Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Chega de saudade

por Leonor Barros, em 07.07.09

Não fui fã de Michael Jackson no meu tempo de adolescência. A música que não me soava a mais nada do que a mais uma comercialada inveterada talhada para vender desalmadamente. Terei dançado ao som de "Beat it" ou de "Billy Jean", talvez contrariada, mas nunca mais do que isso. Embora a idade adulta me tenha mostrado que a vida não é em alternativa, a verdade é que o amor incondicional pelos rebeldes Rolling Stones me colocava nos antípodas daquele homem estranho com voz de falsete e, também por isso, passei completamente ao lado de Michael Jackson. Conheço a música naturalmente, os escândalos e o talento. Não obstante, lamentei a morte do artista da pop, mais pela decadência e infelicidade do que propriamente pela morte em si, admito. A decadência e degradação podem ser piores do que o fim, são-no quase sempre. Das manifestações de pesar que entretanto se fizeram ouvir, houve apenas uma que me tocou de sobremaneira. Quincy Jones, o produtor do álbum "Thriller" e "We are the world" e amigo de Michael, afirmou que não iria às exéquias. Visivelmente abalado e em tom de revolta disse anda que estava literalmente farto de perder amigos e não conseguia lidar mais com isso. Ficar é sempre mais difícil que partir.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 07.07.2009 às 23:39

Pois é. Com o tempo começamos a aperceber-nos disso.
Sem imagem de perfil

De patti a 07.07.2009 às 23:56

Nada que todos nós já não tivéssemos sentido e vivido, basta para isso morrer um vizinho que mal conhecemos, mas que nos habituámos a ver diariamente não é preciso que seja o MJ.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 08.07.2009 às 17:27

A reacção de Quincy Jones deixou-me incomodada e não, não foi precisa a morte de Michael Jackson para perceber que ficar é pior que partir.
Sem imagem de perfil

De patti a 08.07.2009 às 19:52

Ele, já com setenta e muitos, é-lhe com certeza muito penoso, já ter visto vários amigos partirem.

Custa sempre, mas a partir de uma certa idade as contas que fazemos devem ser outras e mais difíceis.
Sem imagem de perfil

De mike a 08.07.2009 às 01:00

Chega? Não cheguei a sentir, Leonor.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 08.07.2009 às 17:29

Para o Quincy Jones, Mike:)

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2010
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2009
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D