Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Maias

por António Manuel Venda, em 27.06.09

Releio «Os Maias». Carlos, a certa altura, fala com um tipo do Tribunal de Contas.

 
– Duas horas e um quarto! – exclamou Taveira, que olhara o relógio. – E eu aqui, empregado público, tendo deveres para com o Estado, logo às dez horas da manhã.
– Que diabo se faz no Tribunal de Contas? – perguntou Carlos. – Joga-se? Cavaqueia-se?
– Faz-se um bocado de tudo, para matar o tempo… Até contas!

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.06.2009 às 16:55

Muito oportuno, António.
Sem imagem de perfil

De AP a 27.06.2009 às 17:09

Caro António, acabei há cerca de 1 mês de ler os Maias e reparei que aquele tempo da Regeneração, final do séc. XIX e também os últimos tempos da Monarquia, são muito parecidos aos actuais, aliás, basta mudar as personagens, e no que toca à crónica social, é o Portugal de hoje em dia. A actualidade de Eça verifica-se na frase em que se refere ao País como sendo uma "choldra ignóbil"!
Cumps
Imagem de perfil

De João Carvalho a 27.06.2009 às 17:22

A actualidade do Eça está em quase tudo, meu caro.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 27.06.2009 às 22:59

Essa é que é, Eça!

:))
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 27.06.2009 às 18:03

É curioso que lembro-me desta passagem d' "Os Maias" muito frequentemente, a propósito do que se faz aonde, porquê e por quem. A actualidade do Eça, como diz o João, está mais actual do que nunca.
Imagem de perfil

De António Manuel Venda a 27.06.2009 às 21:11

Luís, já nem sei se o Eça ainda é actual ou se é o país que está desactualizado.
Sem imagem de perfil

De Luis Reis Figueira a 27.06.2009 às 21:52

Vou mais pela primeira hipótese, António. Portugal, pela mão destes politiqueiros que nos têm governado nas últimas décadas, está e há-de continuar eternamente desactualizado.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 28.06.2009 às 17:06

Eu acho que é isso mesmo, António. O Eça conhecia o país como poucos, mas é muito mau sinal para todos nós a sua actualidade permanente.
Imagem de perfil

De António Manuel Venda a 30.06.2009 às 02:04

Ana, até apetece perguntar como se referiria agora Eça, se por cá andasse a escrever, a gente como Dias Loureiro, José Sócrates, Carlos Borrego, Leonor Coutinnho, Murteira Nabo, Oliveira e Costa, Campos e Cunha, Jorge Coelho, Armando Vara, Leonor Beleza, Miguel Cadilhe, Fernando Gomes, Duarte Lima e tantos outros.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 30.06.2009 às 11:10

Teria, com toda a certeza, o adjectivo certo para cada um deles!
Imagem de perfil

De João Pedro a 28.06.2009 às 03:39

Das minhas passagens favoritas, no livro. O Taveira parecia ser um tipo com sentido de humor, mas é uma personagem que Eça não explorou.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.06.2009 às 20:49

Pois eu ando a ler «Uma Noite com o Fogo» e estou a gostar muito, meu caro.
Imagem de perfil

De António Manuel Venda a 30.06.2009 às 02:06

Pedro, ainda bem que não está a ser uma desilusão. A ver se este Verão é mas calmo do que o desse livro.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2010
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2009
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D