Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Diário de um pé torcido

por Teresa Ribeiro, em 22.01.09

Dia 12.1.09, urgência do Hospital Curry Cabral:

 

- Já tenho aqui a sua radiografia. Não tem nada partido, o que quer dizer que fez uma ruptura de ligamentos.

 

No dia seguinte, ao telefone com o médico:

 

-Só lhe fizeram um raio x? Mas deviam ter feito uma ecografia. A ecografia é que dá para vermos os tecidos moles. Vai ter que fazer esse exame, está bem? Eu passo-lhe a credencial.

 

Horas depois, tentando marcar a ecografia, via telefone:

 

- Hospital da Cruz Vermelha, bom dia...

- Era para marcar uma ecografia a um pé.

- Só estamos a marcar para o mês que vem.

- Isso é muito tarde, obrigada.

 

(...)

 

- Hospital Particular de Lisboa, bom dia...

- Desejava marcar uma ecografia a um pé.

- Só estamos a marcar para daqui a um mês...

- Obrigada, então não me interessa.

 

(...)

 

- CEDI, muito bom dia...

- Bom dia, queria marcar uma ecografia a um pé.

- Através de que entidade?

- Através da caixa.

- Desculpe, mas de momento não estamos a fazer marcações.

- E se fizer o exame particularmente?

- Aí já podemos marcar para 22 de Janeiro.

- Já agora quanto custa?

- Oitenta euros.

- Obrigada, mas pretendo uma data mais próxima.

 

(...)

 

- Hospital da CUF, bom dia...

- Era para marcar uma ecografia a um pé.

- Através de que entidade?

- Da caixa.

- Só temos vaga para dia 28 de Julho.

- E se fizer o exame particularmente?

- Podemos marcar para dia 26 de Janeiro.

- Quanto custa o exame?

- 86 euros.

- Obrigada.

 

(...)

 

Em casa, à conversa com familiares:

 

- E porque não voltas à urgência? Dizes que o pé continua muito inchado e fazes-te à ecografia...

- Boa ideia, vou lá amanhã.

 

(...)

 

Dia 14.1.09, urgência do Hospital Curry Cabral:

 

- Aqui só fazemos raio x para verificar se há fracturas. Se não há fracturas é porque se trata de uma ruptura de ligamentos. Não precisamos da ecografia para fazer o diagnóstico e prescrever o tratamento. 

 

Horas depois, em casa:

 

- Está? Luísa? Detesto incomodar-te com estas coisas mas fiz uma ruptura de ligamentos num pé e o meu médico assistente pediu-me uma ecografia. Consegues fazer-ma por estes dias?

- Claro, não há problema. Amanhã estou de banco no hospital. Vai lá ter comigo por volta das dez...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


34 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.01.2009 às 09:58

Queremos o telefone da Luisa. Queremos o telefone da Luisa. Queremos o telefone da Luisa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.01.2009 às 11:46

Ali o anónimo deseja à Teresa, senhora de humor invulgar no sexo feminino (vamos lá ver se esta não lhe estraga a boa disposição), as melhoras.

E, tanto quanto julga saber, o repouso é o mais indicado na actual situação.
Sem imagem de perfil

De (adenda) a 22.01.2009 às 11:47

(acho que escrevi «humor» quando queria ter escrito «sentido de humor»)
Sem imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 22.01.2009 às 10:12

Não tenha dúvidas que é sempre assim, ou se tem cunha ou dinheiro.Definitivamente o problema do país está nos tgv´s e auto-estradas...
Sem imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.01.2009 às 11:36

É isso mesmo, Pedro!
Sem imagem de perfil

De Once a 22.01.2009 às 10:13

Teresa .. sem palavras eu a não ser para lhe desejar as melhoras .. *

é tal e qual assim como descreve, sei-o bem, infelizmente. E o mais grave é quando é mais que um pé inchado.
(eu disse "sem palavras"? .. pois) :)
Sem imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.01.2009 às 11:42

Obrigada, Once. Na verdade o episódio passou-se com uma pessoa que me é muito próxima, não comigo. Mas transmitirei os seus votos :))
Sem imagem de perfil

De José Magalhães a 22.01.2009 às 11:27

FELIZMENTE, ALGUNS DE NÓS TEMOS UMA "LUÍSA" OU UM "JORGE" OU OUTRO QUALQUER, MAS NA REALIDADE NUNCA DEVERIA SER ASSIM.
CONTINUA TUDO IGUAL A ANTES DE ESTARMOS "TÃO BEM COMO ESTAMOS".
HOJE ESTÁ NEVOEIRO AQUI NO PORTO, MAS PARECE QUE AINDA NÃO É DESTA QUE O D. SEBASTIÃO CHEGA.

http://atributos-1.blogspot.com/2009/01/d-sebastio.html

CUMPRIMENTOS

JOSÉ MAGALHÃES
Sem imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.01.2009 às 11:39

Gostei particularmente da frase: "Continua tudo igual a antes de estarmos "tão bem como estamos"" :))
Sem imagem de perfil

De José Magalhães a 22.01.2009 às 11:42

Obrigado,
Desejo-lhe as rápidas melhoras e peço desculpa por não o ter feito antes.

