Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mas ele confia em sondagens?

por Sérgio de Almeida Correia, em 25.06.09

O presidente da República, a fazer fé numa pequena notícia de ontem no Público, referiu ter informação de que os portugueses preferem a realização simultânea de eleições autárquicas e legislativas. Essa informação ter-lhe-á chegado de "sondagens que terão sido feitas". Tirando o pormenor do condicional, acredito que se fizessem mais umas sondagens os portugueses também manifestariam a sua preferência por um salário mínimo aí pelos € 2000 mensais e proclamariam que dois meses de férias pagas todos os anos seria o ideal para trocarem o Algarve pela Polinésia e não ficarem com problemas de jet lag. Certamente, como diz o Presidente, haverá mais argumentos, até para a realização de mais sondagens. Mas eu só gostava de perceber em que empresa de sondagens é que o Presidente confia e se isso é baratinho. Se ele tivesse a gentileza de mo dizer, então eu talvez pudesse encomendar uma sondagem, limitada é claro, para também saber se lá em casa me querem para líder do PS. Sempre ficaria com mais argumentos para disputar o lugar ao eng.º Sócrates sem correr o risco de ouvir piadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 25.06.2009 às 12:34

Compreendo... não se deve fazer sondagens.
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 25.06.2009 às 16:09

Estou a ver que é partidário do Presidente passar a fazer uma sondagem antes de vetar uma lei e mandá-la para o TC . De um diz-se que governa por sondagens (e eu até posso concordar), o outro antes de decidir a data das eleições ouve os partidos e manda fazer uma sondagem. Será isto normal? Deveria dizê-lo? É procedimento constitucional? Se calhar é.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 25.06.2009 às 23:52

Como já aqui referi, espero que o PR não marque as legislativas para o mesmo dia das autárquicas. Com ou sem sondagens. O problema não é as eleições ocorrerem no mesmo dia: é as campanhas serem feitas em simultâneo, o que prejudica(ria) as candidaturas autárquicas. Sobretudo as candidaturas alternativas aos actuais poderes municipais, que teriam muito menos espaço e tempo para expressarem as suas propostas, com quase todos os órgãos de informação concentrados nas legislativas.
Sem imagem de perfil

De Bruno - Planetas a 26.06.2009 às 15:07

Cavaco Silva ficará nos anais da nossa Historia como o Presidente que preferia comentar as novas aquisições futebolísticas e empresariais, em vez de velar pela institucionalidade e qualidade da nossa democracia (vide casos PND/Madeira, BPN/Dias Loureiro). As mais recentes declarações a respeito da existência de supostas sondagens que aparentemente contrariam a vontade expressa da maioria dos partidos da assembleia (excepção do PSD), relativamente às datas das eleições legislativas e autárquicas, parecem resultar de ocultas e extraordinárias capacidades extra-sensoriais de Cavaco Silva, até então desconhecidas.

Contudo a sua mais recente postura comporta elevados riscos para a qualidade da nossa democracia, com reflexos imediatos quer ao nível da figura do presidente quer na forma como decorreram as próximas campanhas eleitorais.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2015
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2014
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2013
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2012
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2011
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2010
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2009
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D