Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




«Rouba tanto ou mais que um homem»

por João Carvalho, em 09.11.11

Até dá graça, porque é uma mulher, mas a verdade é que rouba tanto ou mais do que a maior parte dos homens — disse à comunicação social um militar da GNR sobre uma mulher procurada por mais de 300 crimes de burla e roubo e agora finalmente apanhada. — Eu, que me lembre, nunca conheci nenhum com tantas participações.

O caso desta Dona Filomena, ex-funcionária da Direcção Regional de Agricultura do Alentejo, é realmente insólito. Mas o comentário do militar da GNR não é muito favorável para a corporação, no que respeita à igualdade entre homens e mulheres. Ou a GNR precisa de praticar mais essa igualdade, ou tem de dar mais formação aos seus homens.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Sem imagem de perfil

De anamar a 09.11.2011 às 10:12

Tem toda a lógica a sua observação, mas como todas as "faces ocultas" deste país são de género masculino... quase apetece pensar, que ele considera as mulheres umas santinhas...
E ,estou a "ouver " neste momento o tal processo que está a ser julgado em Aveiro.
Bom dia, pois.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.11.2011 às 11:15

Nunca fiando. Nunca se sabe se as faces ainda mais ocultas são do género feminino.
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 09.11.2011 às 11:36

Temos aqui um problema de 'quotas', está visto!Penso que isto é passível de ser aferido «de inconstitucionalidade por se criar um sistema de discriminação em razão do género». Exijo que se reponham os valores tradicionais e que os homens voltem a ocupar o lugar que lhes é devido neste ranking...eheheheh......
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.11.2011 às 11:55

Vou ser-te franco: acho inaceitável que os burlões e ladrões se deixem ultrapassar pelas mulheres. Qualquer dia até as deixam fumar!
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 09.11.2011 às 14:55

Uma afirmação singela certa e correcta do GNR contra o politicamente correcto; a manipulação da realidade ou mais prosaicamente a mentira. As estatísticas de crime indicam que os homens cometem muitos mais crimes que as mulheres e essa discriminação é justa e deve ser feita.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 09.11.2011 às 15:04

«Uma afirmação singela certa e correcta» é que não. Qualquer GNR lhe confirmará que a única resposta bem articulada que ele deve emitir, ao abrigo da melhor tradição, é a seguinte:
— Correcto e aflirmativo.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D