Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O exemplo de um socialista

por João Carvalho, em 05.11.11

O socialista afastado e actual presidente da Mota-Engil Jorge Coelho desistiu há dias, segundo foi discretamente noticiado, da subvenção que recebia mensalmente do Estado. É uma boa notícia, depois da divulgação anterior e muito menos discreta — que comentámos aqui — em que o visado se revelava um verdadeiro filantropo com o dinheiro dos nossos impostos, ao ensaiar uma explicação desconcertante sobre o destino que dava àquele abono: «Aplico o dinheiro todo em instituições de solidariedade

Desta feita, só temos de nos congratular perante a nova atitude de Jorge Coelho, que passa a ter de aplicar rendimentos próprios nas iniciativas pessoais de solidariedade. É mais um bom exemplo para os que conservam — sem que precisem — as subvenções vitalícias que andamos todos a pagar injustamente. Melhor exemplo ainda por demonstrar que socialista não pode ser uma palavra vã.

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Sem imagem de perfil

De PALAVROSSAVRVS REX a 05.11.2011 às 11:04

Acho que o Jorge ainda pode ir mais longe na solidariedade para com os emagrecidos contribuintes portugueses, meu caro João.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.11.2011 às 22:27

Mais longe? Parece-me uma boa ideia!
Sem imagem de perfil

De macarvalho a 05.11.2011 às 11:50

Asssim, sim.
Solidariedade feita com os seus próprios rendimentos, fica-lhe muito bem.
Quase que o sinto como qualquer um de nós.
Demorou, mas tomou a atitude que deveria ter tomado há muito.
Mas, mais vale tarde que nunca, já dizia o outro...
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.11.2011 às 22:27

O outro era como ele. Ou não?
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 05.11.2011 às 12:32

Ia dizer que Jorge Coelho estave muito bem, mas tal só é possível num país onde se continua alegremente a abusar e a assobiar para o lado como se nada fosse. Não foi Jorge Coelho que esteve bem, ele fez o que qualquer cidadão honesto faria. os outros é que estão mal. Era esperado que fizessem o mesmo.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.11.2011 às 22:28

Palpita-me que a iniciativa dele não foi especialmente espontânea.
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 05.11.2011 às 22:32

São sempre empurrados e isso é que é triste.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.11.2011 às 22:51

Às tantas, foi mais um serviço público do DO.
Sem imagem de perfil

De Amendes a 05.11.2011 às 13:15

Ja agora...

Devolver ao Estado o que a Motta Engil "ganhou" a mais nas PPP...Aí sim... é que merecia a Cruz D' Honra de 1ª classe.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.11.2011 às 22:29

Não me fale em 1.ª classe que fico nervoso. Lembro-me logo do TGV!
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 05.11.2011 às 15:41

João:
Num único post, conjugam-se dois bons exemplos: o primeiro, que lhe dá corpo, ao trazer-nos a boa notícia de que o socialista Jorge Coelho (decerto pressionado pelas notícias reveladas na comunicação, redes sociais e também por aqui), deixou de fazer filantropia por conta própria, com um dinheiro que, imoralmente, recebia dos impostos pagos por todos nós. É um exemplo que deverá ser seguido por todos aqueles que estiverem em idêntica situação.
O segundo, é este bom exemplo (que espero se torne numa boa prática) que aqui nos trouxeste ao denunciar algo que precisava de sê-lo e, seguidamente, ao ver-se corrigida essa situação pelo visado, publicares essa mesma circunstância. É algo que deve justamente ser feito para que não se diga que isto é apenas um local de maledicência e de bota-abaixo. Diz-se que está bem, quando está bem, diz-se que está mal, quando está mal.
Parabéns.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 05.11.2011 às 22:30

Tu é que estás de parabéns, Luís. Os teus impostos vão deixar de ir para esta subvenção.

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D