Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quites?

por João Carvalho, em 25.06.09

2004

O PSD no governo acorda o TGV com o governo espanhol e manifesta que quer avançar com o projecto.

O PS na oposição manifesta-se pela boca de Sócrates contra qualquer controlo directo ou indirecto do Estado sobre os media para lá do serviço público.

2009

O PSD na oposição diz que não há condições para avançar com o TGV e desvaloriza o acordo luso-espanhol.

O PS no governo diz que nada sabe nem tem de saber sobre o negócio PT-Media Capital e desvaloriza os interesses do Estado junto da PT.

Conclusão

Quites? Não me cheira.

Mais um dia ou dois e veremos quem fica mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 25.06.2009 às 23:49

Estou curiosa para ver isso, João.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.06.2009 às 23:58

Também veremos quem não fica mal.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 25.06.2009 às 23:54

Ao tempo que não via a palavra quites...

Andam todos a precisar que lhes passem uma capina. Essa é que é essa.

:))
Imagem de perfil

De João Carvalho a 25.06.2009 às 23:58

É que quites, basicamente, não está em cima da mesa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.06.2009 às 00:02

Não está, não. Talvez envolva riscos sistémicos...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 26.06.2009 às 00:15

Basicamente, essa é que é a questão central.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 26.06.2009 às 00:25

E gosta da palavra quites?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.06.2009 às 00:29

Quites? Nada a opor.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 26.06.2009 às 00:32

Ainda bem. Assim o João Carvalho não corre nenhum risco sistémico nem precisa de mudar de paradigma.

[A palavra esposa estará de férias? Não tem aparecido. ]
Imagem de perfil

De João Carvalho a 26.06.2009 às 01:18

Pelo contrário (ou "ao contrário", como diz Sócrates), Maria do Sol: 'esposa' aparece todos os dias e nem é preciso estarmos atentos. Um dia destes reaparece aqui.
Sem imagem de perfil

De Carlos Dias Ferreira a 26.06.2009 às 10:17

João:

É isso mesmo. Quando estão na oposição dizem algo que mais tarde, no governo como que por artes mágicas desaparece, ou seja, é tudo uma questão de ilusionismo.
Credibilidade precisa-se mas quanto a isso não devem ainda ter descoberto a fórmula.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 26.06.2009 às 11:33

Deve ser uma pandemia governamental, Carlos.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2010
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2009
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D