Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Austeridade (1).

por Luís M. Jorge, em 27.10.11

Foi o pior dos tempos, foram tempos do pior. Numa rua calma, o engenheiro Armando erguia uma beata da borda de um canteiro quando se deixou sobressaltar pela voz do Albertino, velho camarada do Técnico.

 

- Ainda fumas, pá?
- Não, Albertinho — é esta canalha que enche as ruas de lixo…

 

Com certo pesar deitou fora o cigarro e anuiu ao convite do amigo para tomar uma bica. Na esplanada da Mexicana maldisseram o Governo, o estado social, as elites muito reles e o populacho acabrunhado.

 

- E o que podíamos ser com este sol e este mar, Armando: Londres, Berlim, Nova Iorque!

 

Ficaram em silêncio, a pensar em Nova Iorque.

 

- Nunca vi gajas tão boas, Albertinho…

 

Quando chegou a conta — dois euros e quarenta—  puseram as mãos nos bolsos com gestos imperiosos.

 

- Deixa estar.
- Não, eu é que convidei.

 

Mas um conjunto de circunstâncias explicava que, tendo um deles saído à pressa, sem carteira, e o outro posto roupa de Outono por causa da manhã enevoada, não reunissem entre ambos mais de setenta e cinco cêntimos.

 

Armando foi ao multibanco. Pouco depois, Albertino desertou.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De António P a 28.10.2011 às 00:02

Francamente , caro Luis M. Jorge !
A malta depois de deixar o Técnico já não volta à Mexicana, pelo menos eu, as gajas já eram velhas e agora sou eu :)
E da malta do Técnico há aquela dos leões no circo...e ainda não havia austeridade ( ou haveria ? )
Cumprimentos

PS ( não me leve a mal) : Albertino dá Albertinho porquê, se ainda fosse Alberto, senão Abertininho ... )

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D