Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Matar o livro de texto?

por Rui Rocha, em 13.10.12

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Lionheart a 13.10.2012 às 10:45

Então mas não vêem que assim dava menos trabalho? Punha-se a malta na net, que assim eles não chateavam nada.

Agora a sério, este tipo de teorias vão formar analfabetos para o futuro. Independentemente da qualidade dos livros escolares, se nem na escola os alunos forem obrigados a ler livros, nunca vão ler livros na vida. Não conseguem aprender a concentrar-se para ler um jornal ou uma revista - por causa da maneira como o cérebro fica "formatado" à internet - quanto mais um livro. Será uma geração frenética, precipitada, sem saber nada a fundo mas com a mania que sabem tudo, porque leram um bocadinho de tudo. Um bocadinho. Uns Sócrates e Relvas em potência. Que "bom"...
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.10.2012 às 14:34

Já aprendi mais coisas na net que anos de escola.
Na minha opinião a principal e primeira missão de um professor é estimular a curiosidade e vontade de aprender.

Obviamente que num sistema socializante de partido único como o nosso não é permitido.
Estimular a curiosidade aumenta a desigualdade.
Quem com 20 anos sabe o que é a Dívida Publica?
A Escola Publica tem medo de ensinar o que é a Dívida Publica? Pois tem, é juiz em causa própria.
Sem imagem de perfil

De Lionheart a 13.10.2012 às 18:47

Então é porque a sua escola era muito má. Substituir livros (seja em que formato for) por internet é completamente errado. A internet deve ser um complemento à instrução. Uma ferramenta de ensino. Nada mais.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 14.10.2012 às 10:16

Porquê tanto dogma?
Isso depende da informação e das pessoas.

Um livro de matemática é melhor que o Youtube e a Khan Academy?
Para alguns alunos/professores pode ser para outros não.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.10.2012 às 11:39

Kahn Academy é um exemplo.
Aquilo que vai acontecer à educação é o que aconteceu aos médias.
Finalmente o poder não estará só com uns quantos. Por cá só uma única educação é autorizada, ou seja o choque ainda vai ser mais tremendo em Portugal.
Imagem de perfil

De João Pedro a 13.10.2012 às 14:48

Obviamente um parolo. A casa dele deve ser um pequeno mundo huxleyano. Que pesadelo...
Imagem de perfil

De José Navarro de Andrade a 13.10.2012 às 21:04

Sofro de uma doença incurável e maligna chamada bibliofilia. E no entanto, algo me diz que este senhor não está de todo destituído de razão. E não pelos piores motivos.
Sem imagem de perfil

De Rui Ratão a 13.10.2012 às 21:49

No dia em que fizerem tal coisa, avisem com antecedência, para que eu me possa exilar desse mundo lunático.

A «Red» tem informação, muita, e lixo, muito, e pouco conhecimento.

O gajo que escreveu o texto de opinião é, na minha, um grande palerma, um daqueles «geeks» que vê na «Red» a quinta essência da humanidade. Alguém lhe deveria explicar, por exemplo, que para aprender o conceito de culpa ou castigo, em lugar de consultar a "Red", deveria ler «Crime e castigo». Aliás, pela maneira como escreve, deveriam obrigá-lo a lê-lo já, para duplo castigo: ler um «livro de texto» e, ainda por cima, com muitas páginas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.10.2012 às 13:07

Matar o livro de texto não é uma boa ideia. Todavia, ajudando a filtrar, a rede cumpre também as funções de uma boa biblioteca (para crianças e adultos).

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D