Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Panteão nacional

por Helena Sacadura Cabral, em 08.01.14
Já nem sei que diga do despropósito das intervenções de grandes figuras com responsabilidades políticas. Agora, a segunda figura da Nação volta a embrulhar o seu discurso, ao pronunciar-se sobre a ida de Eusébio para o Panteão nacional. Ora para um correcto esclarecimento do assunto, deverá ter-se em conta que:
1. As chamadas honras de Panteão encontram-se hoje reguladas pela Lei nº. 28/2000, de 29 de Novembro, aprovada na sequência do falecimento de Amália Rodrigues. Esta legislação é bem mais clara do que aquela que até então se aplicava, datada de 1836 e de 1916.
2. Actualmente as referidas honras são da competência exclusiva da Assembleia da República que as aprova sob a forma de resolução, nunca antes de um ano após a morte do cidadão a distinguir.
Assim, tendo Eusébio ficado sepultado numa campa, deverão  decorrer os prazos legais para que o corpo possa ser exumado em condições de ser trasladado. Julga-se que serão, pelo menos, cinco anos.
3. Admitir reunir grupos parlamentares ou falar de custos cujos montantes poderiam justificar o recurso a eventuais patrocínios que reduzissem o impacto que tal honra implicaria no orçamento da Assembleia, não abona muito a favor de quem tem responsabilidades políticas ou de relevância pública.
4. Em clima de grande tensão emocional e envolvendo matérias delicadas, o caminho mais aconselhável é sempre o da contenção verbal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Vasco a 08.01.2014 às 12:22

Nem é preciso perguntar a Mário Soares o que pensa ele disso.

Artº 2
1 - As honras do Panteão destinam-se a homenagear e a perpetuar a memória dos cidadãos portugueses que se distinguiram por serviços prestados ao País, no exercício de altos cargos públicos, altos serviços militares, na expansão da cultura portuguesa, na criação literária, científica e artística ou na defesa dos valores da civilização, em prol da dignificação da pessoa humana e da causa da liberdade.

Adivinha-se que a vírgula vai ser aproveitada para deturpar o texto, mais uma vez mal-redigida (propositadamente?). Mas eu sintetizo:

a) exercício de altos cargos públicos
b) altos serviços militares
c) expansão da cultura portuguesa
d) criação literária, científica e artística
e) defesa dos valores da civilização

Encaixem lá o "self-serving" futebol nisto, se conseguirem.


Imagem de perfil

De Ana Vidal a 11.01.2014 às 14:38

Muito oportuno o teu post, Helena. Haja contenção, parece que ensandeceram todos neste país à beira-mar plantado.
Sem imagem de perfil

De am a 08.01.2014 às 12:40

Muito bem... eu, não diria melhor e sou bom!

Sugiro que a Assembleia se debruce sobre a hipótese de se criar o Roubalhão/ onde se depositariam os maiores vultos nacionais da vigarice , como por exemplo, Alves dos Reis, Zé do Telhado... ( únicos condenados judicialmente), ficando para o próximo século a deposição das urnas dos BPNS e outros!
Sugiro a antiga cadeia do Limoeiro... tendo como símbolo 5 robalos entrelaçados!

Boa ideia?
Sem imagem de perfil

De IsabelPS a 08.01.2014 às 13:04

Muito bem.
Sem imagem de perfil

De Trigueiros a 08.01.2014 às 16:42

Como dizia o outro "Porque não te calas?"
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 09.01.2014 às 02:42

Helena,

Depois de tudo o que já li e ouvi, o melhor mesmo será deixá-lo descansar.
Ele detestava este tipo de polémicas, que certamente consideraria sem sentido, e a última coisa que quereria era ser motivo de discussão e divisão entre portugueses. Que descanse em paz e um dia, se quiserem trasladá-lo para algum lado, o melhor será fazê-lo para um espaço com dignidade no Estádio do SLB , que era onde ele se sentia bem. Quem quiser que vá lá e que compre bilhete.
Sempre renderia mais algumas receitas ao clube e ao fisco do que no Panteão. E ninguém ficava zangado.
Sem imagem de perfil

De Fábio Pereira a 13.01.2014 às 12:14

Bom, se Eusébio, o melhor jogador Moçambicano de todos os tempos, tem lugar no Panteão. Ronaldo tem que reservar já a sua campa com vista para o mar. Mas como ele é uma figura ligada ao Sporting é capaz de ficar de fora desta lista. Mas o que mais me espanta é que uma figura como José Saramago, seja tão mal tratado neste País. Enquanto o jogador da Bola Eusébio seja um herói. Provavelmente é mais fácil conseguir tirar proveito político, em volta da grande figura do Benfica, do que de J S M.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D