Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um murro no estômago

por Rui Rocha, em 29.10.11
Falar da Pátria? Criticar os governantes da Pátria? Os de agora, os anteriores e os futuros, porque escolhem quem tem lugar à manjedoura e esta sempre foi e será pequena?
Criticar a apatia e a inocência do cidadão, que não sonha com direitos, progresso, justiça, mas tem como anseio maior uma boa reforma? E cedinho, se faz favor, com anos que contem a dobrar?
Falas nada adiantam, e as críticas são efectivas se por detrás delas há uma força colectiva, uma vontade de agir que exceda a conversa no café ou o palavreado da televisão.
Infelizmente esta nossa Pátria – nós todos, você e eu - é das que espera. Espera redenção, melhores dias, um futuro de bons almoços e que se realize a sério aquela promessa do sol a brilhar para todos nós. Brilhou, sim senhor, três décadas, mas só para alguns, os mais contentaram-se com o brilho do cartão de crédito. Mas pouco importa.  Se o homem do fraque perdoa aos outros, também nos perdoará. E não é vergonha ter dívidas, vergonha é não ter um Audi topo de gama, não vestir Armani, ir à Madeira em vez das Maldivas.
 
Rentes de Carvalho (no Tempo Contado)

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos Cunha a 29.10.2011 às 13:35

se não estivesse identificado o autor do texto, diria que seria o medina carreira.
mas afinal, qual a diferença?
fariam uma boa dupla:

"rentes medina de carvalho carreira",

(tipo aquela dupla dos marretas).

estamos todos carecas de ouvir homilias de padrecos deste calibre.
perdão, se calhar não estamos todos. valha a verdade que não sei se isso acontece com o Rui Rocha, porque apresenta o texto mas não se pronuncia.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 29.10.2011 às 18:07

Pois. Os marretas são uns sacanas duns padrecos. Os resultados falam pelos outros.
Sem imagem de perfil

De Cristina Torrão a 29.10.2011 às 18:19

Excelente blogue, o Tempo Contado. Boa escolha!
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 29.10.2011 às 18:29

Sem dúvida, Cristina. Embora o que por ali se escreve possa não agradar a todos... É a vida.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D