Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Amor com amor se paga

por António Manuel Venda, em 11.07.09

Uma casa (dos bicos) e trinta mil euros depois, José Saramago apoia a recandidatura de António Costa à presidência da Câmara Municipal de Lisboa.

Na minha terra, onde na passagem que tive pela câmara tentei entre outras coisas vender um dos carros que o presidente tinha para seu uso exclusivo, fui uma vez convidado pela biblioteca para uma conversa com leitores; aceitei, a biblioteca mandou imprimir convites, mas já próximo do dia marcado teve tudo de ser anulado porque a câmara mandou suspender todas as actividades culturais no concelho durante uma semana (precisamente a que incluía o dia da conversa).

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.07.2009 às 11:50

Neste caso o amor paga-se com 30.000 euros, além de uma casa histórica para os pombinhos ibéricos. Quem casa quer casinha, mesmo que tenha bicos.
E percebo porque é que Saramago diz que espera que António Costa "seja presidente por muitos anos mais", há que fazer ainda muitos documentários e temas não faltarão: o primeiro cozido à portuguesa de Pilar, Pilar vai à praça, Pilar e as vizinhas, a chegada de um cãozinho à casa dos bicos, etc, etc. Tudo assuntos de interesse inquestionável para os lisboetas, que apoiarão entusiasmados, com os seus impostos, as aventuras e desventuras deste casal ibérico "tão querido da cidade".
Sem imagem de perfil

De mdsol a 11.07.2009 às 12:43

Ana, entendo pouco de política local e de relações internacionais... Mas acho que tocou no ponto. As suas observações podem muito bem ser um pilar para entender a coisa...

:))
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.07.2009 às 14:03

O que me parece, Maria do Sol, é que é extraordinário como um documentário sobre o romance Saramago - Pilar del Rio possa ser um pilar de interesse para a autarquia, a ponto de ser assim apoiado com tanto empenho...
Sem imagem de perfil

De mdsol a 11.07.2009 às 14:14

Podemos estar sempre no limiar de uma exploração turística, como se de uma nova Verona se tratasse, com a vantagem de o romance não ter acabado mal. Podemos estar sempre no limiar de uma concorrência estimulante à Quinta das Lágrimas, com a vantagem, também, de o romance não ter acabado mal.
Há gente que vê longe. Sei lá!

:))))
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.07.2009 às 14:38

Que quadro tocante, Maria: Pilar deitando a longa trança do balcão da janela da casa do Campo das Cebolas, e Saramago trepando por ela (a trança, entenda-se), apoiando-se nos bicos da parede, até chegar aos aposentos da sua amada. António Costa descobriu um novo par romântico para o nosso imaginário, não há dúvida...
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 11.07.2009 às 16:15

Belíssimo quadro este, na verdade, de fazer inveja a qualquer Romeu e Julieta ou Pedro e Inês, tão bem pintados por si, Ana, e pela Maria do Sol!
Esta Pilar del Rio, já esteve mais longe de se tornar a «Pilar del Mar» e agora, a dois passos de Cascais, qualquer pequeno batel a levará e ao seu amado, rio abaixo, até lá. E António Costa que se cuide se não os quer perder para Capucho. É que embora aqui não haja nenhuma "Casa dos Bicos", sempre existem por lá umas palacetes simpáticos onde o simpático casal de pombinhos conseguiria decerto, arranjar algo a que se agarrar...
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.07.2009 às 23:10

Deixe-os estar por lá, Luís... aqui há melhores temas para documentários. :-)
Imagem de perfil

De João Carvalho a 11.07.2009 às 14:30

Só me apetece dizer um palavrão. Não sei a qual dos dois. Ou dos três, que a mulher também conta para o caso.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 11.07.2009 às 23:19

Também me apetece dizer um palavrão, iniciado pela segunda letra do alfabeto. Tem tudo a ver com isto.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2010
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2009
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D