Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Levantem-se e paguem!

por Leonor Barros, em 13.01.12

Segurança Social envia cartas a 34 mil mortos a informá-los do valor que passariam a descontar, no âmbito do novo Código Contributivo. Ninguém está a salvo neste país. Da incompetência também não.

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Sem imagem de perfil

De zeparafuso a 13.01.2012 às 12:15

Está dito! Ora nem mais! Pensavam o quê!? Por estarem mortos que escapavam? Não senhora...vamos lá a pagar, que há pessoas que esperam por essa devoluçãozinha para receberem o ordenado.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 13.01.2012 às 12:17

Ora bem. Toca a pagar que neste país alguns comem, mas os outros é que pagam.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.01.2012 às 12:52

E então qual a surpresa? Quiseram Socialismo. Aceitaram ser corrompidos pelo Estado Social e assim entregaram cada vez mais e mais poder ao Estado. Agora têm o que merecem. E é só o começo.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 13.01.2012 às 13:05

Quem? Os mortos? Nem morto se está a salvo.
Sem imagem de perfil

De AN a 13.01.2012 às 14:14

Este fascista anda em todo o lado !
Sem imagem de perfil

De AN a 13.01.2012 às 14:19

Pois...
No tempo da PIDE, o Estado não tinha poder nenhum...és tontinho ou andas a fazer o tirocínio ?
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.01.2012 às 18:23

Eu não quero mandar em ninguém tu é que parece que queres o poder do Estado para que todos sejam forçados a se comportar como tu queres. Tu é que és o fascista AN.
Não aceitas a diferença.
Não me interessa que faças uma comuna, deves ser livre de a fazer. Não deves é obrigar os outros que não querem a entrar para a tua comuna.
E sim no tempo do Estado Novo os portugueses tinham em parte* mais liberdade económica mas menos liberdade política.
*O em parte contra foram o condicionamento industrial do Estado Novo e o seu Mercantilismo - que os Socialistas de todas as coras tanto gostam - e leis absurdas: isqueiro, Coca Cola são alguns dos ex. que mesmo assim empalidecem a cada ano que passa com mais leis e regulamentos que saem da Democracia.
Estamos na fase barroca da política ocidental. A burocracia estatal tem de inventar os mais variados rococós para justificar a sua continuada expansão.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 13.01.2012 às 13:16

Inacreditável. Vivemos numa opera buffa mas não somos os espectadores, somos os actores. Assim a coisa tem menos graça...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 13.01.2012 às 13:39

Tens toda a razão. Somos os actores.
Sem imagem de perfil

De sampy a 13.01.2012 às 16:37

Vejamos: se há mortos que votam sempre que há eleições neste país; se há mortos que todos os meses levantam a sua pensão de reforma; se há mortos que continuam a esperar pacientemente por uma consulta ou por uma cirurgia; se há mortos que têm de pagar a água do cemitério (Foz do Douro); não vejo por que não possam ser informados das alterações do Código Contributivo...
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 13.01.2012 às 16:41

De facto, não há razão nenhuma para não serem intimados :)
Sem imagem de perfil

De amendes a 13.01.2012 às 17:23

Ena pá..Boa!

Enquanto estão entretidos a esfolar os mortos... não se lembram dos vivos!

Nada dos alertar.

... Não acredito no que me disseram no cemitério da minha freguesia: O "fisco" anda a fazer um levantamento das campas sujeitas a penhora!

Seria demais!


Imagem de perfil

De Leonor Barros a 13.01.2012 às 18:21

Isso é que eu duvido. Eles não dormem. Entre mortos e vivos ninguém há-de escapar.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D