Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um país em alerta (quase) permanente

por Carlos Barbosa de Oliveira, em 15.01.09

É porque está frio, ou faz calor; é porque chove  ou a terra arde; é porque está vento ou troveja. De há uns tempos para cá, Portugal cobre-se, quase diariamente, de alertas. Normalmente são laranja, primeiro nível de risco, que requer redobrados cuidados e atenções.
Provavelmente MFL irá falar desse assunto, logo à noite, se Judite de Sousa lhe perguntar:
“Qual é a sua reacção  sobre as últimas sondagens que dão 23% ao PSD?”
Sem perder a compostura , a líder laranja responderá:
“Não me admira que, com tanto alerta laranja, os portugueses comecem a recear o PSD. No entanto, na altura de ir a votos, Sócrates irá perceber que esta manobra de intimidação não surtiu os efeitos que desejava”.
Judite de Sousa sorrirá em sinal de concordância. Pacheco Pereira enaltecerá a prestação da líder e desmontará a cabala, com uma das suas abruptas teorias.
A Bem da Nação, alguns colunistas em crise criativa terão assunto com que se entreter durante o fim de semana.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Oliveira a 15.01.2009 às 17:39

Como digo no vila forte, vamos ver se hoje não é o principio do fim do mandato de MFL.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 15.01.2009 às 20:11

Ainda hoje percebi que havia novos alertas, Carlos. São as chuvas que regressam. Olhei para a pantalha e vi no mapa que havia partes do País novamente amareladas. E dei por mim a pensar: será do fígado?
Sem imagem de perfil

De Sinapse a 16.01.2009 às 04:29

Brilhante.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D