem de perfil

De TambémFrancisco a 07.09.2009 às 18:33

Desde que não se vote em Sócrates, o voto é certamente virtuoso.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:08

Essa das "gaffes" já não cola, Francisco. Ela pensa mesmo isso tudo e aí é que está o problema.
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 07.09.2009 às 15:55

Carlos,

Peço desculpa de discordar, mas a senhora é uma humorista, do melhor que cá temos.
Depois da partida do Solnado, alguém tinha de pôr os portugueses a rir.
A inclusão do António Preto as listas faz parte desse programa oportunamente intitulado de "Asfixia Democrática ".
Estará em cena até dia 27 de Setembro, correndo o país de lés-a-lés.
Dizem-me os deuses que na parte final da campanha incluirá no seu elenco a sua homónima Manuela Moura Guedes e que até os rapazes do 31 da Armada irão vão colocar uma das suas bandeiras na Rua de São Caetano n.º 9, que é onde poderá ser dada mais visibilidade à peça e abrir maior número de telejornais.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:10

Não me admiro mesmo nada que MFL chegue à sabjice de levar MMG para a campanha. Ambas são capazes de tudo para ter protagonismo.
Quanto ao humor de MFL é que não concord contigo, Sérgio. A mulher mete nervos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.09.2009 às 16:00

Na Madeira existe 'asfixia democrática' - ou melhor, asfixia da democracia - há muitos anos. Quem elogia o jardinismo não tem qualquer autoridade moral para criticar comportamentos autoritários em qualquer outra parcela do território nacional.
Sem imagem de perfil

De tric a 07.09.2009 às 16:51

"Quem elogia o jardinismo não tem qualquer autoridade moral para criticar comportamentos autoritários em qualquer outra parcela do território nacional."

então, só quem critica o jardinismo é que tem autoridade moral para criticar autoritarismos em qualquer outra parcela do territorio nacional?

é tipo um axioma!

O Carlos Barbosa acredita que existe uma "axficia democratica na madeira" mas não no continente...

eu acredito que não existe "axficia democratica na Madeira" mas acredito que existe no continente

Pedro Correia, o Carlos Barbosa neste caso tem a autoridade moral para fazer este tipo de afirmação?

PS- Os madeirenses são uns previligiados em Portugal, tem acesso à informação daqui do Continente( contraria ao Alberto João Jardim) e à informação produzida na região, logo podem escolher qual a mais credivel, na hora de votar...

ja nós aqui no continente a informação que aqui se produz, é praticamente toda da mesma côr e se não é, é silenciada!!



Imagem de perfil

De João Carvalho a 07.09.2009 às 17:39

Se «quem elogia o jardinismo não tem qualquer autoridade moral para criticar comportamentos autoritários em qualquer outra parcela do território nacional», significa que «só quem critica o jardinismo é que tem autoridade moral para criticar autoritarismos em qualquer outra parcela do territorio nacional»?

Conheço uma rua em que é proibido estacionar e quem lá estaciona está mal estacionado. Significa que quem estaciona nas outras ruas está bem estacionado?

Apesar de tudo, tinha de si a ideia de que era mais perspicaz. Assim, já vejo que não é interlocutor à altura.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.09.2009 às 22:56

O fanatismo deste nosso leitor, João, é tão grande que não lhe permite tolerar qualquer beliscadela nas suas cores. Não há grande mal quando estão na oposição. O problema é quando chegam ao Governo.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:26

O Carlos Barbosa a que se refere deve ser aquele que disse ter quase a certeza que a suspensão do jornala de MMG tinha sido trabalho do ministro Santos ilva. Não sou eu, de certeza.
Quanto a questinar o Pedro Correia se eu tenho autoridade moral, eu respondo-lhe: Tenho, por factos ocorridos comigo. Mas a resposta é um bónus, porque não costumo responder a quem faz perguntas esparvoadas. Falo e escrevo com base em factos não em convicções clubísticas.
Além disso, páre de ler coisas que eu não escrevi, porque isso fica-lhe muito mal
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:14

Pedro:
As cenas patéticas que vi dela no telejornal, onde se incluiu o risinho satisfeito quando AJJ respondeu a uma pergunta do jornalista com "Fuck them" é bem ilustrativa do tipo de mulher que é MFL.
Quanto à reacção do comentador tric estão dentro dos parãmetros a que nos habituou.
Sem imagem de perfil

De Carlos Dias Ferreira a 07.09.2009 às 16:10

Carlos:

Eu usando as tuas palavras pergunto também se AJJ não foi eleito pela maioria dos votos dos Madeirenses?
Talvez ainda não tenham reparado mas desde 1979 (?), por alguma razão o Dr AJJ é eleito com maioria absoluta e não me venham com a treta do deficite democrático pois nas cabines de voto que eu saiba ainda não foram instaladas câmaras de vigilância, portanto é porque a competência é valorizada aliás basta ir à Madeira e ver as diferenças em vários aspectos.
Declaração de interesses: Não sou apoiante do estilo trauliteiro de fazer politica de AJJ, mas que os tem no sítio e denuncia algumas situações menos claras isso não tenho dúvidas.
Claro que Sócrates foi eleito pela maioria dos Portugueses daí a sua legitimidade para governar e é esse julgamento (do seu governo) e só esse que iremos fazer em 27 de Setembro, incluindo as suas trapalhadas e mentiras.
Algo me diz que tudo o que MFL diz é escalpelizado à letra, engraçado é não fazer-se o mesmo a JS ou será por exemplo que ele não sabia que Pina de Moura já não estava na Média Capital, enfim critérios diferentes mas eu entendo...
Sem imagem de perfil

