Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ou lá terá que ser?

por Gui Abreu de Lima, em 12.03.13

Na mesma semana em que compro um livrinho que integra um conjunto de intervenções e reflexões de Noam Chomsky, dirigidas ao movimento Occupy, que em Setembro de 2011 se manifestou em Nova Iorque, dou conta que em Lisboa se convocam consecutivas assembleias abertas de discussão sobre o futuro da democracia e, esta manhã, do discurso de um participante no Fórum TSF, que traçava, seguríssimo, o seu plano de salvação. Espanta-me a coincidência de, numa meia dúzia de dias, em lugares diferentes, a mesma canção ecoe. Chomsky, assumindo a enorme dificuldade (ou mesmo a impossibilidade) de inverter o sentido do poderoso sistema montado nos EUA e em outros países, baseado em políticas neoliberais e de austeridade, escudadas nos défices e negligenciando a dignidade dos homens, apela à união de todos os que por elas se vêem sufocados, mesmo que não tenham soluções; a agenda das reuniões populares no Rossio lembra que "só com a nossa participação e empenho a democracia poderá ser a arma que nos permitirá ser donos do nosso futuro e de termos uma palavra que seja escutada e respeitada por aqueles a quem confiarmos a responsabilidade de executar aquilo que forem as decisões dos cidadãos"; e o ouvinte radiofónico, perante o auditório, desenrola exactamente a mesma opinião - nada nos tirará desta "roda" se não nos juntarmos em comunidades que se apoiem mutuamente e se bastem no essencial a si próprias, à margem dos poderes instituídos e dos partidos políticos que nos voltam as costas.
Levará tempo, será doloroso, mas como em outras épocas em que a desigualdade excedeu todos os limites, a acção popular acabará por influenciar o caminho destas democracias ocidentais que dividem a sociedade em dois grupos percentuais esquisitos: 1% de abastados e 99% de miseráveis. Será?

Autoria e outros dados (tags, etc)


15 comentários

Sem imagem de perfil

De xico a 12.03.2013 às 20:03

"a acção popular acabará por influenciar o caminho destas democracias ocidentais que dividem a sociedade em dois grupos percentuais esquisitos: 1% de abastados e 99% de miseráveis".
Nas democracias ocidentais? Na China os maiores bilionários sentam-se na Assembleia Nacional Popular. Na China há muita gente que vive só com um dólar por dia. Na China, que foi mestra da democracia directa e popular. Na China onde os direitos dos trabalhadores são espezinhados.
Saibamos abrir caminhos novos, mas assembleias populares são o fermento das pequenas inquisições, dos abusos de autoridade, do rancor e do ódio, dos linchamentos. Eu já vi disso. Eu não quero isso.
Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 12.03.2013 às 22:12

Mas xico, por que há-de dar mau resultado as pessoas pensarem juntas nos seus problemas comuns? É disso que se trata. Talvez ajude aos caminhos que o Xico fala, até... Espero eu, se assim acontecer!
Sem imagem de perfil

De xico a 12.03.2013 às 22:26

Já alguma vez participou numa assembleia de condóminos? :)
Agora a sério. Acho que sim, devem pensar juntos os seus problemas comuns. Mas em pequenos grupos, associativismo, etc. Nunca com grande poder. Esse deve estar em parlamento, o mais representativo possível e com instrumentos de maior controle do que o actual. É preciso desconfiar da natureza humana, já dizia Bakunin.
Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 12.03.2013 às 22:56

Concordo, pois :) Comunidades mais unidas e activas - que os partidos estão em cinzas! De nada nos servem.

Em condomínios nunca reuni, mas já ouvi histórias do arco da velha, eheh

Obrigada, Xico!
Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 12.03.2013 às 22:54

A autora deste texto está confusa e/ou mal informada...

Se há coisa que não há, neste momento, nos EUA é «austeridade»... Com Barack Obama a dívida pública passou, em quatro anos, de 10 triliões de dólares para quase 17. É uma «socretinagem» em larga escala.

Ainda por cima, é leitora de Chomsky e fala em «acção popular»... De certeza que não se enganou? Não era para estar no Arrastão ou no Jugular? ;-)
Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 12.03.2013 às 23:19

Não me sinto confusa, Octávio, nem mal informada. Sinto-me é muitas vezes ignorante.
Este livro remete-se a ocorrências 2011 e 2012, antes do segundo mandato de Obama... por muita areia que ele atire, não creio as reivindicações da América tenham mudado.

Da sua provocação blogosfírica: aqui disseram para ser livre :) Não manipule a minha prosita, Octávio. Qual leitora do Chomsky!
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 13.03.2013 às 11:17

Que livrinho de Chmsky é esse? Pode dar-m referências?
É que eu julgava que Chomsky já não escrevesse (ele já está muito idoso).
Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 13.03.2013 às 11:48

Bom dia, Luís Lavoura.

Occupy
Noam Chomsky
Tradução Maria Afonso
Editora Antígona
1ª edição, Fevereiro 2013
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 13.03.2013 às 11:50

Muito obrigado, Gui.
Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 13.03.2013 às 12:16

De nada, Luís.
Sem imagem de perfil

De net4all a 14.03.2013 às 17:03

velhinho, mas lúcido.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.03.2013 às 12:40

Bem v@mos lá traduzir isto por musiquita:

http://www.youtube.com/watch?v=uTnm0vlsbp8&feature=related

Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 13.03.2013 às 12:46

@hhh. E já bomba enquanto almoço ;) enquanto há almoço, moço. Sinto-me uma fascista com estes bifes de pirú com massa saca-rolhas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.03.2013 às 12:58

Moç@, se há algo que esta crise tem proporcionado é exactamente a elevação do meu eu espiritual. Sempre que passeio e passo por um retaurante, vendo um bife no prato, batatas, verduras e um copo de vinho de tinto, o meu lado ascético dá graças ao Senhor por contemplar tanta beleza, é como ver o arco-iris celestial.
Imagem de perfil

De Gui Abreu de Lima a 13.03.2013 às 13:09

Que beleza, quando um homem a aguar vislumbra o paraíso, e a salivar sobre o seu sol, pinta o céu de sete cores. Vá contar essa a outra, Anónimo :)

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D