Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Claramente ilegal

por Pedro Correia, em 05.09.09

"A Prisa tomou uma atitude claramente ilegal, saltando por cima da Direcção de Informação da TVI."

Marcelo Rebelo de Sousa, esta noite, em Arruda dos Vinhos

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Sem imagem de perfil

De JC a 05.09.2009 às 11:17

A decisão da administração da Prisa/Media Capital só é questionável pelo momento em que foi tomada. Considero-a uma medida de higienização democrática e, sobretudo, de credibilização jornalística. O jornalismo (e os jornalistas), tal como a política (e os políticos), bem precisados estão de credibilidade e decência. Aquele jornal e aquela jornalista não são credíveis nem profissionalmente decentes. Aquilo que era feito por uma ex-deputada do CDS, auxiliada pelo casal de comentaristas mais deprimente da nação, era um nojo televisivo, que ultrapassava qualquer noção de rigor, credibilidade e sensatez. Era, de facto, um telejornal travestido de política, onde alguns políticos falhados (MMG, CCS, VPV) atacavam sem dó nem piedade o PM de Portugal (personagem por quem não tenho especial simpatia). Não deixa de ser curioso que quase todos os comentadores/jornalistas quando se referem a esta situação comecem logo por dizer que não apreciavam o estilo de jornalismo que ali era feito. O problema está mesmo esse - aquilo era jornalismo? E a quem aproveitava aquele tipo de jornalismo? Qual o propósito daquele tipo de jornalismo? Informar? Esclarecer? Tenho muitas dúvidas. Os protagonistas não apresentam credibilidade profissional e equilibrio mental que o garantam. Portanto, obrigado Prisa/Media Capital.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.09.2009 às 11:49

Fez bem em manter-se anónimo. Percebo bem que tenha vergonha em associar o seu próprio nome a tudo quanto deixou escrito.
Sem imagem de perfil

De JC a 05.09.2009 às 14:33

Vergonha?! Porquê? Por exprimir uma opinião livre? Por escrever aquilo que muitos pensam, mas que, cheios de hipocrisia não têm coragem de escrever? O jornalismo português está cheio de gente hipócrita e lambe-botas. Eu sou apenas um cidadão livre que exprime a sua opinião livremente - porque haveria de ter vergonha disso? Você tem vergonha de exprimir a sua opinião, tantas vezes sibilina? Nunca gostei daquele tipo de jornalismo e nunca gostei daqueles jornalistas.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.09.2009 às 14:48

A sua opinião só é livre se for assumida. Caso contrário vale tanto como os desabafos daqueles taxistas que andam por aí a suspirar pelo Salazar.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.09.2009 às 20:55

Quero lembrar-lhe uma coisa: aqui, JC é suposto haver só um. Mas reconheço outra coisa: jamais serei confundido consigo. Basta a posição que acaba de manifestar anonimamente.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 05.09.2009 às 21:00

De facto, jamais pode haver qualquer confusão.
Sem imagem de perfil

De JC a 06.09.2009 às 00:45

Ora vejam só estes democratas! JC há só um?!? Que baboseira tão grande. Anonimato?!? Querem o meu nome? Chamo-me José Carlos, tenho 32 anos e sou uma pessoa livre e que tem opinião própria, não sou jornalista nem político, nem lambe-botas. E os vossos comentários às minhas opiniões revelam muito sobre a vossa personalidade. Eu não vivo disto, nem para isto. Passem bem seus grandes "democratas". Que pobreza de espírito...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.09.2009 às 13:12

Era uma vergonha de programa, devia acabar-se. Agora é uma vergonha, terem acabado com o programa....
E claro, a culpa é do outro.....
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.09.2009 às 20:59

Criar, manter ou acabar é, por lei, uma decisáo da direcção de informação, dos responsáveis pela linha editorial. Só não entendem dois tipos de pessoas: os que não querem entender e os anónimos envergonhados pelo esforço de branqueamento.
Sem imagem de perfil

De Armando Matos a 05.09.2009 às 18:49

Memórias curtas .
Essa senhora que andou parte da vida a semear tempestades e alguma notoriedade à custa dos outros, conseguiu fazê-lo porque tinha as costas quentes e protecção do director da estação.
Como tudo na vida, existem pessoas que vêm televisão enquanto estão a cozinhar,simplesmente têm a caixinha a funcionar porque ajuda na iluminação da sala ou pode ser que haja outro big brother " seja ele qual for, ou "estou à espera da novela e estes anúncios nunca mais acabam".
Resulta nos tais mirabolantes shares ou recordes de audiencia.
Assim , além de muitíssimas razões que de uma ou outra forma todos nós conhecemos nos que nos são próximos , seja no café, emprego, ginásio (aquela boca e outros mimos ) , nada de substancia essa senhora criou a não ser, suponho eu, a sua família mas de que ninguem tem de comentar por ser de foro pessoal.
Agora , questão de trabalho a ser comentada, chamar estúpidos aos que lhe dão ordenado se não concordadrem com o que ela fazia enquanto lá estava o "capitão gancho"'
Sou um simples funcionário de empresa privada, mas pelo que se vê por esse país fora.... Era de imediato , liminar processo disciplinar por desrespeito à entidade patronal.
Por alma de quem essa senhora é diferente do resto? Aliás , pelo que se sabe agora, as coisas para o lado da redacção não são tão solidárias assim, bem como começam a saltar hitórias ainda encapotadas dos atropelos à "envolvente" ou julgam que toda aquela malta era só abraços e beijos,e tambem algumas tristes figuras nas festas? Tudo aquilo está tão bem pelo lado dos €uros na TVI que o senhor Moniz foi o promeiro a "saltar fora"?
Os ratos costumam se os primeiros a "saltar fora" Isto é o espelho e consequencia da baixeza dessa senhora.
Que não há santos no meio disto tudo todos nós sabemos , agora ler o que está impresso hipócritamente num jornal de hoje na primeira página ( 24 horas ) que até "há dirctores de rádio e jornais que lhe dariam trabalho", acabamos de encontrar um grupo de idiotas da mesma laia que desejam andar no "trapézio sem rede".
Até o Carlos Barbosa embram-se dele ou alguns jornalistas nem sabem quem é? ... e o que foi na comunicação social , se lembra de chorar lágrimas de crocodilo pela coitadinha , além do execrável Cintra Torres que continua a dar os recados encomendados. Ou o subdirector do Jornal de Negócios , ou o director adjunto do Sol ( outro dos faróis da verdade) , os tais que lhe dariam trabalho sem dizerem por encomenda de quem.....
Só tristes
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 06.09.2009 às 10:41

"Era de imediato , liminar processo disciplinar por desrespeito à entidade patronal."
Ora cá está um exemplo concreto de alguém mais papista que o Papa: defende que seja accionado contra uma trabalhadora de uma empresa algo de que nem a própria entidade patronal se lembrou.
Amigo, dou-lhe os parabéns: você é o sonho de qualquer patrão!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 06.09.2009 às 13:16

Só é pena que não tivesse também ocorrido ao Armando a necessidade imediata de instaurar um «liminar processo» do Estado contra a entidade patronal pela ilegalidade cometida. Esqueceu-se?

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D