De Francisco a 07.09.2009 às 16:55

Dúvido que seja por coincidencia que todos os madeirenses que conheco têm cartão do PSD - apesar de ser visível que alguns nada partilhavam com os valores de Sá Carneiro.
Por outro lado, queimar carros e impedir acções de campanha com balas não fala que chegue por si mesmo?
Caro CDF, quais são os seus critérios para concluir que uma democracia está gravemente ferida?
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:18

Eu não disse que AJJ não tinha sido eleito com os votos dos madeirenses, Carlos!Quanto ao défice democrático, tenho umas belas histórias passadas comigo na Madeira entrre 81 e 83.
Sem imagem de perfil

De Ana Mestre a 07.09.2009 às 16:32

Claro que não existe asfixia democrática...a asfixia situa-se na pobreza de que ninguém fala :
O secretário regional dos Assuntos Sociais da Madeira afirmou esta terça-feira que 18 por cento da população nesta região vive com rendimentos iguais ou inferiores ao salário mínimo regional, dos quais 4,7 estão abaixo do limiar da pobreza.

Francisco Jardim Ramos falava na abertura de um colóquio sobre «Práticas de Intervenção Social» que no Funchal.

O governante referiu que os 4,7 por cento vivem com menos de 360 euros por mês e que o Centro Regional da Segurança Social «tem, neste momento, 7.885 beneficiários do Rendimento Social de Inserção (RSI)».
Imagem de perfil

De João Carvalho a 07.09.2009 às 16:55

O Jorge Assunção, mais acima, descobriu a continuação deste folhetim. Inconcebível.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.09.2009 às 17:15

Noutros tempos seria um escândalo. Agora interrogo-me se alguém se escandaliza verdadeiramente com alguma coisa.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 07.09.2009 às 17:42

Receio que tenhas razão. Essa dúvida é aterradora.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:20

É perfeitamente extraordinário como as pessoas não só não se escandalizam, mas têm tendência a branquear as cenas patéticas de MFL. O clbismo partidário é cego.
Imagem de perfil

De André Pereira a 07.09.2009 às 17:22

A Política de Verdade não vale para a Madeira. Esta senhora perdeu toda a autoridade para voltar a falar seja no que for. Mas brilhante foi dizer que o Governo é eleito com os votos do povo. E por cá não é assim? A Política de Verdade é uma farsa, nada mais.

politicamente-falando.blogspot.com
Imagem de perfil

De João Carvalho a 07.09.2009 às 17:41

Mais a mais, nenhum governo, nacional ou regional, é eleito com os votos do povo: emanam dos órgãos legislativos que são eleitos.
Sem imagem de perfil

De Armando Matos a 07.09.2009 às 20:59

Afinal a constipação desta cara de alienada da MFL foi para isso - uma formação dos conceitos de democracia antes de entrar na Madeira.Não é que ela já não tenha alguma experiencia na matéria mas pelo sim pelo não o camarada bocassa não quis correr riscos e teve necessidade de lhe mandar o livro de instruções para Lisboa. Sim porque a liberdade no "Contenente" é diferente da da Madeira , lá isso é, e o palhaço de serviço bem faz por o demonstrar porque de tão escabroso só com exemplos práticos.
Alguem diz e é verdade que o homen tem todos aqueles votos e portanto..., mas tambem é verdade que andar a fazer "a festa" com o nosso dinheiro e o Zé Povo só vê quem passa o cheque lá mas não tem de se preocupar de onde vem tanta fartura para aquilo tudo , mesmo para pagar a demagogia. Os Madeirenses não são burros e sabem muito bem que enquanto o homem lá estiver continuará a haver "folclore" isto porque se um dia alguem fecha a torneira não será o turismo que os vale e nessa altura a Manelinha não vai juntar os cacos.
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 07.09.2009 às 23:28

estou cnvencio que alguém põe alguma coisa na bebida ou na comida dos dirigentes do PSD quando chegam à Madeira. No entanto, com MFL não é preciso. Ela é mesmo assim.
Sem imagem de perfil

De TOZE Canaveira a 08.09.2009 às 01:10

"É perfeitamente extraordinário como as pessoas não só não se escandalizam, mas têm tendência a branquear as cenas patéticas de MFL. O clubismo partidário é cego".

O problema está aqui: "Desde que não se vote em Sócrates, o voto é certamente virtuoso".

Este é o sentimento actual da grande parte das pessoas, as que não estão do lado do governo.

Não interessa quem, o que importa é que não seja Sócrates.
Vão dividir-se os votos pelos principais partidos, vai aparecer um governo de coligação, onde os sapos que terão de ser engolidos, vão ser difíceis de digerir e o país vais andar mais 2 anos a marcar passo, para trás, altura em que novas eleições terão de ser disputadas, A BEM DO PAÍS...

Esta senhora é patética, ridícula, tem mau intimo.
Depois iremos ver o quão arrogante será "também"....




Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D