Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Subscrevo integralmente

por João Carvalho, em 06.09.09

Acabo de assistir ao Eixo do Mal (SIC-N), dedicado em grande parte ao caso TVI. Entre umas banalidades e outras tantas parvoíces, um ou outro detalhe mais ou menos consensual, mas não mais do que isso. Com uma ressalva, que merece o destaque: Daniel Oliveira salvou a honra daquele convento de costumeiros disparates.

Pela lucidez da análise e acerto da posição que tomou, não teve qualquer paralelo na mesa. Não me custa, por uma vez, subscrever tudo o que ele disse sobre o caso. Sabendo-se, mais a mais, que o Daniel Oliveira definitivamente nunca poderia ser um admirador do tal telejornal das sextas e da respectiva protagonista.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.09.2009 às 01:09

Subscrevo também, naturalmente, tudo quanto o Daniel disse sobre o caso TVI, compadre. Como ele sublinhou, e como eu tenho salientado aqui, para a discussão que verdadeiramente importa é indiferente o conteúdo do noticiário agora suprimido: quem se sentisse difamado por alguma coisa proferida por MMG ou qualquer outro jornalista, teria sempre o recurso aos tribunais, como é de regra num Estado de Direito.
O paralelo que o Daniel traça com a revista 'Hustler', nos EUA, é interessantíssimo e deve servir-nos sempre de padrão. Por mim, costumava usar há anos o exemplo da 'Gaiola Aberta', à falta de uma 'Hustler' portuguesa: devemos defender a liberdade de imprensa mesmo - ou sobretudo - para quem pensa diferente de nós. Isso inclui publicações com a marca do populismo, do tabloidismo e do mau gosto. Isso inclui até publicações caracterizadas pelo servilismo pró-governamental.
Seria demasiado fácil defendermos apenas o direito à existência daquilo que nos parece ter qualidade ou exprimir os nossos pontos de vista. Essa é uma visão inaceitavelmente redutora da liberdade de imprensa.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 06.09.2009 às 01:40

É inteiramente verdade, compadre. E foi precisamente a feliz referência ao caso da 'Hustler' que me fez escrever este 'post'.
Sem imagem de perfil

De cusco a 06.09.2009 às 01:55

Gostava que me respondessem a esta pergunta que ando para vos fazer há tempos. Tratam-se por «compadre» por quê ?

Os meus cumprimentos
Imagem de perfil

De João Carvalho a 06.09.2009 às 07:56

Boa pergunta. Cusco. Será por sermos compadres?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.09.2009 às 10:32

Cusco, você faz mesmo jus ao nome. Mas antes ser Cusco que ser Cascão. Ou Casca-Grossa. Vou satisfazer a sua curiosidade: se nos tratamos assim, naturalmente, é por sermos compadres. Capice?
Sem imagem de perfil

De mdsol a 06.09.2009 às 18:52

Ohnãovioeixodomalehojeapanheiarepetiçãoquasacabar...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 06.09.2009 às 19:33

Veja a propósito
www.ohnãovioeixodomalehojeapanheiarepetiçãoquasacabar.pt
ou então aguarde que ainda há-de passar mais 347 vezes.
Sem imagem de perfil

De Daniela Major a 06.09.2009 às 20:23

Em primeiro lugar gabo lhe a paciencia para ver esse programa. Eu já não consigo ver seguido, tive de intervalar com os Tudors. Tem que aprender a falar um de cada vez. Mas concordo com aquilo que DO disse. Pareceu me que foi a única opinião de jeito que ouvi sobre o tema.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 06.09.2009 às 22:09

Se ninguém assistir, fica a Daniela sem saber...

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D