Cumprimentos

Sem imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.01.2009 às 12:53

Obrigada, José Magalhães, de facto o texto induz as pessoas a pensar que fui eu que torci o pé, mas não é o caso. Transmitirei os seus votos à pessoa que se lesionou :)
Sem imagem de perfil

De João Silva a 22.01.2009 às 11:27

Para felicidade quem o tem e desespero das pessoas da caixa, as letrinhas ADSE fazem milagres.

Acho mesmo piada à primeira pergunta que fazem na marcação desses exames: qual é a entidade de saude?

É assim em todo o país.
Sem imagem de perfil

De João André a 22.01.2009 às 12:29

Infelizmente é verdade, mas não se pense que é só em Portugal.

Na Holanda consegue ser pior. Tive um pé torcido (muito mesmo, creio que houve realmente ruptura de ligamentos) e, depois de ir ao médico, disseram-me que tomasse paracetamol para as dores e para o inchaço e fosse para casa com as recomendações habituais de colocar o pé em repouso em posição elevada, etc). Nem um raio-X que fosse. Foi o fisioterapeuta da clínica que me colocou umas fitas em suporte do tornozelo, me emprestou as muletas e me deu os conselhos.

Noutras alturas, ombro deslocado (uma vez cada um). O raio-X da ordem para ver se havia fractura. Não havia. Mas ecografias ou outra coisa qualquer para os tecidos moles? Está quieto abelha. Puseram-me o ombro no sítio e mandaram-me para casa com o braço ao peito a mastigar paracetamol para as dores.

E tudo isto com seguro de saúde.
Sem imagem de perfil

De João André a 22.01.2009 às 12:34

E já agora, uns conselhos para a pessoa amiga (tenho muita experência com lesões semelhantes, infelizmente).

- enquanto o pé/tornozelo estiver inchado, colocar a parte inchada numa tina com água salgada fria durante uns 15 minutos a meia hora (naturalmente, não muito fria, temperatura ambiente).
- paracetamol (mas não é para as dores, é para reduzir a inflamação).
- não evitar colocar o pé no chão. A cura é mais rápida se existir alguma pressão no pé ao andar. À medida que cure, pequenos exercícios como agachar-se e levantar-se (com uma barra de apoio) ou colocar-se num único pé (nada de saltos).

Isto foram conselhos do meu fisioterapeuta, os quais me têm permitido recuperar de algumas lesões mais depressa que o normal. Pode ser que ajudem.
Sem imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.01.2009 às 12:49

Já tomei nota, João. Obrigada!
Sem imagem de perfil

De Fil a 04.05.2011 às 22:14

Dois anos e meio depois, este diário do pé torcido ainda é e será útil!
Agradeço o post da Teresa, realista, mas divertido e as informações objectivas do João André.
A minha saga foi semelhante à descrita, com a desvantagem de não conhecer a Luísa e ainda não ter conseguido a ecografia, ao fim de 15 dias de tombo, nem ter recebido no Santa Maria muitas orientações sobre o que se está passar com o meu pobre pé multicolor e de tamanho ampliadíssimo... daí o ter partido em busca de informações na net para a auto-gestão do problema. Não será um método muito científico, mas os vossos conselhos são melhores do que os do hospital e ainda assim, grátis :-) Além disso, à pala do pé torcido descobri um excelente blog. Já agora, se Luísa tiver piedade de mais esta recibo-verdiária dependente da caixa...Luísaaaaaaaaa, socorroooooooo!
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.01.2009 às 12:45

Belíssimo retrato do País das Maravilhas de Sócrates, Teresa. À consideração da srª ministra da Saúde e dos seus assessores, que lêem este blogue.
Sem imagem de perfil

De João Villalobos a 22.01.2009 às 13:01

Dentro do mau que te aconteceu, o post está muito bom! :) As melhoras e beijos
Sem imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 22.01.2009 às 14:12

Olá, João! Gosto de te ver também por aqui :))
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.01.2009 às 13:32

Desejo-lhe as melhoras, minha senhora.

Comentar post


Pág. 1/2





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D