Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O país anda cheio de problemas. E graves. Muito mas muito graves. E que exigem mão pesada e umas bordoadas valentes, ah como gosto desta expressão! Desta vez foi o João Gobern. Comentador num programa da RTP sobre futebol e essas coisas que fazem vibrar a nação, João Gobern que, pelo que sei, é benfiqusita dos setes costados, festejou um golo do Benfica quando estava no ar. Não dizem que futebol é paixão? Diz ele que se penitencia pelo gesto e pôs o lugar à disposição depois do episódio. E o que aconteceu? Foi corrido. Ó que piadinha! Num país em que se rouba desalmadamente, os governantes mentem ao povo como se dissessem verdades insofismáveis com ar bento de honestidade de plástico, o João Gobern é dispensado da RTP por um episódio absolutamente irrelevante e justificável pela impulsividade tão comum a essas 'coisas da bola'. E se usassem esta celeridade punitiva para outras áreas da vidinha portuguesa, não seria melhor? Não. Corramos com o Gobern. Quem se mete com a RTP leva.

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Sem imagem de perfil

De BibòAcordo a 04.04.2012 às 12:58

Certamente queria dizer "cilício"...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 13:08

Balha-me Deus! E anda esta gente a escrever em blogues... Grata pela chamada de atenção, já rectifiquei.
Imagem de perfil

De André Couto a 04.04.2012 às 15:18

As pessoas que escrevem em blogues não se podem enganar, Leonor? Óbalhamedeus que vou já embora. Diz que sou falível, como tu, e não sei se aguento a pressão... ;)
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:23

Estava a ser irónica, André :) Se este foi o meu último erro é porque entregarei a alma ao criador em breve, cruzes canhoto. Sinceramente, estou-me nas tintas para estes lapsos.
Imagem de perfil

De Helena Sacadura Cabral a 04.04.2012 às 15:09

Uma vergonha! Também comentei lá pelo meu Fio de prumo. A RTP transformou-se, agora, numa virgem ofendida...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:24

Tudo se leva a mal excepto o que é verdadeiramente importante. Não vejo ninguém ser demitido ou demitir-se porque faltou à verdade.
Imagem de perfil

De André Couto a 04.04.2012 às 15:23

Concordo contigo mas há um ponto que, lamentavelmente, não abordas e fere de morte o teu texto: devia estar Constitucionalmente consagrada a proibição de punição em virtude de manifestação de benfiquismo.
Tenho dito. Beijinhos! :)
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:24

Ahahahahahahahahahhahahahah
Beijocas, André. A falta que me fazias aqui :)
Sem imagem de perfil

De Alexandre Carvalho da Silveira a 04.04.2012 às 15:40

Acho bem que o Gobern tenha posto o lugar à disposição, e a partir do momento que o fez, não percebo porque é que ficou admirado com este desfecho. Além disso, para comemorar os golos do Benfica em directo, já existe o canal do Benfica.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:26

Muito bem. E se fosse um golo do Porto ou do Sporting seria diferente?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 04.04.2012 às 16:07

Em Portugal as aparências é que contam. Fingir que se muda para tudo ficar na mesma. Por isso muda-se alguma coisa irrelevante.

É como este Governo e os Feriados. Fingem que julgam - e alguns parvos julgam mesmo- que muda alguma coisa ou contribui alguma coisa para a riqueza do país.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:26

Ora bem. Desta vez concordamos.
Sem imagem de perfil

De cenas underground a 04.04.2012 às 17:49

O João Gobern foi despedido porque
1 - Percebe pouco de futebol
2 - Está num programa onde contracena com um jornalista da área, e onde se supõe que os comentários sejam imparciais.

Note-se que não estamos a falar dos programas tipo "cada estarola defende o seu clube". Isso é outro tipo de programa, onde certamente os comentários do Gobern encaixariam bem.
Este, supõe-se um programa informativo, seria o equivalente a chamarem, para comentar a taxa de desemprego, o Nicolau Santos e o Zé Pedro (dos Xutos e Pontapés).

Eu gosto do João Gobern na rádio mas ele não era o tipo certo para o programa (note-se que este programa em particular já foi objecto de queixas junto do provedor da RTP, ha uns tempos, por causa do clima de conflito entre os dois comentadores)

A partir do momento em que pôs o lugar à disposição, a RTP teve uma oportunidade única para corrigir o erro de casting. Ainda para mais quando o próprio visado se auto-culpabiliza (mesmo que seja por um evento irrelevante, como é).
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:27

Acho que não foi por isso que o Gobern foi despedido ou então não andamos a ler as mesmas notícias. A situação em que aconteceu é que não me parece assim tão grave.
Sem imagem de perfil

De zé luís a 04.04.2012 às 18:31

Que estupidez! Se fosse por outra matéria e outro protagonista já clamavam que na estação púdica não era admissível...

E não é. Só por isso. Fosse numa privada e ninguém ligaria.´Vejam o rui prantos na sicn... Ou o balde mar na tvi... É preciso fazer um desenho?

Vacas sagradas só em altares privados.

A Ericeira não é o País. Pode estar nele, mas não é o País. A RTP deve ser um espaço de liberdade, mas até a liberdade tem limites.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 04.04.2012 às 19:29

A Ericeira? Alguém falou da Ericeira?

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D