Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Homenagem póstuma a Manuel Pinho" (2)

por André Couto, em 09.07.09

"O Presidente russo Medvedev recebe o Presidente americano Obama, em Moscovo. Um encontro entre líderes russo e americano evoca inevitavelmente outros tempos. Em 2009 até se comemora uma data redonda: em Moscovo, 1959 (há meio século), o vice-presidente americano Richard Nixon (nas vésperas da sua candidatura falhada contra Kennedy) foi à capital russa, levando na bagagem uma mostra de produtos americanos. Havia uma Feira Mundial e Nixon passeou o líder russo Nikita Khruschev pela cozinha do pavilhão americano: a máquina de lavar Westinghouse, o frigorífico Frigidaire, o detergente Tide... Durante o passeio, Nixon ofereceu a Khruschev água suja do imperialismo, um copo de Pepsi-Cola. Ao ver fotos desse velho encontro, reparo que o poderosíssimo nº 2 do Estado americano não se importou de fazer de caixeiro viajante dos produtos do seu país. Por cá, o ex-ministro de Economia Manuel Pinho foi várias vezes ridicularizado por ter do seu cargo uma noção idêntica. Nixon e Pinho estavam certos. Mas, diga-se, o português tinha mais dificuldade em estar certo. Nixon fazia o que os governantes americanos fizeram sempre."

Ferreira Fernandes no Diário de Notícias de ontem.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De cusco a 09.07.2009 às 10:55

O Senhor faleceu?
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 09.07.2009 às 10:58

Pois, mas não andou a dizer para investirem nos EUA porque os salários eram baixos.
Imagem de perfil

De André Couto a 09.07.2009 às 12:42

Mas é mentira que os nossos salários são baixos comparativamente a outros países? Não será a captação de investimento que se faria dessa forma uma maneira de nos fazer crescer e ajudar a atenuar isso?
E onde ficam as políticas de pleno emprego previstas na Constituição?

Quem não pode criticar a qualidade do seu trabalho só se pode agarrar a pormenores e a declarações menos felizes.
Eu compreendo.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 09.07.2009 às 15:10

Essa foi demasiado agressiva... mas tá bem.

Eu não critiquei o trabalho de ninguém, nem me pretendo agarrar a nada.

Como qualquer pessoa teve momentos bons e momentos maus, o interessante é que agora tudo o que ele diz é o certo e limpa-se o menos mal que ele fez.

Sou capaz de reconhecer que teve um grande papel em situações graves, Quimonda e Autoeuropa, mas também digo que vender Portugal como um país onde os salários são miseráveis é muito mau.
Imagem de perfil

De André Couto a 09.07.2009 às 16:03

Tem razão, fui um tanto ou quanto agressivo mas sem intenção negativa. Peço-lhe desculpa.

Seguindo. Acho que fez uma análise correcta, Pinho teve bons e maus momentos. Como em quase tudo a doutrina diverge. Em política não há nada como deixar o lugar ocupado para se se santificado, algo que não compreendo.
No entanto no caso de Manuel Pinho acho que se justifica na medida em que eram injustos os muitos ataques que lhe foram desferidos ao longo da legislatura.

Vender Portugal daquela forma talvez não seja o ideal, mas deixo-lhe a pergunta: é preferível vender Portugal daquela forma e captar investimento, diminuir o desemprego e fazer a economia crescer, ou não o fazer tendo como consequência a não verificação dos efeitos positivos que enunciei?

Abraço.
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 09.07.2009 às 19:15

Se me desse só essas duas opções, reconheço que escolheria a primeira hipótese. No entanto, Pinho ao representar o país não o pode vender como se estivesse em saldos.

De qualquer forma, não terá sido um ministro assim tão mau como dizem, nem o super-ministro que agora o querem pintar.

Um abraço.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2010
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2009
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D